domingo, 29 de novembro de 2009

PEC 300 E PEC 41 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO FRONT

"PEC 300/08 - O requerimento 5938/2009,apresentado no dia 26/11 pelo Deputado Federal Francisco Tenório (PMN-AL),Delegado de Polícia, pedindo a anulação da reunião extraordinária do dia 25/11 que aprovou o relatório final,irá atrasar imensamente o andamento da tramitação da PEC 300. A solução passa por convencermos o referido deputado a retirar o seu requerimento. Caso o deputado retire o requerimento, o próximo passo será o Plenário da Câmara dos deputados para ser votada em dois turnos,dependendo dos PMs do Brasil a data dessa votação,cabendo a nós ligar para 0800 619 619, além de enviarmos email para deputados@camara.gov.br solicitando urgência na votação.
PEC 41/08 - Está marcado para a próxima terça-feira(01/12) a votação, já em primeiro turno, da PEC 41/08 no plenário do Senado. Serão necessários dois turnos de votação,havendo um grande consenso entre os senadores para a aprovação da PEC 41,inclusive com o apoio do Ministro da Justiça,Tarso Genro.

OBS.: A PEC 41 nstitui um piso salarial nacional para Policiais Militares e Bombeiros Militares, incluindo os policiais civis.A PEC prevê ainda a participação da União no custeio de parte da implantação deste piso, por meio de fundo próprio. e estabelece um prazo máximo de dois anos para o início da implantação gradual desse piso salarial,que será estabelecido em Lei Ordinária.Pelo andamento de ambas as PECs, a 300 deverá ser apensada à PEC 41, resultando no seguinte(minha análise):Será instituído um Piso salarial nacional para PMs,PCs e BMs,com verbas advindas de um fundo federal,provavelmente o PRONASCI, com um prazo de implementação gradual de no mínimo 01(um) ano,a contar de sua promulgação."

Extraído do Blog Militar Legal, do Ten PM Melquisedec Nascimento.


JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

POLICIAIS TÊM QUE GANHAR SALÁRIOS DIGNOS, DIZ SENADOR MÃO SANTA.

"Em pronunciamento nesta quinta-feira (26), o senador Mão Santa (PSC-PI) disse que a violência do país não será efetivamente combatida enquanto os policiais não receberem um salário digno. Ele expressou apoio à proposta de emenda à Constituição (PEC) 41/08, que institui um piso salarial nacional para policiais civis e militares, inclusive bombeiros. De autoria do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), a proposta está na pauta do Plenário e aguarda votação em primeiro turno.

- É uma vergonha, a violência não vai se acabar sem darmos aos policiais civis e militares um salário de dignidade - afirmou, considerando injusto que os policiais militares do Distrito Federal e dos outros estados do país sejam "inferiorizados".

O parlamentar mencionou a obra do juristaitaliano Norberto Bobbio (1909-2004):

- Ele disse que o mínimo que temos de exigir de um governo, vamos dizer, é segurança à vida, à liberdade e à propriedade. E realmente o nosso governo não vai bem quanto à segurança. Que respondam as brasileiras e os brasileiros. Vivemos numa sociedade que é uma verdadeira barbárie - declarou Mão Santa, que também lamentou a situação da saúde publica brasileira."
Fonte: Agência Senado.


JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

DEPUTADO DELEGADO TENTA AZEDAR NOSSO BOBÓ

"O Deputado Federal Francisco Tenório (PMN-AL),Delegado de Polícia, apresentou ontem(26) o requerimento 5938/2009,solicitando a anulação da reunião extraordinária da Comissão Especial para análise da PEC 300 que aprovou na última quarta-feira(25) o Relatório Final da PEC 300/08. Trata-se de uma manobra regimental em virtude de não ter sido acatada a sua emenda que incluía os policiais civis na proposta.A recusa do ingresso dos policiais civis na PEC 300 segue a mesma lógica que recusou a inclusão dos policiais e bombeiros militares na PEC 549 (dos Delegados), a qual sequer contempla os Investigadores.Concomitantemente, a PEC 41/08 do Senado Federal prossegue com rapidez, haja vista contemplar na mesma proposta, PMs,BMs e Policiais Civis."
Transcrito do blog MILITAR LEGAL.


JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR - INSTITUIÇÃO MAIS CONFIÁVEL DO BRASIL

"O IBOPE acaba de divulgar o Índice de Confiança Social, que mede a confiabilidade dos brasileiros nas instituições nacionais. O Bombeiro Militar, as forças estaduais responsáveis pela Defesa Civil, alcançaram o índice de 88% de credibilidade, ficando à frente de TODAS as 18 instituições elencadas na pesquisa. Quando incluídos os grupos sociais, o Bombeiro fica em segundo, perdendo apenas para a família, que alcança os 90%. Para efeito de comparação, as polícias ficam em 13º lugar, entre as 18 instituições, com 52% de credibilidade, ganhando apenas para os partidos políticos (31%), o Congresso Nacional (35%), os sindicatos (46%), o sistema público de saúde (49%) e o sistema eleitoral (49%). Vejam abaixo todo o ranking:




O resultado gera alguns questionamentos e conclusões interessantes. Mesmo o termo “polícia” estando empregado de forma genérica, não se explicitando se se trata das políciais militares, federais ou civis estaduais, cabe observarmos que provavelmente as experiências negativas das pessoas em relação às polícias estão ligadas às instituições estaduais – civis e militares. Se as federações são responsáveis pela administração dos Bombeiros Militares, por que as polícias que também são administradas por elas não gozam de igual ou aproximado prestígio? Em alguns estados, como a Bahia, o Bombeiro Militar ainda faz parte da Polícia Militar, de modo que a formação e a cultura organizacional que incide sobre os profissionais são praticamente as mesmas.

Obviamente, o policial tem funções disciplinadoras, diferentemente do Bombeiro, que geralmente comparece em momentos de carência física e psicológica dos cidadãos. Entretanto, ainda nos falta muito, enquanto policiais, do sentimento de servidor público, algo inquestionável na função de Bombeiro. Na verdade, ainda não conseguimos diferenciar os momentos de servir dos momentos de reagir, postura comum na profissão. Quando ser duro? Quando atacar? Quando atirar? Quando ser delicado? Quando ajudar?

Nesse sentido, ser Bombeiro é mais fácil que ser policial, pois trata-se de algo muito complexo essa “seleção” de sentimentos e condutas – que muitas vezes devem ser manifestados numa mesma ocorrência, num mesmo momento. Isso não desonera da qualidade de absurdos os abusos cometidos por policiais que muitas vezes assistimos na televisão, tampouco tira o mérito da profissão bombeiro militar. Pelo contrário, o Bombeiro Militar é um exemplo a ser seguido pelas polícias, que ainda não consiguiram imbuir em sus profissionais o verdadeiro sentimento de “servidor”. Parabéns aos bombeiros do Brasil!

Leia mais sobre a pesquisa no site do IBOPE: Índice de Confiança Social, novo produto do IBOPE Inteligência, mede credibilidade das instituições brasileiras."
Matéria transcrita do site abordagempolicial.com e sugerido pelo Cb BM Sardella do blog Cordel da Bola de Fogo.
Serve para levantar um pouco nossa auto-estima.
A confiança da população já não é de hoje que contamos em peso. Nos resta agora lutar por dignidade e respeito junto aos que nos governam!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

PEC 41 - PISO NACIONAL DE BM, PM E PC SERÁ VOTADA HOJE NO SENADO


Em decorrência de acordo de líderes partidários, o Plenário do Senado realizou, nesta quarta-feira (25), cinco sessões seguidas de discussão da proposta de emenda à Constituição (PEC 41/08) de autoria do senador Renan Calheiros,do PMDB-AL(FOTO) que institui um piso salarial nacional para policiais civis e militares, inclusive bombeiros. O prazo de interstício para as discussões em primeiro turno foi, então, suprimido.

A PEC prevê ainda a participação da União no custeio de parte da implantação deste piso, por meio de fundo próprio. E estabelece um prazo máximo de dois anos para o início da implantação gradual desse piso salarial.

Renan Calheiros afirma, em sua justificação, que o objetivo da proposta é "dar melhores condições de vida para um segmento dos mais importantes do poder público, por meio do estabelecimento de uma remuneração mínima e digna".

Durante a discussão, os senadores Papaléo Paes (PSDB-AP), Efraim Morais (DEM-PB), Cícero Lucena (PSDB-PB), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), Rosalba Ciarlini (DEM-RN), Romeu Tuma (PTB-SP), José Agripino (DEM-RN), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Renato Casagrande (PSB-ES), Valdir Raupp (PMDB-RO), Cesar Borges (PR-BA), Paulo Paim (PT-SP) e João Vicente Claudino (PTB-PI) manifestaram seu apoio à aprovação da matéria. Eles destacaram a importância da instituição do piso salarial para a valorização da carreira dos policiais civis e militares nos estados.


