terça-feira, 16 de março de 2010

GABEIRA ESTARÁ AO NOSSO LADO NA PASSEATA DOS ROYALTES

"Embora não tenha sido convidado pelos organizadores, no caso o Governo, vou à passeata de amanhã na Candelária. Digo não fui convidado, porque nas etapas anteriores, quando se coordenava a reação fluminense , fui duas vezes chamado ao Palácio, juntamente com a bancada do Rio. Mas desde quando preciso ser convidado para ir à uma passeata? Foi minha atmosfera rotineira na juventude. Centenas de vezes percorri o trecho entre Candelária e Cinelândia e agora, apesar de deputado de quatro mandatos, nada melhor do que marchar entre as pessoas, longe dos palanques oficiais.

A luta pelos royalties é justa. Quando se trata de algo correto como defender o Rio estou pronto para lutar ao lado de todos, inclusive potenciais adversários políticos. O governador reclamou da imprensa porque ela mencionou o uso predatório dos royalties em alguns municípios, no passado recente. Minha posição é esta: não há contradição entre lutar pelos royalties e exigir que sejam bem gastos, isto é, gastos para melhorar a vida do povo.

Nas minhas peregrinações pelo interior, não encontrei nenhuma cidade que tivesse um comitê de cidadãos acompanhando o desenrolar desses gastos. Não há transparência porque ninguém mostra precisamente como o dinheiro é empregado, ele é confundido com o restante das verbas da cidade.

Vamos vencer esta batalha dos royalties. Quanto mais transparência houver nos gastos, quanto melhor aplicados os recursos, mais força teremos, no futuro, para evitar as tentativas de desviar esses recursos do estado. Recursos necessários porque a exploração do petróleo, como demonstrei em vários discursos, significa custos adicionais para o estado que o produz.

Fernado Gabeira."

Fonte: gabeira.com.br

Ótima oportunidade para começarmos a demonstrar ao nosso futuro governador as nossas insatisfações e necessidades.

JUNTOS SOMOS FORTES,
LAURO BOTTO ۞۞

26 comentários:

  1. “Vede os pequenos tiranos/ que mandam mais do que o Rei/ Onde a fonte de ouro corre/ apodrece a flor da lei!” (Cecília Meireles)

    ResponderExcluir
  2. O Gabeira parece amis um interessado em manchar o Sérgio Cabral que aumentar o Salário dos Bombeiros.... Lembremos amigos, nós bombeiros, não precisamos nos envolver com politicagem. O que nós queremos é um aumento de salário. Deixa o Sérgio Pinóquio pra lá, ele vai sair msmo em Outubro.... Vamos parar com essa BABAQUICE de "Fora Cabral" e nos concentrar na busca por melhores salários...

    Se a PEC vingar e meu salário for pra 3.500, pode voltar até o Collor... A vida alheia (no sentido de conspiração) não me importa... O que me importa é poder num futuro próximo, proporcionar uma vida digna à minha familia..

    Tem muita gente querendo aparecer com essa guerrinha contra o Governador, e desviando a atenção da PEC... Deixa o Governador pra lá... Ele é um 0 à esquerda msmo, todo mundo já sabe disso, e ele já está virando motivo de Chacota...

    O que vocês querem ? Que o Governador Saia ou que a PEC seja plenamente aprovada ?

    ResponderExcluir
  3. PEC 300, OS PMs E O PRESIDENTE LULA


    A Câmara dos Deputados acaba de aprovar em primeira votação a PEC 300, que fixa piso salarial para os PMs e BMs de todo o Brasil. Claro. Na verdade, em público, um bom número de deputados não quer correr o risco de ganhar a antipatia de centenas de milhares de servidores. Porém, por baixo dos panos, e lépidos, muitos deles, fingidos, aplicam-se no exercício da alquimia legislativa para inviabilizar o pleito. Quero lembrar aqui o que disse o sr. presidente Lula em novembro passado, no momento em que sancionou o plano de carreira da PM de Brasília. Foi o que comentei em “post” de 14 nov 09, do qual transcrevo alguns trechos, como segue:

    “Em matéria do G1 do Globo.com (06 e 07 /11/09), assinada pelo jornalista Jéferson Ribeiro, lê-se:
    Lula diz que PM precisa ganhar mais para não levar ‘propina da bandidagem’
    E segue a matéria: “Segundo ele, sociedade corre risco se policial tiver de ‘fazer bico’. No Distrito Federal, salário inicial de soldado PM é de R$ 4 mil”.A afirmação foi feita após a solenidade em que sancionou o plano de carreira dos PMs do Distrito Federal. O presidente teria dito, sobre a segurança no Rio de Janeiro: “É preciso dar bons salários aos policiais do Rio de Janeiro para a gente exigir que eles cumpram sua função. Se precisar fazer bico, já estamos correndo risco. Se ele ganhar pouco e precisar trabalhar fora já estamos correndo risco”. Ainda: “Temos que levar em conta o poder dos cofres do estado. Nem todos os estados podem dar o que deu Brasília, que tem uma condição especial. Portanto, não podemos cobrar isso que o DF fez. Não podemos cobrar isso de Roraima, de Alagoas por exemplo”.

    Agora, pergunto: por que setores alinhados ao governo trabalham para bombardear a proposta, sob alegações mil? Não dá para entender. E transcrevo outro trecho do referido “post”, em que escrevi:

    “Lembro-me de que, por ocasião dos trabalhos da Constituinte, a proposta de que a União criasse uma Guarda Nacional para cuidar da Ordem Interna e das fronteiras (secas, aéreas e marítimas), como acontece em muitos países, foi rechaçada pelas autoridades federais. Alegaram que a medida iria sobrecarregar demais os cofres da União, argumento utilizado para manter as PPMM e os CCBBMM como forças auxiliares e reserva do Exército (Art. 144, § 6º), vale dizer, auxiliares e reserva da União, sem custo para o Governo Federal. Ora, por que a União não pode complementar os salários dos integrantes dessas corporações, como há mais de 20 anos se cogita, pelo menos para fazer face aos serviços que os mesmos prestam especificamente à União (mesmo em tempo de paz)? Não custaria 1/3 do necessário para manter uma Guarda Nacional (não confundir com Força Nacional…). Que tal o presidente Lula não aproveitar a mão e apoiar a aprovação da PEC 300, em tramitação no Congresso? Dinheiro há…”

    Não quero entrar no mérito da vinculação que o sr. presidente faz entre corrupção e baixos salários. Tal significaria que os funcionários que percebem altos salários são imunes à corrupção? A experiência brasileira parece demonstrar o contrário. Bem, voltemos ao tema. Trago à baila uma pergunta que não quer calar: O que têm a dizer, sobre o fato de a PEC 300 ter sido aprovada na Câmara, o sr. presidente e a candidata Dilma? Ora, para dizerem que também aprovam, basta um sim. Para dizerem que não aprovam (claro que não vão dizer), dirão que aprovam, porém… E aí, depois do “porém” – e precedidos dos costumeiros encômios à bravura, à abnegação, ao merecimento e ao heroísmo dos policias – virão torrentes de discurso que, no fundo querem dizer: NÃO.

    É preciso dar nomes aos bois. Dos que são realmente a favor e dos que, aberta ou veladamente, trabalham contra
    Postado por Emir Larangeira às 03:23

    ResponderExcluir
  4. Sd Noronha, a luta vai muito além de reivindicação salarial, tenha a máxima certeza disso. Se para você basta dinheiro no bolso, para a imensa maioria dos Bombeiros Militares interessa uma Corporação forte, respeitada, organizada, justa e, também, bem remunerada.
    JUNTOS SOMOS FORTES!

