quinta-feira, 29 de abril de 2010

OPERAÇÃO PEC 300 - CAMPANHA DO R$ 1,00


Essa é a arte definitiva dos adesivos e outdoors que serão confeccionados com o valor arrecadado na Campanha do R$ 1,00 (Total arrecadado: R$ 2.629,35). Em princípio, serão confeccionados 1000 unidades de adesivos (em plástico para exterior), ao valor unitário de R$ 0,90 (Custo: R$ 900,00), sendo o restante empregado em outdoors, que devem sair em média de preço de R$ 600,00 cada (arte gráfica + painel), permitindo que coloquemos ao menos 03 outdoors (Custo: R$ 1.800,00), em pontos estratégicos. Os adesivos devem estar prontos na próxima quarta-feira, dia 05/05, e serão distribuídos prioritariamente nas unidades que colaboraram na Campanha. As notas fiscais comprobatórias dos gastos serão apresentadas assim que as receber.
Mais uma vez, aproveito para agradecer o enorme apoio e confiança depositados!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

REPÓRTER ENCURRALA MICHEL TEMER: "E A PEC 300?"


Fonte: www.capitaoassumcao.com
Encurralado por repórteres, Michel Temer diz claramente que tem que tirar essa proposição do seu colo e passar a responsabilidade para o colégio de líderes. Pressão nele até que se vote a PEC 300.

Será que agora o Presidente da Câmara dos Deputados sairá de cima do muro?
Vai ficar feio, sr. Presidente, depois vir pedir voto para os profissionais da Segurança Pública com Vice-Presidente da Dilma Roussef.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

quarta-feira, 28 de abril de 2010

28 DE ABRIL - 01 ANO DE DIÁRIO BOMBEIRO MILITAR


O momento não é propício para comemorações, mas venho a publico informar que hoje, 28 de Abril de 2010, completa 01 ano de "nascimento" o NOSSO Diário Bombeiro Militar!
Que seja o primeiro de muitos anos!
São mais de 500 artigos publicados e mais de 340.000 visitas ao Diário Bombeiro Militar, que nasceu com a intenção de permitir que possamos compreender, debater e divulgar nossa profissão e para que estejamos sempre informados sobre Segurança Pública e demais assuntos pertinentes a nós, Militares Estaduais, Bombeiros e Policiais Militares!
Agradeço a todos pela participação, comentários, críticas, confiança e elogios demonstrados. A participação de todos foi e sempre será fundamental!
Que Deus abençoe a todos nós!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

terça-feira, 27 de abril de 2010

DIGA-ME COM QUEM ANDAS...

QUE EU TE DIREI QUEM É!

Por essas e por tantas outras que a nossa salvação é GABEIRA em 2010!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

LUTO - MORREM DOIS BOMBEIROS EM QUEDA DE AVIÃO DO CBMERJ



É com enorme pesar que escrevo esse artigo e, antes de mais nada, oro para que Deus acolha nossos Irmãos BM falecidos nesse trágico acidente.
Os militares do Corpo de Bombeiros, Maj Jasper e Asp Of Guilherme Neto, sobrevoavam uma área residencial do município de Resende no Avião de combate a incêndio do CBMERJ (PRE BM 01) e por causa ainda desconhecida, sobre uma área residencial da cidade, caíram abruptamente, tendo o piloto ainda conseguido desviar de um prédio, o que fatalmente causaria um maior número de vítimas na tragédia.
A perícia será realizada pelo CPPT - CBMERJ e pelo ICCE - PCERJ, onde serão apontadas as causas do acidente.
Não conhecia pessoalmente o Maj Jasper e fui instrutor do Asp Of Guilherme Neto na Academia de Bombeiro Militar DP II. O Corpo de Bombeiros todo está de luto pela perda de mais 02 Heróis. O Asp Of Guilherme Neto era Praça do CBMERJ (QBMP/10 - Guarda-vida) antes de ingressar na ABMDPII e já em seu ingresso, quando estava com hepatite, travou uma grande batalha para que pudesse se formar oficial do CBMERJ, tendo ambos um futuro promissor em suas carreiras. Perdemos esses 02 jovens companheiros nesse ano que vem sendo marcado por grandes tragédias.
Que Deus acalante os corações dos parentes e amigos dos nossos Irmãos!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

segunda-feira, 26 de abril de 2010

BOMBEIROS COMBATEM INCÊNDIO EM CAMELÓDROMO DA CENTRAL DO BRASIL



Parabéns a todos os Bombeiros Militares que participaram do evento.
Assisti a inúmeras matérias na TV e na internet e vi que em todos os canais houve uma ótima repercusão, mais uma vez, de nossas atividades!
Minha continência a todos!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

03 SALÁRIOS MÍNIMOS PARA TOMAR TIRO


Colaboração: Sgt Marcelo Coelho.
Vídeo dispensa comentários.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

domingo, 25 de abril de 2010

A CARTA DE BRASÍLIA - MOVIMENTO NACIONAL PEC 300


"A CARTA DE BRASÍLIA

1 - O MOVIMENTO NACIONAL PEC 300 iniciou a sua luta nos primeiros diasapós ser protocolada na Câmara dos Deputados em 14/11/2008 a Propostade Emenda Constitucional - PEC 300, que estabelece um PISO SALARIALNACIONAL PARA BOMBEIROS, POLICIAIS MILITARES E POLICIAIS CIVIS.Inicialmente com a distribuição de folhetos informativos nos diversosquartéis da Polícia Militar e Bombeiro Militar em todos Estados doBrasil. No começo dessa luta eram poucos os que acreditavam na vitóriadessa causa.

2 - Avançamos na luta e organizamos Caminhadas de Apoio à PEC 300 emtodo Brasil, sendo o Rio de Janeiro o Estado precursor, quandorealizamos em agosto de 2009 a Primeira Caminhada de Apoio à PEC 300nas praias de Ipanema e Leblon.

3 - Avançamos mais um pouco e realizamos a primeira de uma série deCaravanas Nacional Rumo à Brasília, onde pudemos contar com a presençade cerca de 10.000.000 (dez mil) mulheres e homens valorosostrabalhadores de Segurança e Defesa Civil.

4 - Realizamos Caminhadas de Apoio à PEC 300 na Esplanada dosMinistérios, indo da Catedral de Brasília até o prédio do CongressoNacional. Participamos de Audiências Públicas em todo País e tambémdos debates realizados nas Comissões em Brasília.

5 - Buscamos o apoio do Presidente LULA, solicitando uma audiência em03/03/2010, protocolo nº DOC:GP2010-150-GP/GAP/PR, e também nasdiversas ocasiões quando fazia inaugurações em algumas cidades.

6 - Buscamos apoio dos Deputados Federais e Senadores, visitandogabinetes, nos corredores da Câmara, nas salas dos plrnários, no salãoverde, no azul e também nas galerias do Congresso Nacional.

7 - Buscamos o apoio dos líderes de partidos na Câmara dos Deputados;do líder do Governo LULA na Câmara, Deputado Federal Cândido Vacarezza(PT de São Paulo); do Presidente da Câmara, Deputado Federal MichelTemer ( presidente nacional do PMDB( São Paulo).

8 - Buscamos o apoio do presidente do Senado, Senador José Sarney(PMDB do Acre e Maranhão); dos líderes dos partidos no Senado, e doSenador Renan Calheiros (PMDB de Alagoas).

9 - Até hoje nossa luta não tem sido fácil. Temos buscado um canal denegociação e entendimento com as autoridades do Poder Central do Paíspara que juntos possamos buscar e encontrar uma saída para a QUESTÃODA GRAVE SITUAÇÃO EM QUE SE ENCONTRA O SISTEMA DE SEGURANÇA E DEFESACIVIL DO BRASIL.

10 - Finalmente, após incansáveis idas e vindas de Brasília semencontrar quem possa nos ouvir e nem enxergar, entendemos que, diantedesse quadro atual não nos resta outra alternativa, senão ALERTAR apopulação e as autoridades do nosso País, que a situação está ficandofora de controle e as consequências que sobrevirem dessa falta devisão e sensibilidade do Governo dos Trabalhadores e seus partidos eparlamentares aliados devem recair única e exclusivamente sobre seuspróprios ombros.

ESTADOS BRASILEIROS em São Paulo, 23 de abril de 2010.
MOVIMENTO NACIONAL PEC 300PISO SALARIAL NACIONAL"

Ótima resenha de todo o caminho percorrido até agora por Bombeiros e Policiais de todo o Brasil pela aprovação da PEC 300.
Tive a honra e oportunidade de participar de alguns desses acontecimentos e continuo extremamente confiante que triunfaremos nessa causa, assim como em todas as demais que travarmos com essa UNIÃO jamais vista na história do Brasil.
Sei que somos imediatistas e que nossa calamitosa situação remuneratória não nos permite esperar muito, mas prefiro seguir otimista e acreditar que já somos vitoriosos ao menos em perceber o quão UNIDOS e MOBILIZADOS podemos ser e estamos provando que SOMOS!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

quinta-feira, 22 de abril de 2010

CORPO DE BOMBEIROS NO MORRO DO BUMBA - IMPERDÍVEL!



Esse vídeo dispensa comentários!
Assisti-o no fantástico e só hoje o encontrei no youtube.