26/11/2009
SSCLSF - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO
Situação:INCLUIDA EM ORDEM DO DIA
Ação:Incluído em Ordem do Dia da sessão deliberativa ordinária de 26/11/2009.
Votação, em primeiro turno.

FONTE:AGÊNCIA SENADO.

BOLSA OLÍMPICA - INCLUSÃO DOS BOMBEIROS - RESPOSTA OFICIAL DO DEP SIMÃO SESSIM



VITÓRIA!
Parabéns e muito obrigado ao Deputado Federal SIMÃO SESSIM por ter atendido os apelos dos Bombeiros Militares do Rio de Janeiro!
O Corpo de Bombeiros Militar agradece e, consequentemente, a população Fluminense que terá a sua disposição um militar menos desmotivado e mais dedicado para o cumprimento de seu de ver de VIDA ALHEIA E RIQUEZAS SALVAR!
Ficamos agora na torcida para que a Bolsa Olímpica saia do papel e torne menos sofrida a realidade salarial dos profissinais de segurança pública do Rio de Janeiro.
Vale ressaltar, deputado, que ainda precisamos fazer justiça com nossos inativos e pensionistas que sequer esperanças por dias melhores estão tendo com a criação dessa bolsa.
Pedimos vosso apoio para a aprovação da PEC 300/08!
RECEBA, DE CORAÇÃO, A CONTINÊNCIA DE TODA A FAMÍLIA BOMBEIRO MILITAR DO RIO DE JANEIRO!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

E-MAIL ENVIADO AO PRESIDENTE DA CÂMARA




Fale Conosco

Comunicamos o recebimento de sua mensagem, protocolada sob o número FDC3101998052.
Dados Pessoais
Nome: André Luiz Schirmer da Silva
E-mail: AUDAZ93@XXX.COM.BR
Mensagem
Assunto: Deputados
Ação: Solicitar
Data de Cadastramento: 26/11/2009 15:34
Mensagem: Senhor Deputado Michel Temer, sou bombeiro militar do estado do Rio de Janeiro e gostaria de solicitar a Vossa Senhoria a possibilidade de colocar na pauta de votação desta Casa com a maior brevidade possível, a PEC 300. Tal solicitação se faz necessário pelo fato de sermos os militares estaduais mais mal pagos do país e termos vislumbrado na aprovação deste projeto uma esperança que há muito havíamos perdido. Tenha a certeza, Senhor Presidente, que assim como eu, muitos outros companheiros do Rio e de outros estados da Federação, estamos contando com a sensibilidade e a compreensão de Vossa Senhoria e de todos os outros membros desta Casa para que seja feita justiça para conosco, bombeiros e policiais militares de todo o Brasil, pois, apesar de sermos considerados por muitos como heróis, somos homens e mulheres comuns que temos o servir ao próximo como diferencial em nossas profissões, porém, temos todas as necessidades básicas inerentes a todo cidadão, necessidades essas, que estão ficando cada vez mais difíceis de serem supridas, afetando muitas vezes a harmonia de nossos lares e o bem estar de nossa família. Grato pela vossa atenção. Att. André Schirmer.


Câmara dos Deputados
Palácio do Congresso Nacional - Praça dos Três Poderes
70160-900 - Brasília - DF
Disque Câmara - 0800 619 619 - Telefone: (61) 3216-0000

E-MAIL ENVIADO PARA O PRESIDENTE DA CÂMARA, DEPUTADO MICHEL TEMER, SOLICITANDO CELERIDADE NA VOTAÇÃO DA NOSSA PEC.
QUEM PUDER FAÇA O MESMO, JÁ VERIFICAMOS QUE SURTE EFEITO, VAMOS LÁ!!!!

SEM LUTA NÃO HÁ VITÓRIA!!!

ANDRÉ SCHIRMER."


Vamos fazer como o nosso companheiro, Cb BM André Schirmer!
Vamos "entupir" a caixa de e-mail do Dep Michel Temer - micheltemer@micheltemer.com.br ou dep.micheltemer@camara.gov.br
, Presidente da Câmara dos Deputados!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

MINHA CONTINÊNCIA!

Companheiros de CBMERJ,
Agradeço-os de coração por todas as manifestações de reconhecimento e de carinho que tenho recebido e as transfiro para todos que abraçaram a causa junto a mim, pois sozinho, pouco ou nada podemos, mas, juntos, podemos MUITO!
Com certeza, não receberei medalhas, elogios em boletim, mas tais manifestações suplantam qualquer tipo de honraria formal que pudesse receber!
Nesta semana estamos tendo provas de nossa força e poder quando "falamos a mesma língua" e fazemos manifestar nossas insatisfações e necessidades.
Essa bolsa olímpica, na verdade, acho eu que é mais um paleativo que nem deveríamos estar lutando para que recebamos, mas não podemos aceitar quietos e calados que sejamos discriminados perante as demais forças de segurança pública. Eu acredito que o quê merecemos É UM SALÁRIO DIGNO, escalonado ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE dentro dos postos e graduações, assim como ocorre em qualquer instituição militar decente que se baseia na hierarquia, seja ela funcional ou salarial.
Ou seja, vencemos uma batalha, SÓ!
Mas nossa guerra é interminável!
Há muitas outras batalhas a serem vencidas, tais como a revisão do estatuto, a revisão das leis de promoções, a revisão do regulamento disciplinar, a inclusão dos inativos nessa bolsa olímpica, dentre outras.
A maior vitória não foi ter sido incluído na Bolsa, mas, sim, a demonstração de que SOMOS CAPAZES DE MUDAR NOSSO DESTINO ATRAVÉS DE NOSSAS ATITUDES E AÇÕES!

MINHA SINCERA CONTINÊNCIA A TODOS QUE VÊM AJUDANDO A MUDAR A TRISTE REALIDADE DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

CAMPANHA NACIONAL DE DOAÇÃO DE SANGUE PELA APROVAÇÃO DA PEC 300



Atenção companheiros,

No dia 10 de Dezembro de 2009, convocamos todos os BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES DO BRASIL para a Campanha Nacional de Doação de Sangue pela aprovação da PEC 300.

Mobilize seu destacamento, pelotão, grupamento ou batalhão e vamos levar um maior números de militares aos bancos de sangue e hospitais de sua cidade. Será um movimento nacional.

Avise os meios de comunicação de sua cidade: jornais, rádios e TVs. Reproduza esta postagem em seus blog ou copie e cole esta mensagem encaminhando para seus contatos de e-mail. Você também pode imprimir esta matéria e colar no quadro de avisos da unidade em que trabalha.

Faça o máximo para que a doação seja associada à PEC 300. Se possível vá com a camisa da PEC 300, ou algum adesivo mensionando a mesma. Se puder, registre com fotos e envie para os blogs e sites da Blogosfera Policial para que possamos publicar o material.

Não se esqueça de apanhar o atestado de doação e exigir sua dispensa junto ao seu comando.

Não se esqueça dia 10/12/09.

A luta continua e a vitória só depende de nós.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

PEC 300 - DEP CEL PAES DE LIRA DÁ AS BOAS NOVAS











Bastante esclarecedor e empolgante o vídeo!

Mas como bem disse o Deputado, ainda há muita luta pela frente e devemos nos manter atentos e mobilizados.