    ResponderExcluir
  5. Mas Tenente, primeiramente boa noite.
    Digamos que o "Fora Cabral" dê certo e ele saia por exemplo com um impeachment... O que isso trás de bom pro Senhor e pra Corporação ? O orgulho de dizer "Derrubei o Governador" ? Quando eu for pagar as minhas contas, se eu disser "Eu derrubei o Governador..." a conta estará paga ? Quando minha mãe adoecer, e ela naõ puder ser atendida no HCAP, e eu levar ela em qq hospital, eu posso falar "Eu derrubei o Governador" que vão internar ela ? Quando eu casar, eu posso gritar bem alto "Eu derrubei o Governador" e tudo aparecerá do nada ?

    Lutar contra o Cabral agora é chutar cachorro morto... Ele já vai sair em Outubro msmo... Se deus quiser pro raio que o parta...

    O Senhor prefere levar sua esposa pra jantar num bom restaurante e não se preocupar com a conta no final, ou o senhor prefere ficar no sofá de casa, com um salário de fome, comemorando "Eu derrubei o Governador" ? (Claro que foi só pra exemplificar...).

    Esqueça essa luta contra o governador, ele já provou que não é digno sequer do nosso desprezo. Vamos nos concentrar em melhores salários !

    ResponderExcluir
  6. Noronha, já que você só quer um bom salário, lute por ele que nós continuaremos a lutar por tudo aquilo que achamos justo e necessário, além do salário.
    JUNTOS SOMOS FORTES!

    ResponderExcluir
  7. Ten Lauro o Noronha da maneira dele esta dizendo que
    o nosso foco atual é a PEC 300 e não o fora Cabral
    existe o perigo do descrédito com a população e contra o BM se voltarão deixa O Fora Cabral Para depois da votação completa da PEC há sabedoria do povão no que ele esta falando. Numa dessa a coisa vira pro lado dele o governador e malandro.

    ResponderExcluir
  8. Ten Lauro consulte as bases nos quartéis estão falando disso pense, pense !!! JSF
    Eles estão noticiando que´é para defender os interesses do povo do RJ e tem muita gente comprando essa idéia o nosso grupo é pequeno diante da multidão que vai vai ser um inferno faça o movimento ser pacifico. JSF

    ResponderExcluir
  9. Sd Noronha, o enfoque não deve se limitar somente ao salário!!! Todos nós ao entrar na corporação tínhamos noção que nosso salário era e sempre foi baixo!!! Estamos em uma situação ímpar o qual poderemos resgatar nossa auto- estima...Porém auto- estima companheiro, nada tem a ver com salário!!
    Tem a ver com gostar do que se faz, fazer a diferença e trabalhar em uma corporação o quais os comandandes e comandados sabem que fazem parte de uma grande engrenagem.
    Ser respeitado e se fazer respeitar...Isso companheiro salário exclusivamente não compra!!!
    Os politicos recebem muito e são mediocres ( em grande parte)...
    Lembre-se não estamos aqui nesse combate, somente pelo metal (diheiro)...Estamos aqui para defender nossos espaço frente a todos aqueles que nos desonram, tal qual esse Sergio Pinoquio cabral!!!!
    Reflita companheiro!!!

    JUNTOS SOMOS FORTES

    ResponderExcluir
  10. PESSOAL DEIXEM O "CABRAL" RESOLVER O PÊPINO DELE.POIS O NOSSO ESTÁ NO SENADA "A PEC-300".ELE(CABRAL) É INTRANSIGENTE DE MAIS. COM ELE NÃO TEM NEGOSIAÇÃO SALÁRIAL. TIRAR NOSSOS DIREITOS É MUITO FÁCIO; QUERO VÊR AGORA! SEM O APOIO DOS IRMÃOS PMS,BMS E SEUS FAMÍLIARES.E VALE RELEMBRAR, SEGUNDO"CABRAL" VOTOS DE PMS,BMS E FAMÍLIAS ,NÃO PRECISAVA PRA SER ELEITO. "O PETRÓLEO É DELES E NÃO NOSSO. POIS SE ELE REAVER O QUE PERDEU, VAI GANHAR NOVAMENTE PRA GOVERNADOR, E AÍ ESTAMOS FERRADOS MAIS 4 ANOS. VCS QUEREM ISSO MEUS IRMÃOS SEI QUE NÃO.