Minha continência a todos os Bombeiros Militares do Rio de Janeiro que duramente se empenharam nos salvamentos do Morro do Bumba e que elevaram o nome do Corpo de Bombeiros em todo o mundo.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

quarta-feira, 21 de abril de 2010

HOMENAGEM AOS COMBATENTES - REVISTA ÉPOCA


A capa da última edição da revista semanal ÉPOCA trouxe estampada uma das fotos que chocaram o Brasil inteiro nas últimas semanas. O personagem foi o Sd BM Flávio Fernandes de Carvalho, do 11º GBM - Vila Isabel. Com certeza, todos nós Bombeiros que amamos e nos dedicamos à nossa profissão nos sentimos homenageados com a matéria.
Aproveito para parabenizar o Sd BM Flávio e todos os Bombeiros Militares que se empenharam com afinco nas últimas tragédias. Minha continência a todos!

Segue abaixo o texto da revista:

Fonte: Revista ÉPOCA 19 abril N 622I
"Quem é o bombeiro que se tornou um símbolo do sofrimento e do heroísmo dos cariocas na enchente
Rafael Pereira
O soldado combatente Flávio Fernandes de Carvalho tem 27 anos. Está no Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro há menos de dois, sempre no 11º Grupamento, em Vila Isabel, Zona Norte. Nasceu e cresceu no subúrbio da cidade. Desde os 16 anos, é apaixonado por surfe e pega ondas toda semana. Aos 18, entrou para as Forças Armadas e tornou-se fuzileiro naval. Antes de ser bombeiro, trabalhou como motoboy entregando comida chinesa. Não é casado, mas mora com a namorada, que está grávida. É um brasileiro comum, mas virou um dos símbolos da tragédia das chuvas no Rio, na semana passada.
Flávio Fernandes foi o bombeiro que estampou a capa de ÉPOCA na última edição, segurando nos braços uma menina morta. A mesma foto esteve em destaque nos jornais do país que noticiaram a tragédia que se abateu sobre o Rio, depois de quatro dias de chuva forte. As ruas ficaram alagadas e a cidade parou. As encostas desabaram, provocando mais de 250 mortes. Dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas.
Na manhã da quarta-feira, o soldado foi ao trabalho com a equipe de seu batalhão com a missão específica de retirar um bebê que ainda estaria nos escombros de um deslizamento no Morro do Borel, na Tijuca, Zona Norte da cidade. Era Ana Luzia, de 1 ano e 10 meses de idade. A mãe dela, que estava grávida, e uma irmã de 6 anos tinham sido retiradas sem vida dos escombros no dia anterior. O pai era desconhecido, e não foi visto no local.
Assim que encontrou Ana Luiza, Flávio teve tempo de reter a enxada que um dos moradores estava prestes a usar para golpear a terra. A partir daí, passou a trabalhar devagar, com uma pá parecida com a de pedreiros. Tirou-a, morta. Ela foi enrolada por uma manta pelo colega de turno, e o próprio Flávio levou-a nos braços até a quadra da comunidade. “Foi nesse momento que tiraram a minha foto”, disse Flávio em entrevista a ÉPOCA, exatamente uma semana depois do ocorrido.
Flávio se diz muito católico. Depois de outra diligência de sua equipe, passou numa igreja de seu bairro e pediu pela alma da menina, e de todas as vítimas. “Como era uma criança ainda, pura, nem precisaria pedir por ela. Mas pedi assim mesmo.” Pediu também proteção aos colegas bombeiros – “Só Deus pode confortar a gente em um momento desses”. O soldado chegou em casa, abraçou a namorada e colocou a mão em sua barriga. A criança chutou. Dois dias depois, o pediatra disse que se tratava de uma menina. “Está vendo? Deus sempre manda sinais para a gente. Eu tirei uma morta da terra e Deus vai me dar uma de presente”, afirma o soldado.
Flávio quer ter cinco filhos. Está cursando faculdade de direito e pretende ser defensor público “para ajudar a quem não tem dinheiro”. O salário inicial é de R$ 18 mil. Flávio diz que a profissão de bombeiro foi a única que o realizou completamente. “Se eu pudesse ganhar esse dinheiro como bombeiro, seria bombeiro para sempre”, diz."


Vale à pena também conferir a enquete on line daquela revista, no link:
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDF44981-15243-1,00.html

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

NOVO AZIMUTE: PV


Em reunião na última quinta-feira, 15/04, praticamente acertei minha entrada no Partido Verde - PV com o futuro Governador do estado do Rio de Janeiro: Fernando Gabeira. O encontro ocorreu em uma caferteria da Zona Sul e só faltam detalhes para que me seja concedida uma vaga de candidato a Deputado Federal naquele partido. Nos resta "dar tempo ao tempo" e arregaçar as mangas para o trabalho.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

NOVA PROMESSA DE CABRAL E FORMATURA DE NOVOS SOLDADOS PM


E ele prometeu de novo...
E por incrível que pareça, há quem acredite...
E há quem consiga até bater palmas para o mais enganador, demagogo e mentiroso governador que já passou pelo Palácio Guanabara!
SINTO VERGONHA!

Estava de serviço no GOTA e amigos que estavam presentes me passavam "on time" tudo o que ocorria no evento. Poucos foram até o Maracanazinho, mas foram suficientes para, mais uma vez, fazer o que mais chateia nosso "ilustríssimo" governador: VAIÁ-LO!

Cabral, dessa vez, promete triplicar os salários dos militares estaduais até 2016. Esse mesmo Cabral que prometeu REAJUSTAR os salários em 54%, enquanto candidato ao governo, em 2006. Cumpriu? NÃO!
Suas mentiras não me enganam e sequer me frustram mais. Principalmente em ano eleitoral. O que me frustra e desaponta é ver militares e corporações de joelhos para esse marqueteiro e demagogo.

Assim como o CBMERJ já abriu mão inúmeras vezes de suas tradições para atender interesses do governo (lembrem das mudanças de data de formaturas de 02/07, formatura de oficiais sem espada, formatura de militares sem desfile em pleno gramado, formatura sem cântico do Hino Nacional Brasileiro, etc...) vejo a PMERJ, também, sendo colocada "de calça arriada" para os interesses do governo.

LUGAR DE MILITAR SE FORMAR É NO QUARTEL, COM DESFILE DE TROPA, JURAMENTO À BANDEIRA E COM GUARDA DE HONRA!
LUGAR DE PASSAGEM DE COMANDO É NÓ PÁTIO DO QG, COM TROPA FORMADA, COM JURAMENTO À BANDEIRA NACIONAL!
SOMOS OS PALHAÇOS DESSE GRANDE CIRCO QUE SE TORNOU O RIO DE JANEIRO!
ATÉ QUANDO?

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

CAMPANHA DO R$1,00 PELA PEC 300 - PRESTAÇÃO DE CONTAS E PRÓXIMOS PASSOS


Hoje, 21/04, foi encerrado o prazo de arrecadação da Campanha do R$1,00 pela PEC 300.
Agradeço o empenho e confiança dos diversos Companheiros que, independente da quantia, colaboraram com a Campanha.
Vale ressaltar que TODA a quantia arrecadada será empregada na confecção de outdoors e adesivos, nos moldes da imagem acima.
- As listas nominais de contribuintes nas OBM se encontram com os respectivos responsáveis pela arrecadação nas unidades (EsDEC: Ten-Cel BM Delaia; DGAC: Cb BM Angelo Mattos; 2º GBM: Sgt BM Fonte; CBA VI/4º GBM: Maj BM Luiz Sérgio; 6º GBM: Ten BM Valentim; DBM 3/6: Cb BM Sardella; 7º GBM: Cap BM Salma; 10º GBM: Sgt BM Santos Luz; 15º GBM: Cb BM Bernardino; DBM1/16: Cb BM Turl; DBM 1/18: Cb BM Richalli; DBM 1/22: Sgt BM Silvestre; 26º GBM: Cb BM Giovanni; 28º GBM: Cap BM Vitoriano; EsBCS: Maj BM Alexandre Jesus; 1º GBS: Sgt BM Valdelei; 1º GMar: Subten BM Praguer e Sgt BM Marcelo Ferreira; DBM 4/M: Sgt BM Heyder; GOTA: Ten BM Villela; 2º GSFMA: Cap BM Nishio; UPA/Botafogo: Cap BM Fábio Rogério; 23º GBM: Sgt BM Barbosa/ Cb BM Vilber; 13º GBM: Cap BM Carlos Cunha; GPrevE: Sd BM Adilton; DBM 1/8: Sgt BM Figueiredo; 2º GMar; Ten BM Felipe Grangeiro.), assim como os comprovantes de depósitos/transferências;
- Os orçamentos de adesivos (modelo A4) e painéis de outdoor estão sendo estudados e a intenção é "colocar nas ruas" antes do início de Maio, ainda.
- Não foi realizada nenhuma contribuição em espécie, sendo todas realizadas através de depósitos ou tranferências para a Conta Corrente pré-estabelecida.
Segue abaixo o extrato com todos os depósitos e transferências realizadas desde o início da campanha, em 26 de Março:

Banco Itaú SA
341
Agência 0783
Conta Corrente 43149 7
LXXXX CXXXX BXXXX MXXX

26/03/2010;CEI 001800 SAQUE ;XXXXXXX
26/03/2010;CEI TEF 6124.20923-7 ;2,00***
26/03/2010;CEI TEF 6133.19583-1 ;1,00***
26/03/2010;CEI TEF 6157.08331-9 ;1,00***
26/03/2010;TBI 0283.14889-8 C/C;5,00***
26/03/2010;TBI 5654.03313-2cb cruz ;10,00***
26/03/2010;TBI 5675.00570-5PEC 300 ;1,60***
26/03/2010;TBI 6141.03220-8Pec 300 ;10,00***
26/03/2010;TBI 6141.03264-6 C/C;10,00***
29/03/2010;CEI 004390 SAQUE ;XXXXXXX
29/03/2010;CEI TEF 0783.56421-4 ;20,00***
29/03/2010;CEI TEF 4838.05945-1 ;22,00***
29/03/2010;CEI TEF 4843.02360-9 ;5,00***
29/03/2010;CEI TEF 6079.07097-2 ;3,00***
29/03/2010;CEI TEF 6079.16274-6 ;100,00***
29/03/2010;CEI TEF 6127.00071-6 ;1,00***
29/03/2010;CEI TEF 6245.02204-8 ;5,00***
29/03/2010;CEI TEF 6504.00766-4 ;5,00***
29/03/2010;TBI 0358.77906-4BM FIGUE;4,00***
29/03/2010;TBI 0783.68393-1 C/C;20,00***
29/03/2010;TBI 4095.01530-3 C/C;10,00***
29/03/2010;TBI 4840.02106-94/22 ABR;2,00***
29/03/2010;TBI 5654.01938-8maj m ga;100,00***
29/03/2010;TBI 5654.03734-9PEC 300 ;1,00***
29/03/2010;TBI 5659.20128-8pec 300 ;20,00***
29/03/2010;TBI 5665.23355-6pec ;4,00***
29/03/2010;TBI 6010.13699-9Sarno ;10,00***
29/03/2010;TBI 6031.02831-6 C/C;1,00***
29/03/2010;TBI 6079.10660-2pec300 ;5,00***
29/03/2010;TBI 6103.03886-2bravo - ;4,00***
29/03/2010;TBI 6103.04021-5 C/C;10,00***
29/03/2010;TBI 6124.30679-3 C/C;10,00***
29/03/2010;TBI 6124.75583-3pec 300 ;1,00***
29/03/2010;TBI 6181.04002-0Bruno ol;10,00***
30/03/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;76,00***
30/03/2010;CEI TEF 6010.13702-1 ;30,00***
30/03/2010;CEI TEF 6079.07092-3 ;2,45***
30/03/2010;CEI TEF 6079.17240-6 ;10,00***
30/03/2010;CEI TEF 6145.02853-3 ;10,00***
30/03/2010;CEI TEF 6145.03577-7 ;5,00***
30/03/2010;CEI TEF 6145.03612-2 ;30,00***
30/03/2010;CEI TEF 6849.00178-6 ;5,00***
30/03/2010;TBI 4814.01634-3PEC 300 ;1,00***
30/03/2010;TBI 6007.03088-2pec300 ;20,00***
30/03/2010;TBI 6010.05346-7CB PMERJ;2,00***
30/03/2010;TBI 6020.09487-3joao ;3,00***
30/03/2010;TBI 6141.03199-4PEC 300 ;5,00***
30/03/2010;TBI 6145.02239-5AMANDIO ;10,00***
30/03/2010;TBI 6194.02117-3LCBM ;5,00***
01/04/2010;CEI 999406 DINHEIRO ;6,00***
01/04/2010;TBI 0358.52161-5Ten Laur;20,00***
01/04/2010;TBI 6145.02570-3 C/C;100,00***
01/04/2010;TBI 6173.21206-6Lauro Bo;10,00***
01/04/2010;IOF ;XXXXXXX
05/04/2010;CEI TEF 0314.75303-9 ;177,00***
05/04/2010;CEI TEF 5656.19508-7 ;5,00***
05/04/2010;CEI TEF 6008.05377-6 ;15,00***
05/04/2010;CEI TEF 6020.03288-1 ;10,00***
05/04/2010;TBI 5652.05568-1CB ARLEI;5,00***
05/04/2010;TBI 6145.02201-5campanha;5,00***
05/04/2010;TAR MAXICONTA MENS 03/10;XXXXXXX
06/04/2010;TBI 6140.03335-5LCBM ;5,00***
07/04/2010;TBI 5646.06359-3PEC ;1,00***
08/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;20,00***
08/04/2010;CEI TEF 5631.22966-2 ;2,00***
08/04/2010;CEI TEF 6007.03931-3 ;5,00***
08/04/2010;CEI TEF 6008.08217-1 ;1,00***
08/04/2010;CEI TEF 6021.14814-0 ;10,00***
08/04/2010;CEI TEF 6145.03131-3 ;50,00***
08/04/2010;CEI TEF 7041.14074-5 ;2,00***
08/04/2010;TBI 1672.03810-4upa bota;100,00***
08/04/2010;TBI 4556.20295-2 C/C;2,00***
08/04/2010;TBI 6031.07262-9pec 300 ;10,00***
08/04/2010;TBI 6141.01379-4Pec 300 ;90,50***
08/04/2010;TBI 6245.01263-5BRANDAO ;50,00***
08/04/2010;REMUNERACAO/SALARIO ;XXXXXXXX
09/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;10,00***
09/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;250,00***
09/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;1,00***
09/04/2010;CEI TEF 0402.71454-7 ;5,00***
09/04/2010;CEI TEF 4551.00962-6 ;5,00***
09/04/2010;CEI TEF 6010.01224-0 ;5,00***
09/04/2010;CEI TEF 6079.17240-6 ;10,00***
09/04/2010;TBI 0706.62408-7Lauro Bo;30,00***
09/04/2010;TBI 2927.12121-6PEC-300 ;123,00***
09/04/2010;TBI 4077.12762-1LBCM DEL;17,00***
09/04/2010;TBI 6010.13737-7LCrieger;20,00***
09/04/2010;TBI 6124.45731-528GBM ;36,00***
09/04/2010;TBI 6124.57961-3 C/C;10,00***
09/04/2010;TBI 6141.01379-4pec 300 ;1,00***
09/04/2010;TBI 6145.00051-6mfm ;20,00***
12/04/2010;LIS/JUROS ;XXXXXXXX
12/04/2010;CEI 000695 SAQUE 10/04 ;XXXXXXXX
12/04/2010;BKI ITAUCARD ;XXXXXXXX
12/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;160,00***
12/04/2010;CEI 999407 DINHEIRO ;42,00***
12/04/2010;CEI TEF 6090.00438-0 ;3,00***
12/04/2010;CEI TEF 6183.05869-9 ;8,00***
12/04/2010;TBI 0459.46319-6PEC 300 ;5,00***
12/04/2010;TBI 3777.10071-4pec300 ;21,00***
12/04/2010;TBI 4561.21554-4/500 ;70,00***
13/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;51,00***
13/04/2010;CEI TEF 6131.12471-8 ;29,00***
13/04/2010;TBI 7345.02304-3VILLELA ;137,25***
14/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;98,55***
14/04/2010;CEI 999409 DINHEIRO ;12,00***
14/04/2010;TBI 4077.04731-6Botto ;50,00***
15/04/2010;TBI 5666.05769-9diario d;10,00***
15/04/2010;TBI 6020.15232-5tavares ;10,00***
19/04/2010;SAQUE 24H 11571205 ;XXXXXXXX
19/04/2010;CEI TEF 4838.05945-1 ;5,00***
19/04/2010;TBI 5655.36892-5pec300 ;10,00***
20/04/2010;CH COMPENSADO 237 000219;XXXXXXXX
20/04/2010;TEC DEPOSITO DINHEIRO ;45,00***


TOTAL ARRECADADO: R$2.629,35

- Os depósitos ou transferências podem ser identificados pelos ateríscos (***), pelo valor, pelas datas e pelos números das operações;
- Depósitos ou transferências futuras serão discriminadas individualmente neste blog.
Mais uma vez, agradeço a confiança, empenho e contribuição de todos.

VAMOS, JUNTOS, RESGATAR NOSSA CONFIANÇA E DIGNIDADE!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

terça-feira, 20 de abril de 2010

CONVOCAÇÃO URGENTE!


Hoje, 20/04, acontecerá a formatura de 1.000 Policiais Militares(CFSd), com a presença do presidente Lula , do Presidente da França, Nicolas Sarkozy, e do "Governador" Sérgio Cabral, às 16h, no Maracanãzinho. A nossa concentração será às 15h. Momento oportuno para anunciar a obstrução da PEC 300 do PT de Lula, o movimento TOLERÃNCIA ZERO no dia 23 de abril e para repetirmos a histórica vaia do dia 23/11/2009.
Vamos nos mobilizar e demonstrar nossa insatisfação!

JUNTOS SOMOS FORTES!

23 DE ABRIL - TOLERÂNCIA ZERO!



JUNTOS SOMOS FORTES!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

FORMATURA DOS NOVOS SARGENTOS DO CBMERJ



Parabéns aos novos Sargentos do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro.
Desejo a todos ainda mais sucesso na carreira e que todos possam colocar em prática os ensinamentos apreendidos no CFS/CFAP.
Que tenhamos verdadeiros exemplos de Liderança dos novos graduados do CBMERJ.
Minha continência a todos os formandos e ao corpo docente do CFAP!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

E O MAR DE LAMA SÓ CRESCE! RJ TV - REDE GLOBO



"Promotores investigam se houve gasto excessivo em um contrato para a manutenção de carros usados no combate à dengue no estado do Rio. Segundo denúncia, o serviço pode ter dado um prejuízo de milhões aos cofres públicos. A frota faz parte da divisão de controle de vetores da Secretaria estadual de Saúde.