JUNTOS SOMOS FORTES,

LAURO BOTTO ۞۞.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

CORPO DE BOMBEIROS DOS DIAS DE HOJE - BLOG DA SEGURANÇA DO JORNAL O DIA


"Quarta-feira, 25 Novembro, 2009
Corpo de Bombeiros
O nosso valoroso Corpo de Bombeiros Militares vem atravessando seus maus momentos quase que em silêncio. Sua situação extremamente crítica só aparece quando há um grande incêndio e seus equipamentos falham por qualquer motivo.
Nossos Bombeiros Militares ...

também ganham salários de miséria. Também sofrem a falta crônica de equipamentos modernos de proteção pessoal e de combate a incêndios.
Sofrem a falta de acompanhamento psicológico e acabam ocorrendo casos de abuso de álcool ou drogas no seio da Corporação. Acabam envolvendo-se em milícias. Acabam se envolvendo em episódios nebulosos como o desaparecimento do cordão de ouro e da carteira de um PM ferido e à morte dentro de uma ambulância do Corpo de Bombeiros.
Nossos Bombeiros Militares foram ao longo dos anos sendo sobrecarregados de serviços. O salvamento marítimo em nossas praias é atribuição dos Bombeiros Militares. O resgate de animais em situação de risco é atribuição de nossos Bombeiros Militares. O recolhimento de acidentados feridos nas vias públicas ou pessoas que necessitem de socorro urgente por estar sofrendo algum mal súbito também é atribuição de nossos Bombeiros Militares.
Nossos Bombeiros Militares sempre forma vistos pela maioria da população como integrantes de uma corporação extremamente simpática e avaliada positivamente. Nossos Bombeiros Militares sempre foram vistos pela população como heróis.
Entretanto, a corporação já foi abalada por escândalos diversos que nada trouxeram para o enobrecimento do nome dos Bombeiros Militares. Foram empresas de material de combate a incêndio de propriedade de Coronéis ou seus parentes ganhando licitações ou sendo impostas a edifícios e empresas como fornecedoras 'obrigatórias' destes equipamentos. Foi um concurso marcado pela corrupção, pelo apaniguamento e por um sem número tão grande de irregularidades que foi cancelado e até hoje está sub-júdice. Os pobre-coitados que fizeram corretamente suas provas e foram aprovados corretamente em todas as instâncias é que foram os maiores prejudicados.
O nosso Corpo de Bombeiros Militares, apesar de ser um braço público da defesa civil, que já teve sua Secretaria de Estado, acabou sendo um dedo da Secretaria de Estado de Saúde, e sofre diretamente as conseqüências disto. Menos verbas, menos agilidade nas decisões e mais atribuições.
Caberiam também algumas perguntinhas como: o que exatamente é feito e onde é exatamente aplicada a verba da famigerada e injustificável Taxa de Incêndio? Onde e como exatamente é aplicada a verba do FUNESBOM? Por que o 193 demora tanto a atender e por que o socorro ao problema relatado, mesmo quando o quartel fica a poucos quilômetros do local, também tem sido tão demorado? Esses dois pontos, o 193 e a rapidez do atendimento, eram uma espécie de 'marca registrada' de nosso Corpo de Bombeiros e hoje, pelo que acompanhamos, nos parece uma mácula crescente na corporação.
Por não ser afeita a uma área que nos cause medo, ou pânico mesmo, emergencial como é o caso da segurança pública e nossas polícias a situação de nosso Corpo de Bombeiros Militares vem sendo meio que desprezada pela sociedade em geral. Talvez só venhamos a nos dar conta disto quando, espero que não, uma grande tragédia, um incêndio em um grande prédio residencial ou comercial, um desabamento de grandes proporções, venha a se abater sobre a cidade e nossos Bombeiros Militares não consigam dar conta adequadamente da situação por tudo isso que vem acontecendo com eles."

VAIA DO MARACANÃZINHO - VÍDEO

BOLSA OLÍMPICA TAMBÉM PARA BOMBEIROS MILITARES - VITÓRIA!




Acabo de receber ligação telefônica do chefe de gabinete do Dep Federal simão Sessim, Srº César, confirmando a inclusão dos Bombeiros Militares na gratificação que será criada a partir de 2010 a TODOS os profissionais de segurança pública do Rio de Janeiro. Ontem, 24/11, o Deputado Simão Sessim esteve reunido com o governador do Rio e transmitiu-lhe a imensa insatisfação que nós demonstramos através dos inúmeros e-mails que enviamos ao parlamentar na última semana!

VITÓRIA!

Parabéns às centenas de Bombeiros Militares que arregaçaram as mangas, compraram a briga e enviaram e-mails aos Deputados para que eles intercedessem por nós!

Minha continência aos meus companheiros que têm demonstrado, cada dia mais, estarem mobilizados, conscientes e vibrantes para vivermos dias melhores em NOSSO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

VITÓRIA - TEXTO DA PEC 300 É APROVADO NA COMISSÃO ESPECIAL!

Depois de uma reunião consensual nessa manhã, os deputados se reuniram ao meio dia e aprovaram o texto final da PEC 300, mantendo o piso salarial nacional de R$ 4.500,00. A matéria segue agora para plenário da Câmara pronta para ser votada em dois turnos. Cabe a nós outra mobilização nacional através de e-mail e telefonemas aos deputados líderes partidários e ao Presidente Michel Temer para que a PEC seja colocada como prioridade de votação. Veja o texto final:



Recebi um telefonema do Dep Capitão Assumção e estou vibrando até agora!!!
Parabéns, Deputados que brigaram pela manutenção do piso em vez da equiparação com o DF!
Nós, Bombeiros e Policiais Militares de todo O NOSSO BRASIL SEREMOS ETERNAMENTE GRATOS AOS SENHORES QUANDO NOSSO SONHO VIRAR REALIDADE!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.




BLOG DO CEL PM PAÚL: SÉRGIO CABRAL, O ÚNICO...


"Eu escrevi várias vezes no nosso espaço democrático que segundo fontes confiáveis Sérgio Cabral tem um temperamento difícil, não aceita ser contrariado de maneira nenhuma, o que ficou claro em suas entrevistas na nossa luta por cidadania.
Volta e meia, pressionado o governador perde um pouco os limites.
Lembram quando ele ameaçou Lindeberg Faria?
Ele odeia ser vaiado, isso o tira inteiramente do sério, como ouvimos de alguns parlamentares.
Ontem, ele deve ter ficado em uma situação muito constrangedora, pois a partir daquela “festa” Maracanãzinho, Cabral passou a ser o único governador na história do Rio de Janeiro que foi vaiado publicamente por militares fardados.
Diante desse escândalo, ele deve ter viajado para Brasília inteiramente descompensado e o resultado não poderia ser outro, acabou acusando publicamente, em rede nacional, deputados de quererem roubar o Rio de Janeiro, ou seja, chamou os deputados de ladrões.
Esse é o retrato da política brasileira, uma política que precisa ser reformulada por completo, sobretudo no tocante aos seus operadores, os políticos.
Não esperem que algum deputado se sinta ofendido e que cobre explicações de Cabral, pois todos conhecem o seu “gênio” e as suas bravatas. Aliás, diz um ditado antigo que em “merda seca” não se mexe e como em política o que é notícia hoje, embrulha o peixe de amanhã, a tendência é o silêncio.
De tudo isso resta que o golpe desferido pelos milhares de Bombeiros Militares foi muito forte e nunca mais será esquecido nos quartéis dos heróis do fogo:
Dia 23 de novembro de 2009, o dia no qual o Corpo de Bombeiros fardado vaiou um governador.
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
CORONEL DE POLÍCIA
Ex-CORREGEDOR INTERNO"
Parabéns pelas palavras, Cel Paúl!
O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar passaram o dia de hoje vibrando com a atitudes dos Bombeiros que vaiaram Cabral no Maracanãzinho.
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

terça-feira, 24 de novembro de 2009

PEC 300 NO MARACA LOTADO!



No jogo entre Flamengo e Goiás, onde o recorde de público de todas as divisões do futebol brasileiro foi batido, nossa voz se fez ouvir!
Parabéns aos guerreiros que confeccionaram e expuseram a faixa no Maior do Mundo!
Parabéns ao amigo e veterano Cap BM Campos que tirou as fotos e me envoiu por e-mail.
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

LULA FOGE DAS VAIAS DE CABRAL - JORNAL EXTRA


"JORNAL EXTRA:
Enviado por Berenice Seara -
24.11.2009
"Medo das vaias faz cerimonial de Lula desmarcar compromisso
O presidente Lula vem ao Rio amanhã (de novo!). Inicialmente, baixaria por aqui na parte da manhã, para (mais um!) lançamento de obras do PAC, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. À tarde, iria à Michelin e à noite, à entrega da Ordem do Mérito Cultural.
Mas...
O cerimonial da presidência ficou preocupado com a possibilidade de haver manifestação, especialmente em Belford Roxo, onde chuvas recentes deixaram centenas de desabrigados. Optou pela prudência, e cancelou o compromisso matinal do presidente"."

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

PEC 300 - ESCLARECIMENTOS SOBRE ADIAMENTO DA APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO ESPECIAL




"PEC300
VOCÊ ESTA ACESSANDO O MAIOR PORTAL DO BRASIL SOBRE A PEC300

Uma mensagem a todos os membros de PEC300
ATENÇÃO
Irmãos e irmãs de farda, em conversa, via e-mail, com o Deputado Paes de Lira fomos informados o porque a votação do texto da PEC300 que seria hoje, 24NOV09 foi adiada para 01DEZ09, segue abaixo a integra do dialogo:

SD PM Landiosi
Exmo Sr Deputado,
Venho respeitosamente a presença de V.Exa convida-lo a acessar e fazer parte do maior portal do Brasil
sobre a PEC300.
Já temos cadastrados no portal Policiais Militares e Bombeiros de todos os Estados.
O portal é uma ferramenta que torna possível a interação entre todas as pessoas nele cadastradas.
Venha fazer parte do nosso portal, sua presença é muito importante para nós, Policiais Militares e
Bombeiros de toda a Nação Brasileira.
Acesse: http://infolandi.ning.com
Muito obrigado.

