terça-feira, 4 de janeiro de 2011

TENENTE, QUAL O SEU MELHOR EXEMPLO DE OFICIAL?

É sabido por todos do Quadro de Oficiais Combatentes, oriundos do CFO e que, ainda, na teoria, comandam o CBMERJ, que o Oficial carrega consigo, durante toda a sua carreira, a imagem que demonstra durante os primeiros anos do Oficialato, principalmente enquanto Aspirante e Tenente. É sabido por todos também que um dos fatores que mais influenciam na formação de sua conduta e de seu caráter profissionais são os bons e os maus exemplos deixados pelos Comandantes e Oficiais mais experientes que servem nos mais diversos quartéis de nossa corporação.
Diante dessa acertiva e dos inúmeros tipos de exemplos que temos em nossa corporação, questiono-me constantemente qual deve ser o exemplo a ser seguido por nossos jovens Oficiais:
- Será que devem se espelhar nos comandantes que vendem sua dignidade, moral e honestidade em troca de miseráveis gratificações ou promoções?
- Será que devem ter como exemplo os oficiais que usufruem da posição e visibilidade conseguidas em nossas fileiras para pleitear cargos em órgãos externos, atraídos por vistosas gratificações e, não satisfeitos, se utilizam da corporação e de seus militares para demonstrar seu "poder" e enfraquecer ainda mais nossa corporação?
- Será que terão que se espelhar em oficiais que, sem reconhecimento, com salários ridículos mesmo em final de carreira, têm que "vender calcinhas ou produtos contrabandeados" dentro dos quartéis para completar "dignamente" sua renda?
- Será que terão que traçar a mesma conduta de Oficiais que se dedicam em nossos quartéis, mesmo com todos os motivos para que esmoreçam ou se desmotivem, mas mantêm-se honestos, honrados, endividados e cada vez mais colocados nas últimas posições dos "justos" quadros de acessos? 
- Ou será que terão que se espelhar em oficiais que alcançam posições de destaque e, em vez de representar sua tropa e sua corporação, tornam-se meros representantes de governantes e políticos que proporcionaram sua chegada ao "topo"?
As dúvidas são muitas e a situação bastante preocupante! Pelo menos para quem tem mais de 10 anos a dedicar-se ao CBMERJ!
E olha que nem quis citar os "belos" exemplos que temos de alguns de nossos "engenheiros e mètres"...

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞۞

12 comentários:

  1. Durante os dias que vivi com nobres oficiais intermediarios e subalternos, poucos foram aqueles que mostravam um lado estranhos aos principios da moralidade, após o nivel superior, aos poucos foram se esquecendo dos conceitos de jovens e destemidos oficiais, hoje, alguns ocupam comandos, outros sem sei em que orgão esperam o pijama. Mas, as calcinhas evitam a max humilhação dos salários. Quem sabe se alguns superiorem fossem max. Seriamos bravos Leões!!!!

    ResponderExcluir
  2. Capitão bom dia/noite. O que falta para a terceirização da faxina em nossos quartéis? Poxa, um soldado/cabo rala pra caramba no socorro, tira guarda (correndo ainda pra socorro), e durante o expediente e na hora da folga tem que fazer faxina pra folgar....no meu quartel é o maior estress...todo dia a folga atrasa por esse motivo...Será que não podemos ser mais profissionais?....Será que a tropa não merece?....Será que não podemos ser Bombeiros de verdade (técnicos)?...Além do mais, no central, algumas policlínicas, e em alguns outros quartéis isso já acontece...Será que um bombeiro do interior tem "peso" diferente do bombeiro da capital?.....Por favor, comente, com todo o respeito, essa indagação. Um grande abraço e admiramos muito o vosso trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente,a melhor resposta é:imitar os militares que estudaram para concursos FEDERAIS com salários dignos!Eu já estou matriculado num curso preparatório e espero sumir,o mais rápido possível,das fileiras do CBMERJ.Foi ótimo enquanto durou,mas desse ano em diante vou atrás da dignidade para mim e para minha família.
    Para os que sonham:BOA SORTE!!

