segunda-feira, 2 de novembro de 2009

"Reunião pelo novo estatuto da bombeirada."


Texto transcrito do blog do Deputado Estadual e Apresentador do Balanço Geral da Rede Record, Wagner montes ( http://www.escracha-oficial.blogspot.com/ ):

"Aconteceu hoje, aqui na Alerj, a 2ª reunião da Comissão Especial para elaborar o novo Estatuto do Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). Como presidente da comissão, discuti os principais problemas da categoria apresentados pelos oficiais da comissão CEL Idilberto, CEL Gilvan, CEL Antônio Carlos, TEN CEL Lincoln e CAP Thiago Nunes. Durante a elaboração, vamos ouvir também as associações de classe para saber o que precisa ser mudado. O objetivo do novo estatuto é beneficiar os bombeiros militares que hoje agregam mais funções do que as previstas. Vamos lutar por uma legislação justa que reconheça a importância desses servidores. Estamos juntos nessa luta!"

Parabéns pela iniciativa, Dep Wagner Montes!

Rogo para que obtenham sucesso e que ouçam, também, oficiais subalternos, praças e associações de classes na elaboração do novo estatuto.

JUNTOS SOMOS FORTES,
Lauro Botto ۞۞.

9 comentários:

  1. OS PRAÇAS DA CORPORAÇÃO DEVEM SER OUVIDOS TAMBÉM,POIS SOMENTE OFICIAIS PUXARÃO A SARDINHA PRA SUAS BRASAS,ENVIAREI AO EMAIL DO DEPUTADO VARIOS TEXTOS PARA ANÁLISE!!!

    ResponderExcluir
  2. sinceramente acho que deveriam ser convidados um cel médico,e um cel combatente,com praças de saude e praças combatentes!!!!!

    ResponderExcluir
  3. CONVIDAR CEL.? JÁ VIMOS QUE 99,9% DOS ATUAIS CEL. NÃO QUEREM CONTRARIAR O GOVERNO PARA FICAREM BEM NA FITA ! TEM QUE CONVIDAR PARA FORMAR O NOVO ESTATUTO SÃO OS PRAÇAS COM OFICIAIS QUE COLOCAM A CARA A TAPA PARA MELHORAR O CBMERJ !

    ResponderExcluir
  4. Deu num Blog :


    03/11/2009 17:34

    Tempos de Guerra

    Cruz Vermelha Internacional vai atender vítimas do Rio


    Agente da Cruz Vermelha Internacional, no Complexo do Alemão



    A que ponto chegamos! Todo mundo sabe que a Cruz Vermelha Internacional atua em inúmeras guerras e conflitos armados atendendo não apenas os feridos, mas dando assistência a desabrigados e pessoas expulsas e perseguidas por exércitos e guerrilhas.

    Leio na coluna INFORME DO DIA, do jornalista Fernando Molica que a Secretaria Municipal de Saúde fechou um acordo com a Cruz Vermelha Internacional para prestar assistência às pessoas traumatizadas pelos tiroteios nas comunidades que mais sofrem com a violência, como as do Complexo do Alemão e do Complexo da Maré, entre outras.

    É aquela história, o prefeito Eduardo Paes é “unha e carne” com Cabral, em público fala em “tempos de paz”, mas no fundo, no fundo sabe que se for esperar que área social do estado faça alguma coisa é melhor esperar sentado.

    Até hoje, as vítimas traumatizadas da mega-operação policial de 2007, no Complexo do Alemão aguardam a visita da secretária estadual de Assistência Social, Benedita da Silva.

    Bem, com a entrada em cena da Cruz Vermelha Internacional, na Guerra do Rio, só estão faltando mesmo os “boinas azuis”, que vêm a ser os soldados da Força de Paz das Nações Unidas, que atuam em conflitos no mundo inteiro, para a cidade do Rio de Janeiro ser considerada uma região em guerra.