Deputado Paes de Lira
CARO LANDIOSI, ESTAMOS JUNTOS NESTA LUTA PELA APROVAÇÃO DA PEC DO RESGATE DA DIGNIDADE DO POLICIAL NO BRASIL.
VAMOS ESTABELECER O PISO E O FUNDO PARA SUBSIDIAR O PISO PARA OS ESTADOS QUE TIVEREM DIFICULADADE ORÇAMENTÁRIA.
UM ABRAÇO
PAES DE LIRA


SD PM Landiosi

Exa,
O que aconteceu que a votação de hoje 24NOV09 da PEC300 foi adiada para 01DEZ09?
Em nosso portal e outros sites relacionados a aclamação dos Policiais Militares e Bombeiros por informação a respeito é
gritante.
Muito obrigado

Deputado Paes de Lira

foi decisão unilateral do presidente da comissão, da qual discordamos.
Peço que divulguem para os policiais do Sul para fazerem pressão no Presidente.
Estou fazendo o mesmo com ajuda do Fábio e do Assumção.
um abraço.

SD PM Landiosi

Exa,
Vamos divulgar este e-mail para todos no portal PEC300

Deputado Paes de Lira

O PRESIDENTE E O ARNALDO QUEREM A APROVAÇÃO, O PROBLEMA ESTÁ NA DIVERGENCIA: OS DEPUTADOS MILITARES QUEREM O VALOR AGORA DE 4500,00,
POIS SE DEIXARMOS PARA UM FUTURO PISO VINCULADO A PM DF NÃO TEREMOS A CERTEZA DA
CORRETA APLICAÇÃO. CITO COMO EXEMPLO QUE OS PM DOS EX-TERRITORIOS, QUE SÃO
FEDERAIS, TEM ISONOMIA NA LEI COM A PMDF E NUNCA RECEBEM A ISONOMIA, POIS CRIAM
GRATIFICAÇÕES ESPECIFICAS PARA A PMDF.
ENTÃO PRECISAMOS UNIR FORÇAS NA COMISSÃO PARA UM TEXTO COMUM QUE DE FATO ATENDA A TODOS E SEJA VIÁVEL A APROVAÇÃO COM RESULTADO
EFETIVOS JÁ.

SD PM Landiosi

Exa,
Muito obrigado por sua atenção e, desculpe incomoda-lo.
Estarei divulgando no Portal PEC300 e repassando para todos os outros sites relacionados.
Me sinto honrado em ter V.Exa lutando por nossos ideais, nós, Policiais Militares, Bombeiros e nossos familiares de toda Nação
Brasileira agradecemos.
Viva São Paulo...Viva o Brasil...!
UNIDOS SOMOS FORTES!
Abraços e que Deus esteja sempre com vosco."

O texto acima me foi transmitido através do site de relacionamento da PEC 300 e esclarece o real motivo do adiamento da votação dos destaques e apresentação do relatório final da comissão especial da proposta de emenda constitucional.
Não podemos e não devemos desanimar, MUITO PELO CONTRÁRIO!
Essa demora, como já me fora dito algumas vezes pelo Dep. Cap Assumção, se deve à busca do melhor caminho a ser seguido para que não sejamos pegos depois por inconstitucionalidade ou indisponibilidade de verba para pagamento dos bombeiros e policiais militares de todo o Brasil!

Vamos nos manter atentos e mobilizados!
JUNTOS SOMOS FORTE,
LAURO BOTTO ۞۞.

VAIA DO MARACANÃZINHO - SÍNTESE DO HISTÓRICO DIA EM QUE BOMBEIROS VAIARAM SÉRGIO CABRAL


"Conforme opinião, praticamente unânime, da classe de PMs e BMs do Estado do Rio de Janeiro, o nosso salário está muito longe de atender às suas necessidades, bem como, está muito longe de se equivaler às suas importantes atribuições e contribuições no seio de nossa sociedade. Em virtude disso, os bombeiros e policiais, passaram a depender de um segundo emprego, o chamado "bico", com o qual buscam, ou melhor, tentam complementar a sua renda, a fim de poder prover o sustento da família.
Esta política, de combate à dengue, promovida pelo governo de nosso estado, onde os bombeiros, em seu horário de folga, saem em luta contra essa doença transmitida pelo, há muito conhecido, mosquito aeds-egypt (perdoem-me, caso tenha escrito o nome do mosquito de forma incorreta), nada mais é do que o "bico" institucionalizado. A única diferença é que, ao invés do bombeiro estar trabalhando, nos horários de folga, para a iniciativa privada (na maioria das vezes, como segurança), no caso da dengue, ele trabalha para o governo estadual. Existe outra diferença: o empregador da iniciativa privada, não faz política com o pequeno salário que paga ao bombeiro ou policial, ele apenas paga por um serviço prestado. Já no caso do governo, a admistração tem plena consciência da penúria em que se encontram seus servidores militares e, por isso, tira proveito da própria situação, da qual são os únicos responsáveis. Para os Bombeiros, não existe saída, afinal não há empregos de segurança para todos e o “bico institucionalizado”, acaba se tornando uma alternativa para alguns. Já que não existem “bicos” (institucionalizados ou não) para todos, restam aqueles que tentam sobreviver apenas com o salário de servidor público militar.
Nesse panorama descrito, pode-se concluir que essa política só atende ao interesse do nosso Estado, que é o de conter gastos e promover uma visão de eficiência, utilizando a Corporação com maior índice de aceitação pela sociedade: o Corpo de Bombeiros Militar – RJ. Contudo, tanto Bombeiros quanto Policiais Militares sentem-se frustrados, divididos e traídos, por promessas não cumpridas, bem como, por essa política injusta, de gratificações para uns e para outros nada, o que gera injustiças, inconformismos e distorções salariais. Cabe salientar que esse conjunto de ações, por parte do governo estadual, desconsidera totalmente um dos pilares desse tipo de organização, no qual se deve basear os vencimentos: a HIERARQUIA.
Sr. Governador: O que os Bombeiros e Policiais Militares, realmente aspiram, é por vencimentos honestos, dignos de suas funções, e que sejam escalonados, apenas e somente, pelos níveis hierárquicos previstos nos quadros dessas corporações, levando-se também em conta o tempo de serviço prestado e, também, quando for o caso, as comissões referentes à cargos de comandos ou diretorias.
Tenha certeza, Sr. Governador: Os integrantes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar não estão nem um pouco satisfeitos com o tipo de atenção que a sua administração tem dado às suas necessidades, no que tange à sua política salarial. Já imaginou, com todo esse descaso, quantos votos o senhor deixará de ganhar para poder conquistar a sua reeleição?
Acho que vale à pena refletir!"

Recebi esse texto de um BM indignado e bastante consciente da nossa realidade e das nossas necessidades.
Parabéns pela síntese e pela perfeita elaboração do texto!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

JORNAL DO BRASIL - 24/11 - CABRAL CONSTRANGIDO POR BOMBEIROS MILITARES


Clique na figura para vê-la em tamanho maior.

JORNAL O DIA - 24/11 - BOMBEIROS VAIAM CABRAL




PORTAL R7 DA REDE RECORD


Fonte: http://noticias.r7.com/rio-e-cidades/noticias/governador-do-rio-bate-boca-com-bombeiros-em-evento-20091123.html

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), se desentendeu nesta segunda-feira (23) com membros do Corpo de Bombeiros durante o lançamento da campanha contra a dengue no Maracanãzinho. Cerca de 1.200 bombeiros estavam no ginásio.
Os agentes da corporação vão trabalhar contra focos do mosquito que transmite a doença em seus horários de folga. Em dois momentos, os bombeiros discordaram, em coro, do discurso de Cabral.

Na primeira ocasião, Cabral disse que os bombeiros recebem uma gratificação de R$ 700 pelo trabalho contra a dengue. Mas os bombeiros responderam que “não” e passaram a se manifestar cada vez que o governador repetia o valor, que é repassado ao Estado pelo Ministério da Saúde.

A Secretaria Estadual de Saúde e a Defesa Civil do Rio disseram que o valor pago é de R$ 566. Somente se forem somados os R$ 120 de auxílio-alimentação é que o valor se aproxima de R$ 700, chegando a R$ 686.

Em resposta à reação dos bombeiros, o governador do Rio disse que aqueles que quisessem poderiam desistir do trabalho antidengue, porque havia 2.000 bombeiros esperando pela oportunidade.