    ResponderExcluir
  4. A covardia que fazem com os oficias QOA beira as margens da máfia. Travam as promoções através dos projetos engavetados, aja vista o compromisso de reverter as vagas dos federais também para os QOA e praças, como fizeram para manter a ABMDPII aquele ajuste vergonhoso em 2000, o cinismo ainda e maior convivem com os QOA necessitando e sugando o conhecimento deles convidando para voltar no tempo certo para casa não cair. Isso é uma vergonha já existe projeto ou trabalho em mão do Comando para ele reverter essa situação vergonhosa, e fazer justiça ate com aqueles que estão inativos,mais a conivência com o erro é flagrante e criminosa. Creio que esses que vem a direção da Corporação estão com revanchismo com os QOA, digo isso por que vários puxaram faca, reclamavam quando o quadro do oficial QOA abriu e o deles Não, e ampliou nos anos 80 que causou uma acessão rápida aos QOA que esperavam anos as promoções igual ocorre agora.Existia Ten 2º QOA com 13 anos na patente cito o Niedo de Nova Friburgo o que fez com que alguns ultrapassa-se O QOC, muitos desses que hoje tem o poder da caneta e trazem essa covardia no fundo do seu coração culpando os QOA do ocorrido e cumprido a promessa nefasta de travar sempre os praças quando próximo a ascensão ao oficialato, Chegando ao ponto de em nome da moralidade nos concursos protela o máximo possível, ate não existi um único 2º ten BM QOA no Quadro e prejudicar os Subten que alcançaram a idade permitida 50 outra covardia que deveria ser cobrado responsabilidade. Provas é muito facílimo esta tudo escrito documentado nas Diretotrias do CBMERJ é sÒ o juiz pedir.
    Ex porque nesse tempo os outros concursos puderam ser feitos, todos CSA,CSC,SFS,CFC,expeciis,04 turmas de cadete se formaram na Academia confirmação de divisa, CAS,concurso externo a balde entrou um monte de ACD para que! CHOAE estava sempre fora trocou a empresa de seleção umas 03 vezes ou mais para CHOAE elas não serviam para os outros infermeros por exemplo sim. Sem contar que o CBMERJ tem estrutura para fazer qualquer concurso interno e externo com idoneidade . A quem interessa esse tipo de coisa errada. essa safadeza essa covardia. A quem interessa que o QOA não vá a MAJBM. Eu digo mais QOA parem de ser frouxos sigam o exemplo dos antigos, caiam para cima deles, vamos usar a nossa Experiência a nosso favor, vamos, vamos buscar a justiça.
    Um oficial QOA revoltado

    ResponderExcluir
  5. Anônimo 20:51 ele consideram os SDe CB, e agora os SGT burro de carga, alegam as tradições aos moldes do EB que ta cagando e andando para Nós, porra nenhuma, eles são uns puto, o EB não toma parte de nada nas decisões do CBMERJ, só o regulamento que é igual para escravizar o BM. Botar ele para fazer tudo fora das sua atribuições, para limpar o coco deles.
    Acaba de salvar vidas depois vai limpar vaso.