    ResponderExcluir
  11. FALA SÉRIO EM SD NORONHA, VOCÊ JÁ ESTÁ IRRITANDO COM ESSES SEUS COMENTÁRIOS DESINCENTIVADORES, PRA BAIXO E QUE NÃO LEVAM A OUTRO LUGAR QUE NÃO SEJA O SOFÁ QUE, ACREDITO EU, VOCÊ PASSA A MAIORIA DO TEMPO SENTADO, TOMADO POR SEU COMODISMO E COVARDIA, ESPERANDO QUE TUDO CAIA DO CÉU.
    SAI DESSA CARA E VAI LUTAR POR ESTE SALÁRIO QUE VOCÊ TANTO ESPERA, MAS PRINCIPALMENTE POR DIGNIDADE QUE SÓ ALCANÇAREMOS SE ESTIVERMOS UNIDOS.
    PÁRA COM ESTE LOBY, POIS ESTÁ PARECENDO QUE SUA LUTA É CONTRA OS PMS, PCS E NÓS BMS DO BRASIL.

    ResponderExcluir
  12. Noronha, por favor, procure ajuda! Pude perceber pelas suas palavras que você é um capitalista nato. Nesse momento nós pensamos também em moral, respeito, espírito de corpo, ter um comandante que seja um líder (não um banana) e principalmente em resgatar o nosso CBMERJ das mãos de políticos inescrupulosos. O Ten Lauro Botto tem discernimento e sabedoria quando verbaliza para você os motivos da nossa luta. Nós que acreditamos na PEC 300 lutaremos até a chegada da guerra final. Por favor, se você só quer a PEC 300 nos ajude a conquistá-la, não tente desencirajar os nossos grandes guerreiros e líderes. Para finalizar te deixo uma pergunta: Você já conversou com Deus hoje, ele tem uma mensagem para você sobre as grandes batalhas em que ele ajudava minorias a vencer grandes exércitos. Fé companheiro.

    ResponderExcluir
  13. Um "anônimo" aqui comentou: "Se a PEC vingar e meu salário for pra 3.500, pode voltar até o Collor... A vida alheia (no sentido de conspiração) não me importa... O que me importa é poder num futuro próximo, proporcionar uma vida digna à minha familia.." ATENÇÃO: FOI POR CAUSA DE ELEITORES QUE PENSAM COMO ESTE QUE O PINÓQUIO CHEGOU AO GOVERNO. SÃO PESSOAS DE MENTE CORRUPTA QUE SÓ PENSAM COM O ESTÔMAGO E NÃO COM O CÉREBRO. JUNTOS SOMOS FORTES!

    ResponderExcluir
  14. SD BM Noronha (Eu coloco o nome)17 de março de 2010 16:42

    O Foco era a Pec 300...
    Passou pra PEC 441...
    Agora passou pro "Fora Cabral"...
    E já estão correlacionando o "Fora Cabral" com "Uma corporação Melhor".
    O Sérgio Cabral é apenas mais um governador, todos os outros que vierem, serão exatamente iguais.

    Eu não tenho realmente, pretensão alguma de mudar a política do meu estado, eu gostaria de mudar a politica da minha corporação. Com principalmente um salário Digno, pois só isso que me incomoda, já que nosso trabalho diário, é muitíssimo bem feito, o CBMERJ tem ma conduta exemplar, e o que está nos deixando mais indignados, são os baixos salários...

    Mas como sabiamente disse o Tenente Botto... "Que eu me preocupe apenas com a PEC 300...". E quem quiser se preocupar com o "Fora Cabral" que continue nessa até Outubro ! E outro "Cabral" entrará no posto, como tem sido à 500 anos !