Em outro momento, quando Cabral voltou a falar de gratificações no Corpo de Bombeiros, a plateia se manifestou contra o governador mais uma vez. Cabral reagiu.

-Eu estou numa assembleia do Corpo de Bombeiros ou no lançamento do programa contra a dengue? Não estou entendendo. A gente está falando aqui de salvar vidas. E a gratificação que estamos dando está dentro da realidade orçamentária do Estado.
Depois da reação dos bombeiros, Cabral falou sobre o reajuste salarial de 5% concedido aos policiais e bombeiros pelo governo.
Depois do evento, Cabral saiu do Maracanãzinho sem dar entrevistas.
A Rede Globo estava lá e não noticiou o ocorrido!
O Jornal o Globo estava lá e não noticiou o ocorrido!
Vergonhosa atitude desses jornalistas PARCIAIS!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

SÉRGIO CABRAL SE DESENTENDE COM BOMBEIROS DURANTE EVENTO NO MARACANAZINHO


Fonte: Correio Braziliense

Rio de Janeiro - O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, desentendeu-se hoje (23) com uma plateia de 1.200 bombeiros no Ginásio do Maracanãzinho, durante lançamento da campanha Cultura Antidengue e da apresentação dos militares que vão atuar como agentes contra focos de mosquito em seus horários de folga. Em dois momentos, os bombeiros discordaram, em coro, do discurso de Cabral.

Na primeira ocasião, Cabral disse que os bombeiros recebem uma gratificação de R$ 700 pelo trabalho contra a dengue. Em coro, os bombeiros responderam “não” e passaram a se manifestar cada vez que o governador repetia o valor, que é repassado ao estado pelo Ministério da Saúde.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio, o valor pago é de R$ 566. Apenas somando-se os R$120 de auxílio-alimentação é que o valor se aproxima de R$ 700, chegando a R$ 686.

Em resposta à reação dos bombeiros, Cabral disse que aqueles que quisessem poderiam desistir do trabalho antidengue, porque havia dois mil bombeiros esperando pela oportunidade.

Em outro momento, quando Cabral voltou a falar de gratificações no Corpo de Bombeiros, a plateia se manifestou contra o governador mais uma vez. “Eu estou numa assembleia do Corpo de Bombeiros ou no lançamento do [programa contra] dengue? Não estou entendendo. A gente está falando aqui de salvar vidas. E a gratificação que estamos dando está dentro da realidade orçamentária do estado”, disse Cabral.

Depois da reação dos bombeiros, Cabral falou sobre o reajuste salarial de 5% concedido aos policiais e bombeiros pelo governo do estado neste ano. “Se os que me antecederam tivessem dado o reajuste que eu dei todo ano a vocês, que não foi nada de mais, certamente o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a Polícia Civil teriam outro padrão salarial. Agora, ficaram quase seis anos sem dar reajuste”, respondeu Cabral.

Depois do evento, Cabral saiu do Maracanãzinho sem falar com a imprensa. O secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Cortes, disse que não iria falar sobre a situação ocorrida durante o evento.
FOI VERDADE E EU ESTAVA LÁ PARA CONFERIR!
DEPOIS DE TANTO SER USADO POLITICAMENTE, O BOMBEIRO MILITAR COMEÇA A ADQUIRIR CONSCIÊNCIA POLÍTICA, TAMBÉM!
CHEGA DE GRATIFICAÇÕES DIVISORAS!
CHEGA DE MENTIRAS!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

VIOLÊNCIA SEM FIM CONTRA POLICIAIS DO RIO DE JANEIRO


1- Um Sargento do batalhão da Polícia Militar de Rocha Miranda foi assassinado hoje na rua Francisco Real em Bangu. Uma mulher que o acompanhava também morreu e uma outra ficou ferida.

2 - O Capitão do Batalhão Especial Prisional Fábio Vinicius de Almeida, foi morto junto com um amigo, que seria um ex-policial civil dentro de um carro na Rua Otranco, em Parada de Lucas. Segundo familiares do capitão PM, ele estaria seguindo para um culto em uma igreja evangélica.

3- O cabo PM, identificado apenas como Marcelo, lotado no Grupamento Especial Prisional do Complexo de Bangu, foi morto em uma tentativa de assalto na Via Dutra, na altura da Favela Furquim Mendes, no Jardim América.

Ainda bem que o nosso secretário de Segurança garantiu que vivemos em uma cidade pacífica...
Aonde vai parar essa violência?
Meu Deus!

Mais quatro famílias destroçadas pela violência!
Que Deus dê o mínimo de paz e força para os parentes e amigos desses policiais.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

domingo, 22 de novembro de 2009

MARCOS ESPÍNOLA (JORNAL O DIA) - PEC 300 É A SOLUÇÃO!


"JORNAL O DIA:

Marcos Espínola: Salário desiguais
Advogado criminalista
Rio - Crime é crime em qualquer parte do Brasil. Para combatê-lo, contamos com policiais e, nessa questão, nos deparamos com uma polêmica. Policiais militares e bombeiros país afora sofrem desigualdades salariais que beiram ao absurdo. Por quê? Não há explicação, principalmente se considerarmos que o ofício e os riscos da profissão são iguais para todos.
Segundo o presidente Lula, só uma boa remuneração pode evitar que policiais se corrompam. A afirmação foi feita no dia em que ele anunciou um reajuste de 68,4% para os PMs e bombeiros de Brasília, que já recebiam a melhor remuneração do País.
Três dias antes, deputados do Rio também aprovaram um aumento para as mesmas categorias, sendo (acreditem!) “bizarros” 5%. Em Brasília, o salário inicial para um soldado que ingresse na corporação é de cerca de R$ 4 mil. No Rio, R$ 850.
Definitivamente, os números falam por si. É vergonhoso o disparate salarial. A desculpa é que lá o governo federal é quem paga, o que não é justificativa porque todos os estados também pertencem à federação. Não falta dinheiro. Falta é vontade política.
A PEC 300, que visa a equiparar os salários dos PMs e bombeiros de todos os estados aos do Distrito Federal, ainda tramita na Câmara dos Deputados e pode ser a luz no fim do túnel para que a população brasileira conte com policiais e bombeiros mais qualificados e, acima de tudo, com dignidade para exercer sua profissão.
Por último, que Brasília, definitivamente, cumpra o seu papel de Capital do país e não de si mesmo para que, num futuro próximo, possamos contar com um Brasil menos violento e mais justo.
MARCOS ESPÍNOLA
http://www.marcosespinola.adv.br/"

UM GRITO POR CIDADANIA - ORDEM DO DIA DA PASSAGEM DE COMANDO DO TEN CEL PM ROBERTO


Amigos leitores do DIÁRIO BOMBEIRO MILITAR, esse texto que segue abaixo trata-se da ordem do dia da passagem de comando do 20º BPM - Duque de Caxias - pelo Ten Cel PM Roberto. Não o conheço pessoalmente, apesar de já tê-lo visto inúmeras vezes em nossas passeatas e manifestações em favor de dignidade para nossos militares estaduais (vide foto de manifestação em homenagem aos Policiais assassinados no RJ), mas já gozava do meu apreço e respeito. Lendo seu discurso de passagem de comando, aumentou minha estima por ele e fez-me renovar o ânimo sabendo que há em NOSSA Polícia Militar oficiais do quilate do Ten-Cel PM Roberto.


"POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
TERCEIRO COMANDO DE POLICIAMENTO DE ÁREA
DÉCIMO QUINTO BATALHÃO
ORDEM DO DIA
Ilmos srs e sras, muito boa tarde!
Esta mensagem poderia muito bem ser traduzida como um desagravo, em razão do desconforto em ser substituído em um Comando de Unidade, mas não quero que nenhum dos srs e sras se deixe tocar por esse sentimento. As mudanças são necessárias para que um novo pensamento ou ação se sobreponha a outro, já não tão moderno.
Todos nós, que vivemos estes últimos momentos na Corporação, convivemos com as mudanças repentinas e quase nunca entendidas pela maioria: o que importa é que os personagens envolvidos saibam, e isso, por si só, basta.
As mensagens não precisam ser explícitas: todos as entendemos.
O ser humano possui uma capacidade incomensurável de se adaptar aos percalços e sobrepujar as adversidades para angariar um novo momento de vida. Faz isso, não por ser indubitavelmente mais forte que os demais animais, mas por ser inteligente o suficiente para agir em sua defesa e dos seus semelhantes quando alguém ou alguma coisa está na iminência de fazer-lhe mal ou lhe causar dano.
O bem e o mal, presentes em nossas vidas.
Encontramos especial denotação no Evangelho de Lucas 6:45, “O homem bom tira o bem do depósito de coisas boas que tem em seu coração. E o homem mau tira o mal do seu depósito de coisas más. Porque a boca fala do que o coração está cheio.”
O bem e o mal, antagônicos em sua essência, mas tão presente no coração de alguns, que por vezes chegamos a duvidar que ali, naquele semelhante, naquele coração, essa dualidade antagônica tenha existido um dia a não ser como disfarce em suas ações.
Meus Policiais Militares desta digna Unidade, em 2008, no Comando do Sexto Batalhão, ao participar de movimento de reivindicação salarial, sabia que aqueles passos seriam os condutores a este momento ímpar e finito.
Naquele momento internalizei em mim um sentimento de desagrado com a Corporação; de decepção com a Instituição que jurei respeitar, dignificar e honrar.
No início deste ano, por determinação do Sr Cel PM Pitta, então Comandante Geral, fui designado para comandar o 20 BPM. Renascia, naquele momento a oportunidade de aglutinar sentimentos favoráveis a outros Oficiais e Praças de forma compartilhar os anseios de vermos uma Polícia Militar forte, soberana e independente. Esse sentimento ainda permeia as nossas almas e haverá de nos acompanhar enquanto pulsar nossos corações.
A minha parte eu fiz: respeitei a tudo e a todos, indiferente ao que, simbolicamente, estratificava as classes hierárquicas internas; dignifiquei a tudo que fiz, traduzindo em trabalho eficaz as missões executadas, e honrei a tudo e a todos os amigos, como sempre fiz na vida pessoal e profissional, tal qual me foi ensinado por meus pais e vivenciado por todos os irmãos, figuras emblemáticas a quem nunca vou decepcionar (somos, verdadeiramente, uma família).
Somos homens e mulheres livres, em essência e ações, e não podemos mais nos deixar sufocados em gritar a favor da liberdade de ação e expressão.
Não somos mais um povo escravizado, pelo menos foi o que me ensinaram. E nas Leis temos que fazer valer os direitos a nós pertinentes.
Somos profissionais em Segurança Pública e como tal temos que ser tratados e respeitados por nossas ações. Nenhum de nós sai de casa e vem pro Quartel “brincar” de ser policial. Ninguém, senão um policial, sangra pela sociedade que jurou defender.
Foram pouco mais de quatro meses de convívio, em que pude me reencontrar com antigos companheiros de trabalho, antigos líderes sindicais e antigos representantes das Associações de Moradores dos anos passados de 1991 e 1992, quando o então Ten PM ROBERTO por aqui passou.
Esse novo contato, agora sob uma nova visão, trouxe outra perspectiva de trabalho e entrosamento, o que valorizou a respeitável relação que se estabeleceu.
Não vou relacionar o que foi, nem o que poderia ter sido feito de melhorias no aquartelamento, pois aos que tive que dar satisfações, eu o fiz, sempre com dignidade e respeito ao erário público e particular, e tornaria este momento cansativo.
Agradeço a minha querida esposa e meus filhos, bem como a todos meus familiares pelo apoio incondicional na tomada de decisão acerca dos problemas que nos afligiam e nos tornava impotentes perante o quadro político que se apresenta.
Agradeço, de per si, a cada Policial Militar desta Unidade, Oficiais e Praças, que, com afinco, respeito e consciência profissional, fizeram a diferença no tratamento das ocorrências que levamos a efeito. Só o profissionalismo dos srs e sras foi capaz de trazer aos níveis solicitados pela Secretaria de Segurança, os índices dos indicadores criminais propostos para essa Unidade, sobrepujando o lazer em detrimento do trabalho, sacrificando a relação familiar em prol da sociedade duque caxiense.
Agradeço aos Presidentes Associações de Moradores das diversas comunidades, com os quais sempre travamos diálogos produtivos na busca de melhor atender aos anseios ali existentes, tudo em prol da população de bem que ali reside, o que, além de cordializar a relação, fez com que pudéssemos entender que a realidade vivenciada naqueles locais carece de uma visão menos romântica e mais social, de forma a abraçar, de forma igual, a todos os que ali residem, independente da proximidade ou não do período eleitoral.
Aos órgãos de administração Federal, Estadual e Municipal, com os quais tivemos que interagir, agradecemos pela forma respeitosa, profissional e amiga com que sempre nos atenderam.
Ao Exmo. Prefeito de Duque de Caxias, Sr. JOSÉ CAMILO ZITO, e sua esposa, a Sra. Secretária de Assistência Social CLAISE MARIA ZITO, pela forma com que, nos primeiros dias de Comando, se colocaram, bem como a administração municipal, à disposição para o que fosse preciso no trâmite de ações, correlatas ou não com a Prefeitura, tendo sempre agido com respeito e cordialidade, não só com a pessoa do Comandante, mas com todos os Oficiais e Praças desta Unidade.
Ao Sr. Secretário Municipal de Segurança, Cel PM SÉRGIO DO MONTE PATRIZZI, eterno Comandante desta Unidade, pelos conselhos e orientações pautados na sinceridade e profissionalismo, isentos de vaidade, que nos fizeram autônomos na tomada de decisão nos eventos compartilhados pela segurança municipal e estadual.
Aos clubes de serviço pela forma respeitosa com que compartilhamos os espaços e pudemos complementar idéias acerca dos problemas existentes, o que nos permitiu traçar objetivos comuns que poderão ser realizadas em futuro próximo, onde o conhecimento em segurança pública possa ser compartilhado com a sociedade em geral.
Aos Srs. Drs. Delegados de Polícia Civil das 59, 60, 61, 62 DP e DEAM pela receptividade, companheirismo e cumplicidade nas ações desenvolvidas, que fizeram a 15 AISP ser destaque na Baixada Fluminense. O profissionalismo sempre esteve presente, independente dos que falam sobre as supostas animosidades que existiam em razão de ocuparmos instituições diferentes. Desejo sorte a todos e um profícuo trabalho pela sofrida sociedade duque caxiense.
Ao Ilustre Sr Cel PM ROBSON DOS SANTOS BATALHA, companheiro de longa jornada, que esteve a nos orientar nesse tempo de Comando desta Unidade, trazendo amparo aos passos que demos em prol da segurança pública neste Município.
Aos amigos que aqui fiz, deixo um abraço e um carinho no coração, desejando que façamos prosseguir sempre essa amizade.
A todos os demais que, mesmo não tendo sido citado nominalmente, estarão sempre guardados no rol dos amigos desta Unidade e, se me permitirem, no rol de nossos amigos pessoais. São pessoas como vocês, que fazem e dignificam uma sociedade justa e trabalhadora, na busca dos interesses comuns, tornando muito mais agradável a convivência humana.
Desejo sucesso ao Sr Ten Cel PM SÉRGIO LUIZ MENDES AFONSO, novo Comandante desta digna Unidade, para que, com sua sabedoria e competência funcional, possa fazer ir, ainda mais longe, a eficiência desta Organização, consoante o desejo do Comando da Corporação.
Por fim, passados quase 50 anos de vida, eis o que aprendi:
O tempo passa; a vida acontece; a distância separa; os filhos crescem; os comandos vêm e vão; o amor tem seus altos e baixos; as pessoas nem sempre fazem o que deveriam fazer; o coração se rompe; os pais morrem; os colegas esquecem os favores; as carreiras terminam, e dignidade e honra não se compram.
Mas, os verdadeiros amigos estarão lá, não importa quanto tempo ou quantos quilômetros estejam entre vocês.
Um amigo nunca estará mais distante do que o alcance de uma necessidade, torcendo por você, intervindo em seu favor e esperando você de braços abertos, abençoando sua vida!
A diferença entre o céu e o inferno é somente a esperança.
Que Deus ilumine a todos, principalmente na tomada de decisão, pois esperança que se dá, poderá ser o limite entre a felicidade ou a insanidade dos outros.
JUNTOS SOMOS FORTES!!!!!
Quartel, em 19 de novembro de 2009.
ROBERTO ALVES DE LIMA – TEN CEL PM
COMANDANTE SUBSTITUÍDO"
Ao Ten-Cel PM Roberto, minha continência!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

sábado, 21 de novembro de 2009

BOLSA OLÍMPICA, REAJUSTE DO BOLSA FORMAÇÃO E PEC 300!


"Quanto din din hein caros Senhores? Nem mencionei no título deste post os famigerados, controversos e mal-intencionados R$ 350,00 da gratificação do POEPP, do qual prefiro não tecer quaisquer tipos de comentários. Em suma: se vier, veio. Se não vier também, ótimo. Ao que me parece o Estado do Rio de Janeiro está mesmo carregado de correntes negativas e maus pensamentos. Qualquer coisa que seja originária deste solo fluminense traz consigo mau agouro, infortúnio. Logo, eu dispenso. Que tudo o que venha deste Estado que volte e fique por lá mesmo. Com toda certeza fará muito mal se ingerido. Mas vamos ao que interessa...