Em 2008, a secretaria decidiu terceirizar a manutenção dos veículos. A empresa Toesa Service venceu a licitação. Pelo contrato assinado no ano passado, a companhia se responsabiliza pela manutenção de 111 veículos, e cobra por isso R$ 4.980.000.

O valor é pago mensalmente em parcelas mensais de R$ 415. Segundo o tenente-coronel bombeiro, José Carlos da Cunha, que era diretor da divisão responsável pelos veículos até o mês passado, o contrato dá prejuízo ao estado. Depois da denúncia, José Carlos foi exonerado.

José Carlos, que também tinha a função de fiscalizar a execução dos serviços, alega que a secretaria paga pela manutenção mesmo quando ela não é feita. Ele afirmou que o contrato não detalha os valores que devem ser pagos pela mão de obra, nem o preço máximo das peças usadas.

Mais problemas
Cláudio Aramo, diretor executivo da Transparência Brasil, ONG que defende o uso correto do dinheiro público, analisou o documento e apontou mais problemas: “Os serviços que a empresa deveria prestar são muito mal definidos, a especificação é super vaga. A empresa recebe R$ 415 mil por mês independentemente do que faz, não existe nenhuma necessidade da empresa demonstrar que fez os x, y, z nos tais dos 111 veículos para os quais deveriam fazer manutenção”, disse.

Pelo contrato da Secretaria de Saúde, a manutenção de cada veículo sai, em média, por R$ 45 mil por ano. A maioria dos veículos tem oito anos de uso. Pelo preço médio de mercado custam cerca de R$ 34 mil cada. Com o dinheiro do contrato de manutenção daria para comprar toda a frota e ainda sobraria.

Na comparação com um contrato parecido feito pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o valor da manutenção dos veículos da Secretaria estadual de Saúde é oito vezes maior do que paga o governo federal – R$ 1.129.970 para 193 carros.

A diferença entre os contratos é que a Funasa só paga pelo que é feito. A fundação segue uma tabela de custo de mão de obra e peças fornecidas pelas montadoras.

Secretaria diz que suspendeu contrato
A Secretaria estadual de Saúde informou que assim que recebeu a denúncia suspendeu o contrato com a empresa. O subsecretário jurídico Pedro Di Masi determinou a abertura de sindicância para apurar o caso.

A empresa Toesa Service contestou as acusações e disse que está à disposição das autoridades para esclarecimentos. Já o Tribunal de Contas do Estado (TCE) informou que o contrato ainda está sendo analisado."

Mais uma vez, parabenizo o Ten-Cel BM Da Cunha pela fantástica demonstração de coragem e probidade! Rogo a Deus todos os dias para que seu exemplo seja seguido por muitos que preferem se calar em troca de sua honestidade e em troca da honra do Corpo de Bombeiros Militar!
Imagina se todos os Coronéis Honrados do CBMERJ resolvessem denunciar as inúmeras arbitrariedades... Ainda hei de ver esse dia!
E ninguém vai preso...

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

7% - VALE À PENA CONFERIR!

Raras são as vezes que fujo das questões de Bombeiro Militar e/ou Segurança Pública por aqui, mas recebi esse e-mail da amiga Carolina Bemfica, dos tempos de faculdade de Jornalismo, e repasso por ter gostado bastante de seu conteúdo. Com certeza podemos tirar vários ensinamentos e lições. Espero que gostem, também.

"Escrito por Regina Brett, 90 anos de idade, em The Plain Dealer, Cleveland , Ohio.

"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais solicitada que eu já escrevi."

Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

2. Quando estiver em dúvida, dê somente, o próximo passo, pequeno .

3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.

9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.

11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente..

12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.

13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.

14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.

15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.

16. Respire fundo. Isso acalma a mente.

17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.

20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.

21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.

22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.

23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.

24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você...

26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'

27. Sempre escolha a vida.

28. Perdoe tudo de todo mundo.

29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..

31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

33. Acredite em milagres.

34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.

35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.

36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.

37. Suas crianças têm apenas uma infância.

38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.

40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.

41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.

42. O melhor ainda está por vir.

43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.

44. Produza!

45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente..

Estima-se que 93% não encaminhará isto.
Se você for um dos 7% que o farão, encaminhe-o com o título 7%."


JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

CAOS NA SUPERVIA - TREM DESCARRILA E QUEM ESTAVA LÁ PARA SOCORRER A POPULAÇÃO?

OS ANJOS DA GUARDA DO POVO:BOMBEIROS MILITARES!



Fonte: G1/Globo.com

“Ao sair de Santa Cruz o trem já estava com problemas e o maquinista estava sonolento”. A afirmação é de passageiros que estavam nos vagões que descarrilaram na manhã desta sexta-feira (16), em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. Além de ficarem feridos, os trabalhadores também tiveram pertences roubados e pretendem processar a SuperVia.

Cerca de 40 pessoas estão na 33ª DP (Realengo), em Sulacap, na Zona Oeste do Rio, para registrar ocorrência. Eles perderam um dia de trabalho e precisam de documento para comprovar o motivo da falta. Uma pessoa teria infartado durante a confusão, segundo testemunhas. A informação, no entanto, ainda não foi confirmada pela Secretaria estadual de Saúde.

Feridos

Ainda de acordo com a Secretaria estadual de Saúde, 58 pessoas sofreram escoriações leves no descarrilamento do trem em Deodoro. Do total, 47 pessoas foram levadas para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste, nove foram para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, no subúrbio, e duas para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, no subúrbio. A maioria permanece em observação nas unidades.

Na rede municipal, segundo a Secretaria municipal de Saúde, três passageiros foram atendidos no Hospital Salgado Filho, no Méier, e já foram liberados.

De acordo com o padeiro Alexandre da Silva Braga, de 27 anos, o maquinista parecia não estar passando bem.

“Não podemos afirmar o que aconteceu, mas ele parecia sonolento. Ele falava enrolado e a última vez que escutamos sua voz foi em Campo Grande, onde ele abriu as portas para o lado dos trilhos. Percebemos que os vagões estavam descarrilando quando, em Deodoro, o trem começou a trepidar. Quando as portas se abriram, todos começaram a se empurrar. Foi horrível, o trem só não virou porque ficou apoiado em um poste. Um vagão chegou a virar e dois ficaram inclinados”, contou Alexandre.

Polícia investiga o caso

O delegado Eduardo Freitas, da Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD), que investiga o acidente, apura a hipótese de falha humana do maquinista.

Freitas contou que já ouviu o depoimento de algumas testemunhas e que vai pedir que seja feita uma perícia no local do descarrilamento ainda na tarde desta sexta-feira.

Falta de assistência da SuperVia

Passageiros também reclamam da falta de assistência da SupeVvia e do descaso da polícia.

“Tiveram vários furtos. Não tinha ninguém da empresa para nos auxiliar e a polícia só chegou uma hora depois dos bombeiros e mesmo assim só o Batalhão de Choque e atiradores de elite. Agiram como se fossemos bandidos. Na confusão, roubaram meu celular”, detalhou o eletricista Alessandro Ferreira de Sá, 28 anos, que ficou com o braço machucado e foi socorrido por bombeiros no local.

O cabo do 3º BPM (Méier), Sidney da Hora Machado, de 43 anos, estava no primeiro vagão afetado e teve uma bolsa com a farda e a carteira furtados. Ele pretende se juntar com outros passageiros e processar a SuperVia. “Vamos conversar com um advogado para ver o que podemos fazer. Vamos processar a empresa. Isso não vai ficar assim”, disse ele, revoltado.

Veja ao lado foto enviada pela internauta Conceição Martins Luciano ao VC no G1

Ramais operam normalmente
As operações no ramal de Santa Cruz chegaram a ser suspensas, mas voltaram a funcionar às 7h22, cerca de 1h depois do acidente, usando uma linha paralela. Os outros ramais, segundo a SuperVia, operam normalmente.

O trem ficou tombado nos trilhos. Alguns passageiros relatam tumulto na estações da da Mangueira e de Santa Cruz."
Mais uma vez o Corpo de Bombeiros se faz presente e eficaz na proteção e salvamento da população Fluminense.
E mais uma vez, também, presenciamos a caótica administração dos meios de transporte no Rio de Janeiro.
Nos resta estar preparados para a próxima missão e ficar aguardando as próximas catátrofes que surgem da ineficiência administrativa do Governo do Estado.
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

PEC 300 - DEFINIÇÃO "PROMETIDA" PARA MAIO


Coluna do Servidor - Coluna do Servidor
O Dia - 14/04/2010

"PEC300
A angústia de milhares de policiais militares e bombeiros que lutam pela aprovação do Projeto de Emenda a Constituição 300 (PEC 300) que cria um piso nacional para as categorias pode estar perto do fim. Segundo o deputado federal Hugo Leal (PSC-RJ), é possível que a Comissão Especial da Câmara, que analisa o projeto, aprove a medida até o fim deste mês. Em acordo com as lideranças de PMs e bombeiros, o deputado informou à Coluna que vai propor à Casa que a PEC 300 seja aprovada sem a determinação do valor do piso. De acordo com o parlamentar, esse seria o único meio de acelerar uma definição sobre o projeto.