    O que me deixa puto, foi ficar igual um idiota distribuindo adesivos "PEC300 Eu Acredito - Diário de um Bombeiro" pra agora que o blog tem visibilidade plena, assistir o foco mudar pra "Fora Cabral - Eu acredito... Diário de um Bombeiro".

    Êeeee, vamos tirar o governador do poder... E continuar passando fome...

    ResponderExcluir
  15. PEC 300 - Ministro da Justiça adverte para impacto de piso para PMs

    Marcello Casal Jr./ABr
    Desde o início do ano, policiais e bombeiros acompanham a votação da proposta na Câmara.

    O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, manifestou preocupação ante a possibilidade de aprovação do piso salarial nacional para policiais e bombeiros. A medida está prevista no substitutivo às PECs 300/08 e 446/09. O texto principal foi aprovado em primeiro turno pela Câmara no início do mês. Os deputados ainda precisam votar os destaques apresentados ao texto. O ministro esteve reunido hoje(17) com o presidente da Câmara, Michel Temer, para discutir propostas de interesse de sua pasta.

    O substitutivo estabelece prazo de 180 dias para implantação do piso e cria um valor provisório ( R$ 3,5 mil para os policiais de menor graduação e R$ 7 mil para os oficiais do menor posto) até que seja editada a lei para regulamentar o valor definitivo.

    O ministro explicou que a adoção do piso no prazo previsto no texto aprovado provocará um impacto imediato de cerca de R$ 17,8 bilhões. Ele argumenta que os estados não terão como arcar com essa nova despesa, e a União acabaria tendo que complementar recursos dos governos estaduais.

    Ele disse a Temer que o mais adequado seria a implantação gradual do piso.

    ResponderExcluir
  16. Servidores são suspeitos de acumular cargos públicos:

    BRASÍLIA - O cruzamento de dados de servidores da União, de 13 estados e do Distrito Federal apontou 164 mil indícios de irregularidades no exercício de cargos públicos, envolvendo pelo menos 140 mil servidores. A estimativa de prejuízo ao erário é de R$ 1,7 bilhão por ano. Casos suspeitos de acumulação indevida de cargos em poderes distintos representam 5,3% do universo de 3.080.040 registros de servidores estaduais e federais analisados. Entre os casos, destaca-se a situação de 341 servidores ativos, aposentados ou afastados em um órgão mas que recebem pensão em outro, o que pode significar que morreram. E outros 3.800 servidores aposentados por invalidez em um órgão, mas ativos em outros.

    O levantamento indicou que 53.793 servidores acumulam mais de dois cargos públicos e 47.360 exercem mais de uma função embora tenha regime de dedicação exclusiva. Outros 36.113 acumulariam ilicitamente mais de um cargo. Pela Constituição, só professores e servidores da saúde podem acumular mais de um emprego público. A análise de dados identificou 17 servidores com cinco vínculos e 252 com quatro vínculos.

    " Esses estados não aderiram por uma questão de oportunidade. Não se trata de se esquivar do batimento "

    Os dados resultam de convênio assinado em 2009 entre o Ministério do Planejamento e o Conselho Nacional dos Secretários de Estado de Administração (Consad), para troca de informações, visando evitar o acúmulo irregular de cargos públicos. Não aderiram ao convênio estados como São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, governados por tucanos.

    O secretário de Planejamento e Gestão do Rio, Sérgio Ruy Barbosa, presidente do Consad, não vê motivação política na recusa dos governos em compartilhamento informações.

    - Esses estados não aderiram por uma questão de oportunidade. Não se trata de se esquivar do batimento. A União ainda não colocou seus militares, mas vai colocar num segundo momento - disse.

