quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

POLÍCIA MILITAR E CORPO DE BOMBEIROS MILITAR: DESCONTENTAMENTO DA TROPA.

Penso que por dever de ofício devo manifestar publicamente que em conformidade com tudo o que tenho ouvido e lido, o descontentamento das tropas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros está aumentando bastante, o que é muito ruim.
A tática de espalhar gratificações para pequenos grupos, prejudicando o todo, tanto na PMERJ, quanto no CBMERJ, está gerando uma série de distorções salariais, subvertendo a hierarquia, o que poderá comprometer a disciplina.
Soldados ganham mais que Sargentos, algo inconcebível.
Soldados ganham muito mais que outros Soldados, como ocorre entre os do BOPE e os das demais Organizações Policiais Militares, situação também inaceitável.
Tenentes médicos do CBMERJ ganham mais que os Coronéis do CBMERJ que comandam as suas Unidades, o subordinado ganha mais que o Comandante, algo completamente impensável.
Essas situações e outras estão ocorrendo há muito tempo, mas a situação se agravou ainda mais neste final de ano.
Primeiro, o governo Sérgio Cabral resolveu não gratificar os Bombeiros Militares e todos eles creditam essa ação como uma forma de retaliação pelo fato dos Bombeiros terem vaiado o governador em uma solenidade no Maracanãzinho.
Os Policiais Militares foram agraciados com a gratificação, porém os que não estão aptos, embora tenham trabalhado, inclusive com férias e licenças interrompidas, segundo relatos que ouvi, não receberam os R$ 500,00.
O fato da PEC 300 não ter sido votada constitui outro fator de sério descontentamento.
Sinceramente, considero esse descontentamento das tropas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros muito perigoso.
É hora de falar com a tropa, dar explicações e organizar os vencimentos dos PMs e dos BMs, acabando com todas essas gratificações e criando subsídios, igualando todos os vencimentos, em conformidade com as graduações e os postos, garantindo os direitos dos ativos, dos inativos e das pensionistas.
É tempo de agir!
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

Fonte: http://celprpaul.blogspot.com/

14 comentários:

  1. Eu sou bombeiro e tenho orgulho de ter vaiado o excelentíssimo governador Cabral...não tem dinheiro que pague aquele momento!!!Estou ansioso pela próxima oportunidade,mas não acredito que ele seja homem o suficente para botar a cara...UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU...

    ResponderExcluir
  2. E dai! Eu mando vocês obedecem. Se eu cismar eu troco todo o comando das Policias e dos Bombeiros e não preciso dar satisfação a ninguém. O povo do Rj me deu carta branca e um mote BM votou em mim pela esmola da Dengue e os PM pelas gratificações.

    Cabralzinho

    ResponderExcluir
  3. Vocês me vaiaram mais eu sou o Chefe na próxima mando anotar e prender. Eu prendo e arrebento todos tem que beijar a minha mão. PM,BM,PC,ALERJ,MP,Saúde,prefeitura e um dia quem sabe a dilminha, todooooooos.
    OBS: Tive que beijar aquela múmia da EBE ai eu merecia vaia, poderia se a Luisa Brune, culpa dos BM vocês vão me pagar por isso!!!!

    Cabralzinho

    ResponderExcluir
  4. Vote nessa notícia vote_noticia
    PMs e bombeiros cedidos à Polícia Civil ficam sem prêmio
    Bônus de R$ 500 foi pago a 24 mil agentes por ação na Penha e Alemão

    POR LESLIE LEITÃO

    Rio - Um dia depois de saberem que serão obrigados a retornar à Polícia Militar, por determinação do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, os cerca de 60 policiais que estavam emprestados à Polícia Civil — alguns há quase 20 anos — descobriram que foram os únicos a não receber o benefício dos R$ 500 de gratificação pela operação de retomada dos territórios dos complexos do Alemão e da Penha. Ontem, o dinheiro foi depositado na conta de cerca de 24 mil agentes.

    Os números não são oficiais, mas estima-se que o prêmio tenha sido pago a cerca de 15 mil PMs e 9 mil policiais civis que trabalharam, direta ou indiretamente, para reprimir a onda de ataques protagonizados pelos bandidos em todo o estado.

    Assim como os PMs, bombeiros lotados na Polícia Civil, que também foram devolvidos, e agentes penitenciários que deram apoio à operação também não tiveram seus nomes incluídos para receber a gratificação.

    Chefe de Polícia Civil, Allan Turnowski garantiu que os nomes de todos os adidos que trabalharam na ocupação das favelas foram incluídos. “Na lista que enviamos, os adidos que trabalharam pela população também foram incluídos. Se não receberam, está errado e isso vai ser corrigido imediatamente”, afirmou o delegado.

    ResponderExcluir
  5. Fora esse bolsa formação, que muitos tenentes que ganham menos que sargentos não tem direito de receber.

    ResponderExcluir
  6. Não reclamam, vivem reclamando BM é um sacerdócio não precisa de aumento e deveria ser iguais aos monges viver de esmola. Essa do prefeito aparecer na manifestação daquilo que nem vou falar, depois eu converso com ele, ele é o meu cachorrinho de madama. Ten ja manda e come no quartel não precisa de mais nada é obrigação se F a semana todo na Unidade se falar corto as promoções e transfiro. Há aqueles Bm que estão na CORE vão voltar, beltraminho me pediu tinha 2 meses de BM tem que voltar para aprender a não deixar os amigos na rabuda. quando entrarem nas favelas para socorro, nego e brancos eu sou democrático vão virar churrasco não bota eles no expediente não to mandando fodace eles!
    Cabralzinho.