“Estamos tentando chegar a um entendimento nesse sentido.

O texto do projeto em si já foi aprovado.

Faltam apenas quatro destaques para que medida passe. E a definição do valor do piso é um grande obstáculo. A quantia poderia até ser acertada na Câmara, mas correria o risco de ser contestada no STF (Supremo Tribunal Federal)”, afirma o deputado.

De acordo com Hugo Leal, o valor do piso nacional, bem como a identificação da fonte subsidiária, como a criação de um fundo nacional de Segurança Pública para a cobertura salarial, seriam acertados por meio de um projeto de lei. O próprio governo federal seria o responsável pela apresentação posterior.

Na avaliação do deputado, isso daria tempo também para que a União garantisse apoio financeiro aos estados que precisassem de complementação de recursos para pagar aos policiais e bombeiros.

A discussão sobre o novo piso das categorias divide opiniões de parlamentares e lideranças. Já se cogitou fixar a quantia inicial em R$ 3.200 e em até R$ 4.500.

PISO 2 MOBILIZAÇÃO NA SEXTA

Se for depender de pressão, a aprovação do piso nacional para a categoria deve acontecer logo.

PMs do Rio já estão organizando nova manifestação, que deve ocorrer na sexta-feira, em Bangu.

PISO 3 DISCUSSÃO ADIADA

Ficou para a próxima semana a discussão entre lideranças da Câmara que vai definir quais dos 63 Projetos de Emenda a Constituição serão priorizados para votação no próximo semestre.

PISO 4 ATRASO DOS PARTIDOS

O debate foi transferido pois nem todos os partidos definiram suas prioridades. A maioria tem relação com servidores, como o projeto que garante vencimentos integrais a aposentados por invalidez."
Acreditar no que certos políticos falam e no que é divulgado no Jornal O DIA não nos motiva muito, mas nos mantemos otimistas de que ainda esse ano veremos nossa PEC 300 votada e APROVADA!
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

quinta-feira, 15 de abril de 2010

PEC 300 - LÍDERES DOS PARTIDOS DO GOVERNO NOS ENROLAM MAIS UMA VEZ


"A FREMIL participou da reunião do colégio de líderes e notou que o circo está montado. Nada se resolveu. Empurraram com a barriga mais uma vez. Bando de covardes. É incrível como o governo manipula e usa os líderes partidários (com as ressalvas dos partidos que acompanham a obstrução em prol da PEC 300) para arquivar o nosso piso.
E nessa reunião não foi diferente. Os covardes não querem votar a PEC 300.
Temos que desencadear mesmo, no dia 23 de abril, a OPERAÇÃO TOLERÂNCIA ZERO. Esse governo que sempre se disse "trabalhador" é o mesmo que impede que os trabalhadores de segurança pública sejam alcançados pelo piso salarial nacional. Governo de covardes. O Governo presente será reconhecido como o governo malandro, que solapa a Câmara dos deputados, colocando os líderes de joelhos e impede a votação da PEC 300.
Não esperem nada desse governo COVARDE. Uma quadrilha tomou conta do governo federal. A quadrilha só pensa neles. "trabalhador" ficou no passado. Na época dos sonhos dourados. Agora esse governo tem boca gulosa somente para os seus cargos e acordos milionários. Ficará conhecido como o governo do dinheiro na cueca e na meia. Governo malandro que nunca vê nada, mas a ladroagem prolifera. Que quer ver policia e bombeiro trabalhando até a morte. Governo covarde. Governo malandro.
Não acreditem nessa quadrilha que está apoiando o Governo na Câmara. É farinha do mesmo saco. Merecem não serem citados porque são escória. Falam que polícia e bombeiro merecem o piso mas vira só discurso.
A PEC 300 sairá sim. Mas será pelas nossas próprias mãos.
Vamos dar um recado a eles. TOLERÂNCIA ZERO NO DIA 23 DE ABRIL para esse governo covarde.
Assinado: Capitão Assumção" (www.capitaoassumcao.com)

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

DEP CAP ASSUMÇÃO DENUNCIA AS ARTICULAÇÕES DO GOVERNO CONTRA A PEC 300

Deputado Capitão Assumção registra a aprovação de um requerimento de sua autoria na Comissão de Segurança Pública que cobra o retorno imediato da votação da PEC 300 na Câmara. Ao mesmo tempo em que informa que ele e os demais parlamentares irão obstruir todos os trabalhos na comissão de Segurança pública e combate ao crime organizado e aproveita para reforçar a conduta dos deputados em obstruir as matérias de interesse do governo na casa convidando os 393 parlamentares que foram a favor na votação em primeiro turno que façam o mesmo, obstruindo as votações em suas comissões para que dessa maneira o governo deixe de intervir na autonomia da Câmara dos Deputados, votando temas de interesse dos trabalhadores, a exemplo da PEC 300.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

CAMPANHA DO R$1,00 PELA PEC 300 - TÉRMINO DE ARRECADAÇÃO


Comunico aos participantes da Campanha que terminou no dia 09/04 o prazo de arrecadação de doações para que façamos outdoors e adesivos. Ressalto que nenhuma quantia em "dinheiro vivo" foi doada, sendo toda a arrecadação feita através de depósitos/transferências para a Conta-Corrente (Ag:0783; C/C: 43149-9). Como nem todos os responsáveis pela arrecadação nos quartéis efetuaram a transferência, estou aguardando que o façam para que possa somar e publicar o montante arrecadado. E como as doações superaram nossa expectativa, farei a prestação de contas através da divulgação do meu extrato bancário, onde constarão TODAS as quantias doadas. O modelo dos outdoors e adesivos será aquele da figura acima (QUANTO VALE O BOMBEIRO MILITAR?) e há também a possibilidade de confeccionarmos faixas do mesmo modelo, a fim de colocarmos nas principais passarelas da Av. Brasil, Av. Pres. Vargas e Aterro do Flamengo. Estou estudando orçamentos e a quantidade de material confeccionado dependerá do valor total arrecadado. A relação nominal com os doadores deverão ser afixadas pelos responsáveis pela arrecadação nas OBM e a relação dos que depositaram diretamente na Conta será divulgada neste blog, ao término das doações. Aproveito, mais uma vez, para agradecer o imenso apoio e confiança que recebi de todos que vêm acreditando nesse projeto e que colaboraram de qualquer maneira para que estejamos podendo concretizar um sonho NOSSO que é JUSTO!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

segunda-feira, 12 de abril de 2010

"SOMOS BOMBEIROS. NADA DO QUE É HUMANO NOS É INDIFERENTE!"




Sob todos os aspectos, essa última semana não tem sido fácil para todos nós que vivemos no Rio de Janeiro.
Uns sofreram mais, outros sofreram menos, mas não há como negar que até os mais insensíveis não conseguiram deixar se emocionar com as tragédias que acometeram nossos irmãos fluminenses.
Eu, nos meus 30 anos de vida, não lembro nem de perto ter visto e vivido algo sequer similar ao que passamos nos últimos dias.
Passei horas e dias buscando inspiração para escrever algo por aqui, mas confesso que as palavras me fugiram.
Mortes, desgraça, desespero, dor, sofrimento, perda, demagogia, inoperância do estado, desculpas, miséria... Tristeza, muita tristeza! O que mais nos maltrata a alma é ver MUITOS QUE POUCO TÊM PERDENDO TUDO! Fiquei mal humorado, nervoso e até com meus familiares e amigos mais próximos me fiz ausente ou desatencioso. Vos peço perdão!
Por diversas vezes coloquei meus dedos sobre esse teclado que agora faço uso, mas, fui incapaz de traduzir verbalmente meus sentimos que guardei em minha mente e em meu peito.
Vi, li, vivi e ouvi coisas que me fizeram e ainda fazem refletir muito sobre nossa origem, nossa passagem por esse plano e nosso destino.
Hoje, refeito (ou quase!), vejo que temos por obrigação tomar certas conclusões sobre tudo o que vivemos e assistimos:
1) DEUS EXISTE!
2) A NATUREZA NÃO SE DEFENDE, SE VINGA!
3) DEUS EXISTE!
4) O SER HUMANO PODE SER MARAVILHOSO PARA COM SEUS SEMELHANTES, MAS SÓ PERCEBE ISSO ATRAVÉS DA DOR E DO SOFRIMENTO, INFELIZMENTE!
5) DEUS EXISTE!
6) O SILÊNCIO OPORTUNO É MUITO MAIS EFICAZ QUE VOZES DEMAGÓGICAS E INOPORTUNAS!
7) DEUS EXISTE!
8) BOMBEIROS SÃO HERÓIS, SIM! "SÓ QUEM É, SABE!"
9) DEUS EXISTE!

O vídeo acima, brilhantemente produzido pelo amigo Cb BM Costa, ajuda a entender e repensar o que aconteceu nos últimos dias.
Que tenhamos todos uma ótima semana e que aprendamos com as boas e más lições que tivemos!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

ATÉ A IMPRENSA ESPORTIVA RECONHECE A DESASTROSA POSTURA DE CABRAL

Rio alagado, número de mortos aumenta e o governador cuida do jogo do Fla
por Mauro Cezar Pereira, blogueiro do ESPN.com.br


"Mais de uma centena de mortos, os velhos problemas se repetindo, como destacou (e cobrou) o jornal O Globo (abaixo). E o governador do Estado do Rio de Janeiro preocupado com o jogo do Flamengo pela Libertadores, no Maracanã, que foi inundado pela chuva.