BOLSA OLÍMPICA
Já estamos sabendo que ano que vem teremos uma gratificação (to ficando de saco cheio de gratificação, quero salário; chega de esmola, pô!) no estilo bolsa-formação, já apelidada de “Bolsa Olímpica”.
Ganhou este apelido por ter sido idealizada para ser oferecida como incentivo aos profissionais de segurança pública da cidade do Rio de Janeiro, futura sede dos jogos olímpicos de 2016.
Com valores que irão de R$ 900,00 a R$ 1500,00, o incentivo será enviado ao Congresso Nacional para ser assinado pelo Presidente ainda no início do ano que vem, através de Medida Provisória. Resumindo: uma idéia na cabeça e uma caneta na mão, e a coisa começa a valer.

Uma Medida Provisória é um decreto, só que do Poder Executivo (Ato do Presidente, de caráter unipessoal). Equivale ao antigo Decreto-Lei: possui força de Lei Ordinária e não há a presença do Poder Legislativo para que seja editada, votada e promulgada. O Legislativo só entra em cena para “ajeitá-la” e transformá-la em Lei num momento futuro e oportuno. O ponto positivo é sua celeridade, já que o pressuposto é a urgência da proposição.

Logo, em 2010, teremos mais din din no bolso. Aliás, é o din din mais garantido até agora, já que se trata de vontade federal e objetivo político (olimpíadas = voto). Se dependêssemos somente do Estado do Rio estaríamos mortos de fome. Pelos valores propostos e também, como ainda não há matéria (texto de lei) pronta, acredito que deverá ser escalonado (R$1500,00 – soldado, até R$900,00 – coronel).

Cogita-se também um valor único (R$ 1000,00) para todos. A verdade é que o que vier é lucro. Quando a matéria for proposta postarei aqui a novidade. Estou atento as mudanças em regime diário. O que se fala muito é que a gratificação incorporar-se-á ao soldo no ano olímpico. E isso é muito bom.

BOLSA FORMAÇÃO
A dúvida paira no ar: teremos duas bolsas ou a bolsa olímpica será a modificação do atual bolsa formação? Obviamente, não há como saber, já que nada ainda foi proposto. Agora, levando em conta que o programa PRONASCI já possui verba destinada, própria, e foi orçamentada e projetada para 4 anos de vigência, podemos concluir que a Bolsa Olímpica será uma nova bolsa, completamente distinta do Bolsa Formação.

Devemos também ficar de olho, pois se alterarem a lei do Pronasci (Lei 11.530 de 24 de Outubro de 2007 – que nasceu como uma MP! A Medida Provisória Nº384 de 2007) com esse intuito, poderemos estar diante de um golpe...

De qualquer maneira, teremos novamente din din no bolso. Antes que eu me esqueça: existe também a previsão de um acréscimo de 8% na bolsa formação, resultado da inflação anual deste ano. Esse fato também evidencia que a bolsa formação continuará quietinha, enquanto outra bolsa virá ao mundo...

PEC 300-A
Foi o assunto da semana. Os jornais venderam como água no deserto. Sem contar que “o polícia” comprou e caiu no conto do jornal barato. Eu não compor mesmo. Policial Militar na capa e notícia de aumento eu não compro! A informação verdadeira está no website da Câmara dos Deputados (PEC 300-A de 2008) e/ou do Senado federal (PEC 41 de 2008)!

Do jeito que a notícia foi veiculada, deu a entender que estaríamos ganhando aquele valor no dia seguinte! Um absurdo de sensacionalismo. Malditos jornalistas, que se valem de nossa delicada e marginalizada situação de lamúria e fome.

Caros senhores. O futuro é promissor. Lembro que não devemos perder a esperança e sim, continuar sempre acreditando, como fizemos até agora. Mas não se esqueçam jamais: não são os governantes que irão mudar nossas vidas; somos nós mesmos. Não fiquem esperando de braços cruzados. Continuem estudando e se valorizando.

FORÇA, HONRA E FÉ!"

Fonte: Blog Um Conto de farda.
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

BOLSA OLÍMPICA - ESCLARECIMENTOS DO DEP SIMÃO SESSIM

No final da manhã de hoje, 20/11, havia acabado de chegar do serviço no GOTA e, para minha surpresa, tocou o telefone e do outro lado da linha estava o Dep. Federal Simão Sessim.
Diante dos inúmeros e-mails enviados a ele por nós bombeiros, o parlamentar resolveu entrar em contato para esclarecer algumas situações que foram colocadas equivocadamente pela matéria do jornal O DIA.
Nos mais de 20 minutos que ficamos ao telefone, o deputado fez questão de ratificar o enorme apreço que tem pelo Corpo de Bombeiros, ressaltando que lhe é motivo de orgulho ter sido condecorado com duas comendas por dois de nossos ex-comandantes gerais. Quanto à já famosa Bolsa Olímpica, fez questão de retificar a colocação feita pelo jornalista do periódico que o colocou como AUTOR da emenda de criação da Bolsa Olímpica, explicando-me que apenas coordena a apresentação de emendas do poder executivo, por ser da base do governo, na câmara dos deputados. Sendo assim, fica a cargo do Governo Federal, através do Ministério da Justiça (que é de onde virá a emenda), estabelecer quais serão os contemplados com a futura gratificação, assim como estabelecer o valor que será destinado ao Governo do Estado para a execução da mesma ou , caso não seja estabelecido pelo MJ, ficará a cargo do Governador estabelecer os contemplados, o que seria bastante ruim para nós, tendo em vista o atual tratamento que nos é dispensado. Fiz questão de demonstrar a atual situação salarial que vivemos em nosso estado e o próprio deputado citou a PEC 300 como salvação, se declarando favorável a sua aprovação.
Papo vai, papo vem, o deputado se comprometeu a lutar para que sejamos contemplados na emenda, salientando que estará reunido com o governador na próxima terça-feira para tratar desse e de outros assuntos referentes ao nosso estado, lembrando que encaminhou nossos e-mails diretamente para o o Governador Sérgio Cabral.
Nosso defensor na câmara, o Dep Cap Assumção, também intercederá por nós e somente quando for apresentada a emenda é que poderemos saber se fomos citados ou não. E se não fomos, o Dep Cap Assumção tentará incluír-nos através de uma emenda.
Nos resta ficar na torcida!
Parabéns e obrigado a todos que "compraram" a briga e enviaram e-mails ao Dep Simão Sessim.
Parabéns ao Dep Simão Sessim pelo posicionamento e pelos esclarecimentos. A Família Bombeiro Militar do Rio de Janeiro agradece!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

E-MAIL ENVIADO AOS DEPUTADOS FEDERAIS





Caro Dep Fed. Simão Sessim,
Tendo visto a matéria publicada no jornal O DIA deste 18 de Novembro, pude perceber que é de vossa autoria, Exmo. Srº Dep. Simão Sessim, a emenda que criará a bolsa olímpica que, pelo que denota a matéria do referido jornal, apenas contemplará policiais civis e militares, sem fazer referência aos bombeiros militares do Rio de Janeiro.
Infelizmente, vivemos em nosso estado uma política incompativel com a realidade salarial dos demais estados da federação e nossos bombeiros militares (que possuem lei de remuneração igual a da PMERJ - Lei nº279/79) carecem da mesma falta de assistência remuneratória. A inobservência das necessidades e da garantia do mínimo de dignidade do bombeiro militar do Rio de Janeiro não param por aí.
Em um duro golpe disferido contra a Constituiçao da República Federativa do Brasil, em seu Art. 144, o Corpo de Bombeiros passou a subordinar-se à Secretaria Estadual de Saúde. Fato esse que, além de denotar claro desvio de função do CBMERJ, colocou-nos "no limbo"!
Quando apresenta-se uma situação que vem a beneficiar os servidores da área da Saúde Pública, alega-se que o Corpo de Bombeiros pertence à Segurança Pública. Já quando apresenta-se uma proposta para beneficiar os servidores da área de Segurança Pública, somos enquadrados na área de saúde.
Eu, mais os 33 mil militares do Corpo de Bombeiros (ativos e inativos), mais as 5 mil pensionistas e familiares, solicitamos que seja revista essa proposta e que sejam incluídos nessa gratifiação os homens e mulheres do Corpo de Bombeiros que, tal como nossos Policiais Militares e Civis, doam-se diuturnamente pela segurança da população fluminense, em salvamentos, combates a incêndios, buscas, resgates, atendimentos pré-hospitalares em vias públicas, gozando de mais de 90% de aprovação popular (de acordo com pesquisa realizada recentemente por uma das mais renomadas revistas do país)..., e amargam a vergonhosa marca de PIOR SALÁRIO DO BRASIL, também.
Não incluir o bombeiro militar nessa gratificação seria ferir de morte a já combalida família bombeiro militar do Rio de Janeiro.
Certo de vossa compreenssão, agradeço a atenção dispensada.
Respeitosamente,

LAURO CÉSAR BOTTO MAIA - 1º TENENTE BOMBEIRO MILITAR/RJ.
JUNTOS SOMOS FORTES,

E-mail: laurobotto@hotmail.com

CHUPANDO DEDO MAIS UMA VEZ?