    O compartilhamento de dados envolve Bahia, Sergipe, Tocantins, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Ceará, Piauí, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba e Distrito Federal. Foram cruzadas informações de 1,25 milhão de servidores federais e 1,83 milhão de estaduais.
    Funcionários podem responder a processo e perder o cargo

    Ficaram de fora, além de 3,91 milhões de funcionários dos 13 estados que não aderiram ao convênio, militares da União e servidores do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público e dos municípios.

    O resultado do cruzamento será avaliado em cada estado. Confirmadas as irregularidades, serão adotadas providências legais. Os servidores serão chamados a dar explicações ou optar por uma das matrículas. Eles poderão responder a processo administrativo e perder o cargo.

    - É trabalho de formiguinha. Vamos analisar caso a caso e, constada a irregularidade, abrir processo administrativo, ouvir o servidor. Nenhuma etapa pode ser pulada, senão o servidor vai pedir reintegração na Justiça e vai ganhar - disse Barbosa

    ResponderExcluir
  17. Comentário no jornal O Globo:


    Pxt
    18/03/2010 - 09h 16m


    Este movimento no Centro do Rio foi o tiro de misericórdia do (des)governador Pinóquio, no desepero pela reeleição. Convocou e dispensou do trabalho todos os servidores ,que são massacrados pelo seu (des)governo e colocou nas ruas um aparato policial e de bombeiros dignos de uma grande tragédia, servidores estes que são desprezados em suas reivindicações e humilhados em suas jornadas de trabalho.

    ResponderExcluir
  18. POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL - NOVO AUMENTO.
    Rio de Janeiro, 18 de Março de 2010
    NOTÍCIAS
    CONCEDIDO REAJUSTE SALARIAL PARA PMDF, BMDF E PCDF
    Com imensa satisfação que a ASOF e o Fórum das Associações comunicam o alcance de um importante entendimento sobre o aumento salarial concedido aos companheiros do Distrito Federal (DF).
    Em reunião com todos os parlamentares representantes da PMDF, BMDF e PCDF, Comandantes Gerais e Diretor dessas Corporações, Secretário de Segurança Pública, Chefe da Casa Militar, Secretário de Fazenda e o Governador do Distrito Federal realizada na noite de ontem (16), ficou
    decidido os seguintes percentuais de reajuste para todos os órgãos da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal:
    SETEMBRO/2010 - 5%
    MARÇO E AGOSTO/2011 - 7%
    MARÇO E AGOSTO/2012 - 7%
    POLICIAIS MILITARES - R$ 6.292,00 (Piso)
    BOMBEIROS MILITARES - R$ 6.292,00 (Piso)
    POLICIAIS CIVIS - R$ 13.000,00
    SOLDADO – R$ 6.292,00
    SUBTENENTE – R$ 10.000,00
    2º TENENTE – R$ 13.000,00
    CORONEL– R$ 20.914,00
    Vale salientar que o risco de vida não entou nesta contabilidade, ou seja, se tudo caminhar bem na esfera federal serão 33% de aumento sem prejuízo a conquista daquela gratificação, afastando, destarte, a proposta inicialmente esboçada pela área de planejamento do governo e concretizando o mínimo aceitável pelo fórum.
    Basta lembrar que até novembro de 2009 estávamos com todas as energias voltadas para a aprovação do plano de cargos e para a manuteção em seu texto do risco de vida, nível superior, entre outros fatores.
    Naquela ocasião (plano de cargos) e nesta (aumento salarial), as Associações demostraram um relevante amadurecimento poltico, marcado pelo diálogo respeitoso, franco , aberto e sobretudo, pela responsabilidade institucional e logicamente com os militares do DF nelas representados. Agora, devemos nos concentrar na redação final a ser encaminhado ao Governo Federal e trabalhar pela rápida aprovação.
    Atenciosamente
    ASOF/PMDF