Está aqui mesmo no www.espn.com.br: "Após ter sido vetado, o estádio foi liberado pelo governador Sérgio Cabral após conversas com a presidente (...) Patrícia Amorim". Assim, os rubro-negros enfrentarão a Universidad do Chile às 16 horas, horário absurdo para um dia útil.

Na situação em que se encontra o Rio de Janeiro, a peleja deveria ter sido adiada já na própria terça-feira. Deslizamentos em morros continuam acontecendo agora, na noite de quarta. E o governador está perdendo tempo com o jogo do Flamengo. Ora bolas.

Por essas e outras que esses políticos se entendem tão bem com a cartolagem quando aparecem exultantes festejando a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos em terra brasilis. A semelhança entre eles não é mera coincidência."
A incompetência, demagogia e falta de sensibilidade do nosso (des)governador "ecoam aos 04 ventos"!
Apesar de muito ainda vermos uma "blindagem branca" da mídia ao seu governo, Sérgio Cabral tem sido alvo de duras e merecidas críticas por suas insensatas decisões e posicionamentos frente às mais diversas situações calamitosas vividas no Rio de Janeiro.
Parabéns ao Jornalista Mauro Cezar Pereira pela providencial percepção e pela matéria!
Aos poucos vamos desmascarando a mais demagoga, mentirosa e nefasta administração que o povo do estado do Rio de Janeiro já viu.
JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

MAJOR BM LUÍS OTÁVIO EVITA TRAGÉDIA AINDA MAIOR NO BUMBA!



Sinto muito orgulho em ver uma decisão mais que acertada do brilhante oficial do Corpo de Bombeiros, Maj Luís Otávio. Tive a oportunidade de ser seu aluno no CFO e hoje o tenho como amigo, exemplo de dedicação e de caráter.
Todos nós, militares do CBMERJ, lhe devemos muito por sua atitude.
Fica para os mais modernos o ensinamento de que a todo momento, independente da situação que estivermos expostos, há de se avaliar constantemente nossa situação no local do evento. Antes de exercermos toda e qualquer atividade de salvamento ou combate a incêndio, devemos primar por nossa proteção, tal como a de nossa guarnição!
Fui aluno do então Tenente Luís Otávio, no 2º Ano do CFO, na disciplina de Sobrevivência na Selva e no Mar e como ele mesmo dizia, nos ensinava e demonstrou agir: REME!
Minha mais sincera continência ao Sr. Maj BM Luís Otávio Moura Gaspar!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

TRAGÉDIA NO RIO PROVOCADA PELA NATUREZA OU INCOMPETÊNCIA?

Transcrito do site do Cel BM Libanio: http://www.adilsonlibanio.com.br/

"Não possuo o hábito de escrever sobre temas abertos, mas não posso deixar de me manifestar em relação às enchentes ocorridas ontem (05 de abril) em grande parte do Estado do Rio de Janeiro, e em especial na capital.
Eu estava na rua e pude presenciar “in loco” a ausência de participação do Poder Público, que somente se manifestou após a reticente cobrança por parte da mídia.
Vários representantes de diversos órgãos estaduais e municipais se manifestaram em relação aos eventos, exceto àquele que de forma mais direta deveria estar envolvido na situação, qual seja, o Corpo de Bombeiros.
Não me lembro de imediato, ter visto qualquer representante da Corporação manifestar-se sobre as ações de Defesa Civil em relação ao ocorrido, e, no entanto, entre as atividades desenvolvidas pela Defesa Civil estariam a resposta aos desastres e de reconstrução que deveria se dar de forma multissetorial e nos três níveis de governo – federal, estadual e municipal. É como se Defesa Civil sequer existisse em nosso estado.
Fica óbvio que o atual Governo não tem preocupação com a Defesa Civil em nosso estado, e em conseqüência, com a própria população, fato este constatado quando o atual (des) Governo uniu a Defesa Civil a Secretaria de Saúde, relegando a plano secundário a gestão de desastres. Basta ver que a atual autoridade no assunto em nosso estado é um médico, tornando evidente a falta de seriedade e transparência, do governante no sentido que se tenha um serviço de Defesa Civil capaz de envolver todos os setores da sociedade fluminense e efetivamente defender a população civil.
Se falta seriedade nas ações de Defesa Civil em nosso estado, sobra demagogia ao se ouvir do Governo Estadual, durante a tragédia que R$ 100 milhões foram investidos em equipamentos para o Corpo de Bombeiros, como se isso, fosse suficiente para minimizar os estragos causados pelos desastres, que vão continuar ocorrendo frente as constantes mudanças climáticas. Pode-se observar claramente a falta de investimento nas ações de prevenção, de preparação para emergências e desastres, de resposta aos desastres e de reconstrução.
Como dito pelo Governador, investiu-se em equipamentos, mas não houve qualquer investimento no pessoal, na capacitação de pessoal, que em qualquer organização séria é o grande diferencial para melhor ou para pior. Os bombeiros militares para o tal Governador não são dignos de sequer serem mencionados.
Na época em que fui chamado a elaborar o projeto de Lei para o aumento do efetivo, procurei demonstrar ao Dr Sérgio Cortes, Secretário de Saúde, que a Corporação tinha carência na área de bombeiros combatentes e não na área de saúde, já que são atividades distintas das definidas por Lei para a Corporação. Fui ignorado e agora vejo pela televisão as pessoas reclamando que não estão sendo devidamente atendidas pelo Corpo de Bombeiros, sendo que o atual (des) Governador acabou por reconhecer este déficit, solicitando ao Governo Federal auxilio de bombeiros que compõe a Guarda Nacional.
Até quando nós: bombeiros ou não, vamos continuar achando que estes problemas não são problemas nossos. Quanto tempo será necessário par que compreendamos que o nosso egoísmo e vaidades pessoais, não nos possibilitam resolvermos problemas que são comuns, que só serão resolvidos quando pudermos agir de maneira mais solidária.
Eu sempre procurei defender os interesses dos bombeiros, naquilo em que me foi possível, por entender que os direitos “deles” são também os meus direitos e se estes direitos são violados isto também me atinge, talvez não de imediato, mas possivelmente em futuro próximo.
Por estas razões e várias outras é que eu no consigo mais ficar inerte vendo como determinados políticos mostram-se importar mais com sua imagem do que com a desgraça do povo, como ficou demonstrado ao ver o Governador Sérgio Cabral dando entrevista ao RJTV fazendo propaganda política eleitoral, elogiando as obras do PAC e a união entre Prefeitura, Estado e Governo Federal, assim como insiste em proclamar que o estado está preparado para a Copa de 2014 e para as olimpíadas mais adiante.
É difícil ler notícias como essa e não ir, aos poucos, perdendo as esperanças. É difícil não enxergar o túnel com ou sem luz em seu fim; mas através da determinação, coragem e autoconfiança e principalmente solidariedade, podemos reverter, senão todas, parte considerável dessas dificuldades, curando o passado, vivendo o presente, para podermos continuar sonhando com um futuro melhor.
Acredito que existam, não apenas no Corpo de Bombeiros, mas em todo o Estado do Rio de Janeiro, pessoas de valor que lutam contra os obstáculos em busca de felicidade e não apenas de alegrias momentâneas.
E o momento eleitoral que se aproxima é uma das ferramentas que precisamos para tentar mudar o atual quadro. Acredito, no entanto, que são necessárias algumas reflexões antes das ações, e nesse momento falo como eleitor que anseia por mudanças.
Hoje, nós bombeiros militares, criticamos com veemência que no cargo de Secretário de Estado da Saúde e da Defesa Civil esteja um médico, por entender que o mesmo não se preparou adequadamente para o desempenho de tão importante missão.
Cabe a nós eleitores, e mais uma vez falo com eleitor, avaliar se os nossos candidatos a cargos políticos estão preparados para o desempenho da função legislativa, ou seja, para exercer de imediato as funções do cargo e nos propiciar, pelo menos a esperança de mudanças. Particularmente não aceito a idéia de que a pessoa possa aprender durante o mandato, a situação requer respostas rápidas e o aprendizado além de caro pode ser demorado e quem sabe, ultrapassar os 14 anos de mandato.Em termos caseiros são muitos os que pretendem defender a Corporação e a sociedade, mas saberiam eles de que maneira isto poderia ser feito?
Colocando-me como bombeiro militar é fato que a Instituição vive um de seus momentos mais delicados e críticos, necessitando de adoção de medidas urgentes e que por serem de urgência devem ser tomadas por pessoas que tenham consciência, não apenas dos problemas, mas das possíveis soluções.
Defendo a pluralidade de candidatos sem que se façam discriminações, mas não há como esperar muito de eventuais ocupantes de cargos políticos que não possuam habilitações mínimas. E neste ponto a qualidade dos políticos equivale ao esclarecimento da população. Os eleitores mais conscientes sabem que eleger pessoas mal preparadas reverterá contra os seus próprios interesses.
A história política brasileira nos mostra, no entanto, que o brasileiro muitas vezes faz suas escolhas com base em interesses pessoais, gerando o clientelismo, onde o político, à margem da lei, dá algo em troca do voto. Essa atitude é extremamente nociva à democracia, pois o político passa a ser visto e muitas vezes a atuar, como assistente social e não como um gestor da coisa pública.
Muitos tentam a carreira política como uma fonte de enriquecimento e de privilégios ou mesmo por simples vaidade pessoal, cabendo ao eleitor distinguir àqueles que colocam os interesses pessoais a frente dos interesses coletivos.
Hoje, neste exato momento, milhões de pessoas não saberiam dizer o nome do deputado estadual ou o número do deputado federal em que votaram nas últimas eleições. E, caso dissessem o nome ou o número, dificilmente poderiam explicitar de forma clara a plataforma do candidato.
Não podemos continuar a manter esta falta de comprometimento com o nosso próprio gesto, um gesto ao mesmo tempo individual e coletivo, fundamental para que sejam, pelo menos, iniciadas mudanças, não apenas em nível de Corporação, mas de sociedade como um todo.
Neste momento encerro fazendo um apelo a aqueles que por ventura venham a ler este singelo artigo, que aproveitem a oportunidade que nos esta sendo dada pra tentar reverter o atual quadro com mudanças significativas, a começar pela mudança de Governo, que visivelmente não atendeu as nossas expectativas, quer como bombeiros, quer como cidadão fluminense. Temos que ter ideologia, lutar por aquilo que acreditamos e para isto temos que criar algo para acreditar, como por exemplo, um novo Governo e novos representantes.
Hoje o problema não é falta de politização, e como dito, talvez seja a falta de ideologia, que permeia a Corporação, seus integrantes e as pessoas em geral. Ninguém mais tem ideologia nenhuma. Se existe hoje uma ideologia na Corporação é o individualismo. Cada um por si (e sem Deus para todos, porque cada um tem o seu...).
Como bombeiro e como cidadão, faço um apelo. Vamos ser mais solidários e juntos ajudar-nos a mudar a história, participando ativamente desta mudança, lembrando que conforme o adágio popular “Uma andorinha só não faz verão”, mas pode perfeitamente anunciar a mudança de uma estação.