A matéria acima diz respeito à mais nova gratificação a ser criada para as POLÍCIAS do Rio de Janeiro.
Pois é, leitores...
Ficaremos chupando dedo mais uma vez?
Do que depender de nossos governantes e de nossos comandantes, continuaremos nessa situação!
A gratificação de R$350,00 já não contemplou a todos no CBMERJ, diferentemente da PMERJ e PCERJ.
Agora os governos federal e estadual aparecem com mais essa para fechar de vez nosso caixão!
Ainda não acredito que ficaremos de fora dessa gratificação e tratei de falar com a assessoria do Deputado Simão Sessim. A mesma pediu-me para redigir um e-mail explicando a situação e solicitando que sejamos incluídos na emenda. É NOSSA ÚLTIMA ESPERANÇA!

Conversei ainda por telefone com o Dep Cap Assumção, o qual me garantiu que tanterá nos incluir no projeto antes de ser apresentado na Câmara dos Deputados.

Faça você o mesmo enviando e-mails para os deputados nos endereços:



Não adianta ficar parado se lamuriando ou aguaradando que alguém faça algo por você!
Nossos coronéis estão inertes e, pasmem, alguns deles acreditam que ainda ganhamos bem para o que fazemos!
NÃO HÁ VITÓRIA SEM LUTA!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

PRÓXIMOS PASSOS DA PEC 300!


Amigos leitores do Diário Bombeiro Militar, hoje demos mais um importantíssimo passo em busca da aprovação da tão sonhada PEC 300. Com a aprovação do relatório da comissão especial, dependemos, somente, da boa vontade do Presidente daquela casa legislativa para que, enfim, a PEC seja votada em plenário. Mas a luta não termina aí!
Necessitamos de, no mínimo, 308 deputados votando em nosso favor, em dois turnos de votação, tanto na câmara quanto no senado. Mas quem falou que seria fácil?
Mais do que nunca temos que nos manter mobilizados e pressionando os deputados para que, definitivamente, votem e aprovem essa que será a redenção dos militares estaduais.
Continuem ligando para 0800 619 619 e pedindo a aprovação da PEC 300!
VAMOS ACREDITAR E LUTAR PARA QUE TENHAMOS DIGNIDADE!
SEM LUTA NÃO HÁ VITÓRIA!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

ATA DA REUNIÃO DA COMISSÃO ESPECIAL DA PEC 300 - 17/11

ATA DA 8ª REUNIÃO ORDINÁRIA,
realizada em 17 de novembro de 2009.

Às quatorze horas e quarenta e oito minutos do dia dezessete de novembro de dois mil e nove, reuniu-se a Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição nº 300-A, de 2008, do Sr. Arnaldo Faria de Sá, que "altera a redação do § 9º, do artigo 144 da Constituição Federal". Estabelece que a remuneração dos Policiais Militares dos estados não poderá ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e aos inativos, no Anexo II, Plenário 11 da Câmara dos Deputados, com a presença dos Deputados José Otávio Germano - Presidente; Paes de Lira - Vice-Presidente; Major Fábio, Relator, Andreia Zito, Arnaldo Faria de Sá, Átila Lins, Capitão Assumção, Fátima Bezerra, Ilderlei Cordeiro, Leonardo Monteiro, Maria Helena, Mendonça Prado e Paulo Pimenta - Titulares; Carlos Brandão, Elismar Prado, Elizeu Aguiar, Emilia Fernandes, Francisco Tenorio, Guilherme Campos, Jair Bolsonaro, José Maia Filho, Luiz Couto, Marcelo Itagiba, Moreira Mendes e Vital do Rêgo Filho - Suplentes. Compareceram também os Deputados Eduardo Gomes, Wandenkolk Gonçalves e Willian Woo, como não-membros. Deixaram de comparecer os Deputados Enio Bacci, Flávio Bezerra, João Campos, Lindomar Garçon. ABERTURA: Havendo número regimental, o senhor Presidente declarou abertos os trabalhos e colocou à apreciação a Ata da 7ª reunião, realizada no dia 4 de novembro de 2009. Em votação, a Ata foi aprovada. ORDEM DO DIA: Discussão e Votação do Parecer à PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 300/08 - do Sr. Arnaldo Faria de Sá RELATOR: Deputado MAJOR FÁBIO. Vista conjunta aos Deputados Andreia Zito, Arnaldo Faria de Sá, Átila Lins, Capitão Assumção, Eliene Lima, Emilia Fernandes, Fernando Chiarelli, Francisco Tenorio, João Campos, José Maia Filho, José Otávio Germano, Leonardo Monteiro, Luiz Couto, Marcelo Itagiba e Paes de Lira, em 04/11/2009. APROVADO O PARECER COM COMPLEMENTAÇÃO DE VOTO. E, para constar, eu ______________________, Valdivino Telentino Filho, lavrei a presente Ata, que por ter sido lida e aprovada, será assinada pelo Presidente, Deputado José Otávio Germano ______________________, e publicada no Diário da Câmara dos Deputados.

CÂMARA APROVA RELATÓRIO DA PEC 300


Câmara aprova piso salarial de 4,5 mil para PMs e bombeiros

Brasília - Comissão especial aprovou nesta terça-feira a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que determina piso salarial nacional de R$ 4,5 mil para policiais militares (PM) e bombeiros. Também foi definido um segundo piso para o primeiro posto de oficial - 2º tenente - no valor de R$ 9 mil. As informações são da Agência Câmara.

O texto original também equipara os salários dessa categoria em todo o País com o dos PMs e bombeiros do DF. No entanto, o relator da proposta, deputado Major Fábio (DEM-PB), retirou esse dispositivo por considerar que a Constituição veda a equiparação salarial.

A comissão ser reunirá novamente na quarta-feira para votar três destaques ao texto aprovado. Dois foram apresentados pelo autor da PEC, Faria de Sá, retirando do texto a determinação do piso de R$ 4,5 mil e restabelecendo a equiparação salarial com os bombeiros e policiais militares do Distrito Federal.

O terceiro destaque foi apresentado pelo deputado Francisco Tenório (PMN-AL) e inclui os policiais civis nos benefícios aprovados.

A reunião da comissão especial encerrou-se há pouco devido ao início da Ordem do Dia do Plenário.
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞.

domingo, 15 de novembro de 2009

MILITARES REALIZAM MANIFESTAÇÃO PELA APROVAÇÃO DA PEC 300 EM VITÓRIA - ES




"Mais de sete mil policiais e bombeiros militares capixabas participaram de uma marcha em Vitória em favor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 300, que propõe alteração no artigo que prevê que o salário dos militares sejam determinados pelos governos estaduais.

No caso da aprovação da PEC, que ainda tramita na Câmara Federal, os sálarios de praças e oficiais da ativa e da reserva seriam equiparados aos dos policiais de Brasília, que hoje têm a maior remuneração do país.

Deputados estaduais, federais e senadores capixabas e de outros Estados acompanharam a manifestação, que saiu da Praça dos Namorados e seguiu até o Clube dos Oficiais, em Camburi.

O deputado federal Paes de Lira, que é vice-prersidente de Comissão Especial da PEC e ex-coronel do estado de São Paulo, também apoiou o movimento.

"Sei que essa mudança vai impactar o orçamento dos Estados. Mas já estamos prevendo um fundo de apoio do governo federal para os Estados mais pobres do país".

PEC 300

Hoje, um soldado de Brasília ganha cerca de R$ 4 mil, 200% a mais que em alguns Estados do Brasil. Se aprovada, a PEC 300/08 elevaria os salários de 9774 praças e oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros no Espírito Santo, já que inlcui profissionais ativos e da reserva. Para o último concurso para soldado combatente da Polícia Militar anunciado pelo governo do Espírito Santo, o salário oferecido é de R$ 1,8 mil.

A proposta deve ser votada, em dois turnos, pelo plenário da Casa ainda este ano. A expectativa dos defensores da PEC é que ela seja votada no plenário do Senado até o final do primeiro semestre de 2010."

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