    ResponderExcluir
  19. Ultimos acontecimentos- Comentários
    Combatentes, jamais poderemos submestimar o gov. Sergio pinoquio Cabral....Pois ele é macaco velho em politica, já foi presidente da assembleia lesgislativa e desde aqueles tempos já comandava um cartel para interesses escusos e proprios...
    Não podemos ser levianos e achar que ele será um futuro EX governador já em outubro!!
    Aquele choro falso que ele proporcionou na PUC, a cobertura jornalista em torno, essa fatídica passeata em relação ao PRÉ SAL. Quem se fortaleceu??/ Ele mesmo, o Pinoquio Cabral e sua corja o Prefeito Eduardo paes.
    Falo fatídica passeata, pois todos sabiamos de ante-mão que não ia avançar a manobra do PRÉ-SAL. O RIO DE JANEIRO, jamais vai perder os ganho de 60% . Não iria ser aprovado no senado e o LULA vetaria!!!
    Não devemos ser inocentes e achar que o Pinoquio cabral já tá fora! Como muitos aqui postam!!
    A parada vai ser dura!! Temos que nos manter unidos, visando a PEC. e sempre acompanhando o cenario politico!!!
    Como alguns aqui disseram que só se interessa pela PEC, e não estão interessados em falar de politica ou de governador. ENGANO SEUS MEUS CAROS . NOSSA PEC DEPENDE DE VONTADE POLITICA. DEVEMOS ESTAR ATENTOS E MOBILIZAR UM GRANDE CONTIGENTE DE ELEITORES PARA INFORMAR AS SUJEIRAS QUE VÃO DEBAIXO DO TAPETE...
    Finalizando, eu, estarei dia 21 no POSTO 6 EM COPACABANA MANIFESTAÇÃO PRÓ PEC.
    Essa verdadeiramente será nossa e devemos nos fazer presentes......
    SOU BOMBEIRO E NÃO DESISTO NUNCA1!!!!!!!


    JUNTOS SOMOS FORTES!!!

    ResponderExcluir
  20. Caro ten Lauro, enquanto continuamos omissos e fracos, nós nunca teremos nada. Sinceramente, eu acho que nós somos uns bobos, pois nada conseguimos até agora a não ser passeatas em vão, uma vez que estão "cagando" para nós. É ridículo fazer parte de uma Corporção em que 95% é puxa-saco ou medroso. Vc sabe quando essa PEC vai ser aprovada?? Te respondo, NUNCA, a não ser que haja um movimento coletivo de paralização ou coisa parecida, até porque até agora, nada, absolutamente nada mudou para nós, pelo contrário, só vem caindo o nosso padrão. Infelizmente não temos um comando decente que se preocupe com quem trabalha de fato. Eu confesso que fiquei animado no início, mas agora não creio mais. É só estardalhaço nos blogs, mas fazer algo de concreto, nada!!


    Um Oficial BM

    ResponderExcluir
  21. Já estou até com raiva de ficar só na espectativa, pois melhorias nunca virão, principalmente se depender do grande estelionatário Chamado de Sergio Pinóquio Cabral. Esse que merecia ser vaiado ou insultado por nós em público, é bem capaz de ser reeleito, e nós só ficarmos amargando derrotas e mais derrotas. Se depender de mim e de muitos que conheço, nunca mais iremos a qualquer reunião de PEC. É só perda de tempo!!!