Atenciosamente,
Adilson Libanio da Cruz/ Cel BM QOC/82"

O único alento que tenho ao ler esse artigo é saber que AINDA HÁ CORONÉIS DE VERDADE NO CORPO DE BOMBEIROS!

Assino abaixo de vossas palavras, Cel Libanio!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

CABRAL É VAIADO NO MORRO DO BUMBA. POR QUE SERÁ?

Nem mesmo a imensa blindagem branca da imprensa tem conseguido livrar Sérgio Cabral das manifestações populares de insatisfação por sua postura (ou falta dela) frente às calamidades naturais e administrativas que acometem seu mandato.

A maior manifestação está por vir e já tem data marcada: 03 de Outubro, dia em que nos veremos livre, definitivamente, do mais demagogo, mentiroso e incapaz governo que o povo do Rio de Janeiro já viu.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

E AGORA, DOUTOR?

Ainda existe Coronel de verdade no Corpo de Bombeiros!




Extraído do Blog do Garotinho:
"É chocante ver o sofrimento de muitas pessoas, o cinismo de algumas e a omissão de outras. O lamaçal que tomou conta do Estado do Rio mostrou a face de um governante despreparado, que acabou com a secretaria de Defesa Civil e a uniu à secretaria de Saúde formando ali uma quadrilha para assaltar os cofres públicos.

A lama que toma conta das ruas do Rio, que cai dos morros de Niterói e São Gonçalo, que tira muitas vidas é triste, mas a vergonhosa lama da corrupção na secretaria que cuida do dinheiro responsável pela Saúde e Defesa Civil do Estado, essa parece escorada em fortes alicerces.

Quem pensa que a corrupção da secretaria comandada pelo senhor Sérgio Côrtes é apenas nas UPAs, nos contratos de prestação de serviços de mão-de-obra está enganado. O que vocês vão ver abaixo é a soma da corrupção, da omissão e da falta de respeito com o dinheiro público, denunciada por um servidor público, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, José Carlos da Cunha que se negou a assinar notas de serviços, que ultrapassam milhões de reais, mas que não foram realizados.

Como verão, ele teve coragem e encaminhou as denúncias por escrito ao Ministério Público Estadual e Federal, conforme mostram os ofícios. Pediu demissão do cargo de confiança que ocupava, mas até agora a lama que toma conta da secretaria de Saúde e Defesa Civil do governo Sérgio Cabral não veio à tona.

O dossiê entregue por ele aos órgãos estaduais e federais tem mais de 200 páginas, já foi ameaçado de morte, mas até agora nenhuma providência foi tomada, porque a imprensa do Rio, amordaçada pela “lei da publicidade”(cumplicidade) mostra a lama que cai tirando a vida de centenas de moradores do estado, mas esconde a outra, que pode colocar em risco o responsável direto por essa lama que escorre pelos corredores do Palácio Guanabara para os morros e comunidades pobres do Rio.

Vamos à documentação:

Vocês vão ver ofício enviado aos procuradores do Ministério Público Federal e uma cópia idêntica para o MP Estadual (cabeçalho reproduzido). Abaixo uma nota fiscal da TOESA, empresa que faz a manutenção dos veículos da Defesa Civil, no valor de R$ 415 mil e logo depois a última página do atestado que comprova a prestação do serviço no valor de R$ 1.800. Ou seja, por um serviço de R$ 1.800, a secretaria estadual de Saúde e Defesa Civil pagou R$ 415 mil. É escandaloso.

Vejam os documentos que representam apenas a ponta do iceberg desse escândalo milionário. A documentação enviada ao Ministério Público tem 200 páginas, tudo com notas fiscais e atestados comprovando os serviços efetivamente realizados. Para que vocês tenham uma vaga idéia o secretário Sérgio Côrtes paga quase 8 vezes mais do que um contrato semelhante feito pela FUNASA (Fundação Nacional de Saúde). O detalhe é que - como está no ofício enviado ao MP - o contrato foi assinado pelo subsecretário executivo Cesar Romero Viana Júnior, que vem a ser o cunhado e braço-direito do secretário Sérgio Côrtes.

Vocês estão chocados com a roubalheira. Aguardem que em breve saberão mais detalhes, porque tem muito mais."

Essa é a grande oportunidade para a imprensa tentar provar sua isenção frente ao (des)governo de Sérgio Cabral e à, no mínimo, polêmica administração da Secretaria de Saúde do RJ.

Moralidade, Publicidade, Impessoalidade, Eficiência e Legalidade: Será que tais Príncipios não se encaixam a determinados órgãos do Governo do Estado do Rio de Janeiro? Parece que não!

Será que ainda há nesse corrompido estado algum meio de comunicação isento a fim de investigar e cobrar uma posição URGENTE da Justiça para esse caso?

Quantas cuecas e meias devem ter sido utilizadas para transportar os R$ 413.200,000 restante dessa mutreta?

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

GABEIRA: A LUZ NO FIM DO TÚNEL!



Vale à pena conferir a entrevista do nosso FUTURO GOVERNADOR, FERNANDO GABEIRA!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

quarta-feira, 7 de abril de 2010

PEC 300 - JORNAL SÉCULO DIÁRIO

Ministro da Justiça demonstra
desconhecer a PEC dos policiais

Lívia Francez

"Os policiais militares que estão em Brasília pressionando a volta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos policiais à ordem do dia na Câmara dos Deputados têm se reunido com diversas lideranças visando a acelerar o retorno da votação da PEC. Na tarde dessa terça-feira (6), a Frente Parlamentar em Defesa de Policiais e Bombeiros Militares (Fremil) se reuniu com o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto. No entanto, o encontro não trouxe avanços às negociações.

De acordo com o deputado federal Capitão Assumção (PSB-ES), integrante da Fremil, o ministro se mostrou desinformado sobre o conteúdo da PEC. Segundo ele, Luiz Paulo Barreto ainda acreditava que a proposta atrelava o piso salarial nacional ao do Distrito Federal. A reivindicação já foi retirada do texto da PEC 300, quando ela foi apensada ao texto da PEC 446.

O ministro ainda disse que o gasto com o pagamento dos novos salários seria em torno de R$ 2,5 bilhões ao mês, quando na verdade estes números seriam bem inferiores, não passando de R$ 10 bilhões ao ano.

Os policiais militares do Estado e de todo o País que estão reunidos em Brasília também devem passar por uma série de reuniões nesta quarta-feira (7). O Colégio de Líderes se reúne e a Fremil deve pressionar pela volta da votação da proposta, que foi paralisada ainda em primeiro turno. A Fremil também teve reunião com o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), que demonstrou apoio à PEC no Senado.

O deputado alerta para interesses políticos que estariam atrasando ainda mais a votação da PEC, que estabelece pisos salariais mais dignos para a corporação. Ele aponta a incoerência de pausar a votação da proposta no meio do primeiro turno e afirma que deve haver interesses políticos para a não votação do benefício. “Esse fato é inédito, em primeiro turno não se para uma votação, parece até que há interesse em não votar, já que se sabe que a maioria dos parlamentares vota a favor da PEC”.

Piso

A PEC 446 estabelece piso salarial nacional de R$ 3,5 mil para soldados e R$ 7 mil para oficiais, extensivo a todos os policiais civis, policiais e bombeiros militares do País.