    ResponderExcluir
  6. Caro Lauro Botto,
    Assim como você, sou Capitão QOC do CBMERJ. Mais uma vez, suas palavras impressionam a todos pela lucidez, sabedoria e didática. Entretanto, se me der alguma licença para isso, acho que uma das principais causas que dividiram e continuam dividindo a nossa tropa, principalmente entre Oficiais e Praças, você a citou apenas como um "pequeno" lembrete, nas duas últimas linhas, de forma muito equivocada, diria eu. Estou falando da Seção de Serviços Técnicos, popularmente conhecida como Engenharia.
    Em governos passados, onde não houve criação de gratificações discriminatórias e separatistas como vemos surgindo a cada semana no atual governo, a Engenharia sempre existiu. Presenciamos Oficiais enriquecendo rápido e facilmente, enquanto os Praças cada vez mais vão sendo excluídos e abandonados. Façamos uma simples pergunta: será que a nossa mobilização diante de tanto descaso dos governantes seria tão ridícula como é atualmente, se todos os Oficiais estivessem na mesma situação que os Praças sempre estiveram?
    Pra quem ainda duvida ou não conhece, um 2º Tenente, vistoriante da Engenharia, recebe em média R$ 4.000 a R$ 5.000,00 por mês só de propina oriunda da Engenharia. Não esquecendo que, se o 2º Tenente, moderníssimo, recebe isso, não há dúvidas de que o chefe, o subcomandante e o comandante recebem igual ou mais. Bela gratificação, concordam?!! O governador não paga nada perto disso!
    Os comparativos que costumo fazer com outras forças militares ou outras instituições é que me deixam revoltado. Em outras corporações, se alguma pessoa decide ir para o caminho da corrupção, essa pessoa será execrada oficialmente ou oficiosamente. Melhor explicando: em quase todas as demais instituições, se um agente público decide dedicar sua carreira à corrupção, inevitavelmente acontecem duas coisas com ele: ou é demitido ou fica “queimado” pra sempre dentro da instituição. Isso acontece muito na PMERJ e nas Forças Armadas. Se o sujeito quer roubar, beleza!! Ele vai roubar! Porém, ele vai demorar séculos para ser promovido e a corporação inteira saberá que ele é um merda, uma escória! Logicamente, existem aí certo corporativismo e condescendência, no mínimo, muito estranhos, pois sabendo todos que o sujeito é corrupto, bastaria então instaurar um procedimento disciplinar e demiti-lo. Mas, enfim, pelo menos algum indicativo de punição eles usam.
    Já aqui no CBMERJ... Bem, aí vocês devem imaginar o que acontece. Aliás, vocês devem conhecer diversos exemplos. Não digo só na esfera da corrupção, não. Na política e no “conhecimento” também. Só pra refrescarmos nossa memória, em 2010, um Major QOC/94 que praticamente nunca correu pra fogo foi promovido a Tenente Coronel. Simplesmente foi o 01 da lista de merecimento. Por quê? Porque está adido no TJ-RJ.
    Mas aquele outro Major que trabalha dignamente, que se f... todo dia. O que acontece com ele? Nada! Continua marcando o passo.
    Se citarmos o caso dos praças então... Meu Deus! Dezenas de 1º Sargentos cursados que dedicaram suas vidas ao CBMERJ. Digo isso sem exagero. São os 1º Sargentos que optaram pelo estudo ao invés de optarem pelo bico na folga. São 1º Sargentos que demoram anos e mais anos para serem promovidos a Subtenente.
    Voltando à corrupção na Engenharia. Bem, o que acontece no CBMERJ? O Oficial corrupto que durante toda sua carreira enriqueceu na Engenharia, enriqueceu desviando verba do rancho com notas fiscais falsas quando aprovisionador ou comandante de destacamento, o que acontece com ele? Continua roubando e ainda é promovido no tempo mínimo do interstício.
    Senhoras e senhores, guardem o que estou falando! O CBMERJ não terá solução enquanto a Engenharia corromper oficiais.
    Por fim, jamais fraquejem no caminho que decidirem seguir. Desde que este seja o correto. Sejam sempre honestos! Sejam sempre corretos! Sejam sempre educados! Sejam sempre dignos! Isso não é utopia!
    Abraços.
    Capitão Bombeiro Militar do Quadro de Oficiais Combatentes

    ResponderExcluir
  7. Aviso aos praças:
    Senhores, não mudem suas QBMPs Para 01(Busca e Salvamento) Apesar de ser uma das mais visadas qualificações pelo seu trabalho valoroso,ela esta deixando nossos amigos que optaram por ela no fundo do poço!!!
    sem promoção, sem valor e sem dignidadade!