    ResponderExcluir
  5. Vamos ver,se haverá mudanças para melhora o plano de carreira dos praças,por ex.a QBMP-11,que ninguém sabe quando vai ser promovido,hoje tem TÉCNICOS DE EMERGêNCIAS MÉDICAS,fazendo função de médico com mais de sete anos como terceiro sargento no comportamento bom,ótimo e excepicional,quando dizem que a promoção tem que ser com quatro anos.Por que não botam um representante de cada QBMP para essa comissão.QUEM SABE O QUE É MEIHOR PRO PRAÇA É O PRÓPRIO PRAÇA,HOJE TEMOS PRAÇAS CAPASITADOS PRA ISSO!!!

    ResponderExcluir
  6. 
    FUNCIONOU!!!






    CIDADANIA
    Bom Jesus de Itabapoana - 89,23% de votos nulos




    *LIÇÃO DE CIDADANIA**Esse é o exemplo que deve ser seguido...
    Tomara que essa moda pegue...
    Mas prá isso necessita ser divulgado...
    Veja o município Bom Jesus do Itabapoana .
    Devido ao baixo nível do candidato,de um total de 26.863 eleitores que
    compareceram às urnas, 20.821 eleitores conscientes decidiram anular o
    seu voto ...
    Um exemplo para o mundo...*

    É algo difícil de acontecer, mas aconteceu!
    Os votos nulos somaram 20821 ( 89,23%). Vejam a coragem e esclarecimento dessa população.
    O candidato a prefeito não servia e a população cuidou de eliminá-lo no voto.
    O TRE terá que fazer nova eleição eo candidato reprovado não poderá ser candidato novamente.
    O interessante é que esse fato não foi divulgado em nenhuma mídia.
    Atéa Globo NADA FALOU.Se a moda pega, quem sabe não poderíamos depurar essa gente que vive enganando a todos?
    Quem sabe a solução que tanto almejamos não passa por aí?
    Já que a imprensa está comprada por estes políticos corruptos, vamos fazer a nossa parte. Divulgue isso para o maior números de pessoas de sua lista.





    --

    ResponderExcluir
  7. Seria muito interessante se durante a elaboração do novo estatuto,atentassem tambem para esta tal de compulsória(reserva ex-oficio).Existem BMs que aos,54anos(2ºSGT) ainda estão áptos ao trabalho,e o estatuto atendedo aos intereces do "estado" os mandam ir embora,ganhando um salario menor do que o que recebem na ativa.Se os vencimentos da ativa não são suficientes para manter dignamente as necessidades dos BMs,imaginem ganhando menos.

    ResponderExcluir
  8. Valdelei Duarte 1º Sgt BM CBMERJ.14 de novembro de 2009 21:46

    Meu amigo e companheiro Lauro Botto,não poderia deixar de comentar sobre este assunto, o novo estatuto do CBMERJ. Cabe lembrar aos companheiros que nós podemos e devemos participar,enviando sua sugestões a a comissão de segurança da ALERJ. ou ir pessoalmente as reuniões que acontecerão para tratar do novo estatuto os OFICIAIS e PRAÇAS.
    O site da ALERJ caso não possam comparecer as reuniões é esse aí http://www.alerj.rj.gov.br/

    Abraços a todos, e para mudar para melhor vai depender da nossa participação.

    ResponderExcluir
  9. Estou preocupado com esse tema estatuto pode ser que mexendo agora vamos perder muito é uma decisão que o comando parece que vai tomar adiar o Maximo possível existe percas importantes, anivel de licença aprémio, posto acima, 30 anos e vai por ai, vão dar com uma mão e tomar o Maximo com a outra. Nessa hora é fácil jogar a população contra nós; Devemos sim necher através do Comandante Geral, enviando portaria (não sei como, mas sei que da) direta para o Governador, via Gabinete Militar.
    Ex: lei do limite de idade colocar assim como fizeram com cabos e soldados uma inserir uma parágrafo, Poderá permanecer na ativa até 60 anos o BM que (aqui vem alguma condição, gozar de saúde ter, mas de 30anos etc. parágrafo único ficara na condição de agregado (não ocupando vaga)esse é urgente para alguns desse jeito da para fazer.
    Reynoso Silva

    ResponderExcluir