A aprovação da medida no primeiro turno depende da apreciação de quatro destaques, todos feitos pelos deputados governistas. Os parlamentares da Frente pró-PEC questionam esses pontos, por acreditar que eles descaracterizam a proposta inicial. O primeiro pretende excluir da emenda o valor nominal do piso salarial. A redação desse trecho no texto foi pensado como maneira de assegurar uma implementação imediata do piso a todos os militares do País. No entanto, a estratégia do governo é justamente no sentido contrário. Os governistas querem apagar esse trecho e definir a fixação do piso a partir da criação de uma lei específica."



Ainda bem que nosso novo Ministro da Justiça se mostra um sujeito "bastante conhecedor dos assuntos de seu Ministério"! Deus nos proteja, porque se depender das nossas "otoridades"...

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

REFLEXÕES

TRANSCRITO DO BLOG DO CAP BM SALMA (http://cbmerjalerta.blogspot.com/)


A marcha de 6 de abril foi cancelada, mas a campanha da FREMIL continua!

Até o dia 9 de abril, os militares do RJ poderão contribuir para fazermos uma campanha publicitária PRÓ-PEC300:
Banco Itaú, Ag. 0783, C/C 43149-7

Enquanto isso e, em Brasília, a PEC não entrou na pauta de votações.
A obstrução da pauta já começou, o PR e PSB, até o momento em que assisti a TV Câmara, indicaram que iriam obstruir a pauta. Vale lembra que se 200 Deputados indicarem a obstrução, nada se vota no Congresso Nacional.

E por aqui, notícias de 9 bombeiros militares feridos e as folgas suspensas por conta das buscas e resgates nos inúmeros deslizamentos que ocorreram no município e no Estado do RJ.

Algumas reflexões são necessárias. Quanto a prefeitura investiu em contenção de encostas? Retirada da população de áreas de risco? Propaganda????
E o governador? Que disse que não pagaria a Gratificação de 350 reais aos bombeiros, pois sua atividade não é de risco?

E esse trabalho extra? Quem paga? Quem vai nos pagar por trabalhar 24, 48, 72 horas consecutivas?

Por ser bombeiro não hesito em ficar nos trabalhos de resgate por horas a fio, mas por ser servidor do Estado do Rio de Janeiro não tenho vontade de levantar nem uma pá de lama.

A não ser para deixar nosso governador se afogar, no imenso mar de lama que rodeia a política Fluminense.
Postado por Andre Luiz Salma Cerqueira.

Assino embaixo!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

BOMBEIROS DA FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA CHEGAM AO RIO - G1



"Um grupo de 40 bombeiros da Força Nacional de Segurança, que tem base na cidade de Luziânia (GO), saiu na manhã desta quarta-feira (7) do hangar da Polícia Federal de Brasília para ajudar nas operações de resgate e salvamento das vítimas das chuvas que atingiram o Rio de Janeiro desde segunda-feira (5). Os homens fazem parte da ajuda oferecida na terça-feira (6) pelo governo federal ao estado.
Segundo o Ministério da Justiça, o grupo enviado ao Rio já atuou nas enchentes que atingiram Santa Catarina em 2008. Eles serão coordenados pela Secretaria de Segurança do RJ e devem começar as operações ainda nesta quarta-feira."

Sim,toda e qualquer ajuda nessa hora trágica é muito bem vinda!
Mas será que é necessário deslocar Bombeiros de outros estados, ao custo de diárias altíssimas e para apoiar o maior efetivo de Bombeiros dentre todos os estados da federação?
Não seria mais óbvio, barato e prático retornar as centenas de Bombeiros cedidos a órgãos externos do Governo, da Prefeitura e da ALERJ?
Ah tá, entendi!
As eleições se aproximam e Cabral mais uma vez quer aparecer elevando o nome do Lula ao aceitar ajuda desnecessária do Ministério da Justiça e o Presidente mais uma vez aproveita para se promover em cima de nossa desgraça e desgoverno, né?
Muito curioso também é ver que os Bombeiros da FNS ficarão subordinados à Secretaria de Segurança Pública. Será que esqueceram de avisar ao Ministério da Justiça que aqui em nosso estado não se respeita à Constituição e Cabral subordinou o Corpo de Bombeiros à Secretaria de Saúde?
Vida que segue...
Aos Irmãos da FNS que não têm nada com esse jogo demagogo e político, sejam muito bem vindos e boa sorte nos trabalhos!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

CAOS NO RIO - 09 BOMBEIROS FERIDOS - O DIA ON LINE


"Rio - Sem pausa para descanso, sem tempo para alimentação. Motivados pela vontade de salvar vidas, bombeiros do Rio trabalham no limite e, muitas vezes, chegam a arriscar a própria vida para salvar pessoas que nunca viram. Ontem, pelo menos 9 bombeiros ficaram feridos quando tentavam tirar vítimas dos escombros. Em Niterói, quatro deles foram socorridos por parentes e amigos de pessoas que eles próprios tentavam salvar. De acordo com o secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, oito bombeiros trabalhavam num deslizamento de terra quando outro barranco soterrou quatro deles.

“Eles foram retirados da lama pelos moradores que acompanhavam o trabalho e levados para o hospital. Um deles está em estado grave. O bombeiro quer achar alguém vivo. E, às vezes, isso é tão intenso que ele chega a perder o instinto de sobrevivência. Eu fui bombeiro e me orgulho deles”, conta Côrtes.

Cerca de 600 bombeiros estão trabalhando em todo o estado. “Muitos estavam de folga e se apresentaram para trabalhar. Hoje, todas as folgas estão suspensas e todos os que trabalhavam internamente estão nas ruas”. No fim da tarde, com a volta das chuvas intensas, o trabalho dos bombeiros foi suspenso devido ao risco de novos deslizamentos."

Que nossos Irmãos tenham toda a assistência necessária e que se recuperem o mais rápido possível!
Triste é ler essa declaração do Secretário de Saúde. Falar que já foi Bombeiro agora no momento de tragédia é muito bonitinho. Quero ver é ter disposição de lutar pela dignidade de TODOS OS BOMBEIROS que Vossa Excelência deveria representar, Doutor Sérgio Côrtes, Ex-médico DEMISSIONÁRIO do Corpo de Bombeiros!

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

PEC 300 - GOVERNO TENTA EMPURRAR COM A BARRIGA


Em reunião proposta pelo líder do PT, Deputado Fernando Ferro (PE) com o Ministro da Justiça, Luis Paulo Barreto, a FREMIL, representada pelos deputados Paes de Lira e Capitão Assumção ouviu o que o governo tinha para dizer.

Estiveram presentes também o Secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, o Deputado José Guimarães (PT/CE), o Deputado Distrital Cabo patrício (PT/DF), a Deputada Fátima Bezerra (PT/RN) e o Deputado Paulo Pimenta (PT/RS).

Iniciando o diálogo, o Ministro Luis Paulo Barreto disse que havia um grande obstáculo em se conseguir obter o piso para a categoria já que, "toda a vez que o DF tiver reajuste, os policiais brasileiros terão também."

O Deputado Capitão Assumção tomou a palavra e disse que havia um desconhecimento por parte do Ministro na medida em que não tinha atrelamento entre o piso salarial nacional e os salários pagos para os de Brasília. Que já havia sido tirado do texto da PEC 300 a igualdade salarial com Brasília.

O Ministro mostrou também números que não condiziam com a realidade: algo em torno de 2,5 bi/mês. Contra argumentando, Deputado Paes de Lira disse que os números eram bem inferiores e que não passavam de 10 bi anuais.

O Ministro e o Deputado José guimarães propuseram então uma comissão "tripartite" para estudar o impacto nos estados e que enquanto isso, não se falava mais em retomada da votação da PEC 300 e que os deputados deixariam de se manifestar em plenário contra o governo federal porque outros parlamentares poderiam se aproveitar e levar para o lado político já que se trata de ano de eleições.

Entrou na conversa o Deputado Cabo Patrício, enaltencendo o Governo Federal dizendo que os policiais estavam contentes com as bolsas fornecidas aos trabalhadores de segurança pública. Disse ainda que a idéia da formação da comissão era boa porque achava difícil aprovar o piso e que, mesmo que fosse aprovado, o senado rejeitaria.(esse deputado deve ter esquecido que algum dia foi policial).

O Deputado Paes de Lira disse que poderia se formar a comissão e continuar a votação da PEC 300. Uma coisa não prejudicaria a outra.

O secretário nacional de segurança pública disse que o momento era agora para os bombeiros e policiais tenham um piso condigno e que tudo era QUESTÃO DE SE PRIORIZAR A SEGURANÇA PÚBLICA.

O deputado Capitão Assumção disse que não existia a hipótese de se parar a mobilização já que a FREMIL não estava pleiteando nada mais do que o justo: a retomada da votação da PEC 300. Se o governo quisesse avançar, teria que apresentar uma proposta no mesmo peso do proposto na PEC 300.

Resumo: o governo federal está preocupado com a organização do movimento nacional em prol da PEC 300 e quer nos vencer pelo cansaço. Se quisessem fazer algo, já tinham resolvido há muito tempo.

No final da noite, os policiais e bombeiros se reuniram com a FREMIL e deliberaram para hoje (07), o sepultamento simbólico do Presidente Lula, com direito a caixão e tudo mais, numa marcha que sairá da Catedral em direção ao Congresso. Ás 10 horas a FREMIL estará comparecendo na reunião de líderes para forçar o retorno da votação da PEC 300.
Postado por Capitão Assumção Deputado Federal.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