    ResponderExcluir
  8. Senhores, Boa Noite ! gostaria de saber porque até hoje não foram excluidos da fileira do CBMERJ, os bombeiros que foram agraciados em entrar na corporação no concurso de 2002, através de FRAUDE, tendo em vista,terem ajudado o filho do Cel paulo, ou seja, Paulinho Filho a ser tornar vereador de Mesquita,com isso, vou relacionar os beneficiados através de fraude que moram no bairro de mesquita e adjacências: Vinicius, vulgo boi; Ramatias; Marcelo, vulgo katy, Nicanor que trabalha no palácio; Marcinho que já morreu, graças a Deus; Capeta; Selminha Porta-Bandeira da Beija-Flor; Claudinho, Mestre-Sala da Beija-Flor; e mais alguns da bateria da referida escola, porém, gostaria que outras pessoas que sabem desses fatos, deveria expor nesse Blog, os nomes e dá onde são, tendo em vista, é único canal democrático desse país.
    Portanto, para termos uma sociedade mais justa para nossos filhos e netos não podemos fazer pacto com essa podridão e fingir que não sabemos de nada, isto é, temos que cortar a própria carne, porque além de terem entrado irregularmente na instituição, ainda são agraciados com esses malditas gratificações, enquanto nós fazemos as coisas sujas.

    ResponderExcluir
  9. 1º SGT. BM Valdelei6 de janeiro de 2011 10:35

    Nos meus 29 anos de serviços passei a observar muitos Aspirante a oficiais. Existem entre os praças uma filosofia e uma avaliação errada com os oficiais, muitos de nós exigem e buscam afinidades com estes, não que seja condenado, porém deve ser moderada essa afinidade, os oficiais foram formados para serem comandantes e chefes, e eles chegam como aspirantes, passam a oficiais subalternos e intermediários, e nesta fase que tem o contato direto com os praças,e muitos de nós passam tudo o que sabem para eles, e é neste período que começamos a faser a nossa avaliação, e nesta fase é que observo muita controvérsia,alguns de nós os clasificamos como bons ou ruíns,outros como operacionais ou fracos,gente boa ou rasteiro.
    Mais o mais importante esquecemos de observar, que formação moral vêm de berço, e caráter muitos dos homens as mascaram infelizmente, já vi muitos praças se dedicando e ensinado tudo o que sabe a estes jovens oficiais, e ouço também muitas lamentações por parte dessa convivência.
    Acho que nós praças devemos respeita los, mais também devemos exigir respeito, até mesmo quando estes atingirem o último posto, e não o ficar encarado como o Ten. que o conheceu, e se atingiu o último posto tem muito mais responsabilidade de buscar o melhor para todos nós como um verdadeiro líder.

    ResponderExcluir
  10. Como foi tocada na ferida não pude deixar de comentar. O problema começa na raiz, tirando os muitos oficiais q hj estão na corporação e entraram pela "janela" pois tem Coroneis para apadrinhar. Sobram alguns q entraram por méritos próprios mas sem padrinho, sem perspectiva = SEM MERECIMENTO. Estes não têm q se espelhar em ninguém pois caráter se forma em casa e não na academia. Só resta fazer concurso como disse o companheiro acima ou fagir diferente quando e se tiver uma oportunidade.

    ResponderExcluir
  11. SOCORRRRRRRROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

    ResponderExcluir
  12. TEM QUE TER CHOAE TODO O ANO, TEM ACADEMIA TODO O ANO...
    AO MENOS, METADE DAS VAGAS QUE TEM NA ACADEMIA TEM QUE SER PARA O CHOAE. AFINAL JA ESTAMOS SANGRANDO A MAIS TEMPO.

    ResponderExcluir