    ResponderExcluir
  7. Cabralzinho tem que estudar um pouquinho kkkk...seu português está péssimo!!!

    ResponderExcluir
  8. Este Blog
    Link daqui
    Este Blog




    Link daqui





    sexta-feira, 24 de dezembro de 2010
    Deputada Cidinha Campos denuncia Presidente do Tribunal de Justiça Luiz Zveiter por fraude
    .
    "O presidente do Tribunal de Justiça Luiz Zveiter não tem moral para presidir nenhum tribunal", disse a Deputada Cidinha Campos.

    Veja o vídeo.



    Ou clique aqui e veja o vídeo direto no Youtube.

    Mais tarde continuarei essa postagem, comentando uma matéria muito "interessante" que saiu hoje no jornal O Globo, que tem relação com essa denúncia feita pela Deputada Cidinha Campos, que também foi feita aqui no blog.
    Postado por RICARDO GAMA às 10:06

    ResponderExcluir
  9. Eu faço a linha do DEPUTADO Tiririca. É o voto, é o voto. Democracia no Brasil é só votar, a massa vota naqueles em que eu apoio. Veja os BM da boca boa, votaram em mim e eu cago e ando para eles. Esse teu kkkk esta errado, o certo é kakakakakak Viu menina!
    Cabralzinho

    ResponderExcluir
  10. sou sgt bm esstava de serviço no dia 23 ultimo vendo o bal.geral vendo os bombeiros trabalharem em vários resgates (que ja estava puto c/essa merda toda) quando me aparece dois oficiais do gbs para falar sobre o resgate de um jardineiro, ai falei c/ um colega! por isso não levam praças aos programas pois se eu fosse lá pela felicidade da minha familia não iria deixar paçar em branco a sacanagem do Gov.babaca porra! o cel não falou porra nenhuma, praque vai então na tv. só para aparecer como é de prache. Mês que vem agoa irei pessoalmente ao Min.público p/ reclamar dos 500,00e dessa sacanagem da grat. de 350,00, todos os bm deveriam fazer o mesmo somos milhares(imaginem todos nós ao mesmo tempo no mp vai dar merda c/ certeza.vamos acabar c/ a farra nos quarteis pois se tem gente que ganha tem que passar pela sad ou não cobrem deles...

    ResponderExcluir
  11. 1º SGT. BM Valdelei26 de dezembro de 2010 19:25

    Dia 24 de novembro e de retorno no ônibus da ASSINAP vindo de brasília, precisamente as 20h 30 min. presenciamos um ataque na Av. Washgton Luís a autos particulares e um ônibus, e por nossa sorte o ataque foi no sentido contrário e os marginais não nos avistaram, e a dois quilometros à frente, presenciamos os BOMBEIROS ATUANDO EM OUTRO ATAQUE. Ou seja os BOMBEIROS estvam nas ruas atuando, e não soube de nenhuma omissão por parte da nossa tropa.
    E como já denunciei o nosso Governador, assim como o da Bahia Jaques Wagner, o de São Paulo Geraldo Alkimim e mais alguns outros, estavam em brasília no dia 23 se articulando para não votarem a nossa PEC 300.
    Somos Homens e Mulheres na nossa corporação, com responsabilidades dentro e fora dos serviços, encaramos a morte, arriscamos as nossas vidas em prol da sociedade, devemos cobrar isso dos nossos Cmt, Deputados e até mesmo do Governador, e este que citei companheiros, receberam 61% de aumento em seus salários, enquanto nós vamos receber 0,98.14% em 48 vezes. É hora de todos nós nos unirmos e cobrar essa exclusão e desvalorização, também sou totalmente contra a essas gratificações, mesmo recebendo uma delas. Mas aceito a colocação do Cel Paúl, devemos todos nós que não recebemos essa gratificação de R$ 500,00 entrar na justiça sim, e revindicar essa gratificação, é uma maneira também de demonstração de força e união, o nosso inimigo está força, temos que ir golpeando quando ele abre a guarda.
    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir
  12. 27/12/2010 09:24

    Promotores insatisfeitos com interferências pedem demissão do MP – RJ
    Reprodução de manchete de O Globo
    Reprodução de manchete de O Globo



    A manchete de capa de O Globo, não deixa dúvidas sobre o clima de insatisfação dentro do MP do Rio. Promotores que investigam a corrupção na secretaria estadual de Saúde e irregularidades na Refinaria de Manguinhos pediram demissão alegando falta de autonomia nas investigações e ingerências superiores nas investigações.

    Por uma questão de justiça, não vou fazer aqui, o que alguns promotores já fizeram comigo, que é usar de ilações, de suposições para me acusarem. Prefiro aguardar o desenrolar desse caso, mas está claro, aquilo que eu sempre disse aqui no blog, que há pessoas sérias no MP, que não se conformam com a atuação política de alguns de seus colegas.

    ResponderExcluir
  13. Realmente é lamentável que o governador tenha essa atitude, não é pelo dinheiro, graças a deus tenho disposição o bastante para correr atrás para dar um sustento digno à minha familia, mais o triste é saber que nossa profissão, dita por muitos, bonita e respeitosa, seja desmerecida dessa maneira pelo governador, já que apagamos inumeros incêndios e recolhemos muitos cadaveres, e a população em si que adora tanto o bombeiro,não está nem ae para essa atitude, ve nós bombeiros serem humilhados e nem se quer fala nada, ciente toda a população está já que isso foi comentado por varios dias no programa balanço geral, quando isso vai acabar.

    ResponderExcluir