    ResponderExcluir
  22. O Governador Sérgio Global, O Imperador, único "lider" que tem como poder de convencimento, somente através de propaganda, ou seja, comprando os meios de comunicação.
    Senhores, Boa Tarde ! confesso que não irei participar do movimento, referente a medida da nova redistribuição dos royalties do petróleo, tendo em vista, não posso ombrear com o responsável por esse movimento sua excelência, Sérgio Global, não vejo no atual Desgovernador de Estado como lider de qualquer coisa, ou seja, não posso acender uma vela para Deus e outra para o Diabo (Sérgio Cabral), isto é, Um lider não chora diante de qualquer momento contrário; Um lider cumpre com as suas palavras; Um lider não é a favor do aborto; Um lider não é a favor da liberação da maconha; Um lider pausa pela ética; Um lider pausa por um estado coeso; Um lider combate as coisas ilícitas no estado; Um lider não senta no colo do Vice-Desgovernador; Um lider não dá estrevista no sambódromo sem passar pela lei seca, porém, continuarei participando sim, do nosso movimento da PEC 446 do dia 21 de março do corrente, no Posto 6 - Copacabana - as 10:00h, movimento esse ignorado pelo atual Desgovernador de Estado, conforme já relatado por pessoas próximo a sua excelência, que não daria apoio a movimentinho feito por bombeiros e policias. Contudo, os senhores devem estar me questionando ! Somos nós que vamos perder com essa nova redistribuição dos royalties ? Respondo, Será ! A primeira preocupação do atual Desgovernador de Estado com a proposta do Deputado Federal Ibsen, que não haveria dinheiro para realizar a Copa do Mundo e a Olimpíadas, porém, senhores ! ao invés de sua excelência se preocupar com coisas muito mais importante para nossa sociedade, ou seja, Educação; Saúde; Segurança; Habitação e etc..., isto é, com todos esses setores descritos arrumados, aí sim ! poderiamos alcançar vôos mais altos, ou seja, realizar Copa do Mundo e Olimpídas. Portanto, a única preocupação do atual Desgovernador não é com a população, e sim, com o dinheiro que ele poderá deixar de ganhar, tendo em vista, o custeio desses eventos é orçado em um valor, e no final é multiplicado por 03 (três), isto é, todos ganharão Políticos; Lobistas, Empreiteiros e etc..., que diga o Pan Americano, e quem acabara pagando as contas somos nós contribuintes, por isso, eu quero a Copa do Mundo e a Olimpídas vão para .... ... .....
    Ressaltando, que essa história de legado com esses eventos, Copa do Mundo e Olimpídas, é tudo balela ! que diga o Pan Americano, que legado ficou para cidade, continuamos com índice altíssimo de desempregados na cidade, quase todos equipamentos adquiridos pelo Governo Federal para Segurança Pública foram recolhidos, e principalmente, os elefantes brancos que foram construídos (Centro Esportivos) tiveram que ser repassados para entidades privadas, para serem administrados, sendo que, foram erguidos com dinheiro público.
    Em tempo, senhores, acordem ! os políticos não passam em concurso público, não tem avaliação física, não tem avaliação médica, não passam por pesquisa social, não passam por pesquisa documental, ou seja, são eleito pelo voto direto ganhando uma fortuna, e ainda, contrata uma infinidade de pessoas semi-analfabeta, ganhando salários maiores que os nossos que somos concursados, faça valer o seu voto. Portanto, vamos nos reunir com os possíveis candidatos para o pleito de Governador de Estado, e escutar as suas proposta para sociedade e para nós servidores.

    Obs1: Gostaria de saber qual é a principal finalidade do Sgt BM Ramos, que trabalha com o atual Desgovernador de Estado, desde dá época que ele era Dessenador.
    Obs2: Vocês sabem o salário do motorista do Desgovernador ? Não ! é R$15.000,00
    Obs3: Vocês sabem quem é o Secretário e Sub-secretário de Transporte do Estado do Rio de Janeiro ? Não! é o Professor Júlio Lopes, o que ele entende de transporte público, e o Sub-secretário é o ex Prefeito de Duque de Caxias, ou seja, não preciso falar mais nada.


    3º Sgt BM De Carvalho

    Juntos Somos Fortes !

    ResponderExcluir
  23. O Ten Lauro pensou rápido e certeiro não ouve o fora Cabral ia da até morte. Domingo se acontecer viro as costa e vou embora PEC 300 já. até as eleições ai sim apoio total ao fora Cabral. A votação do recursos do pré-sal com certeza ira para depois das eleições e a faca vai ficar na cabeça do POvo do RJ armação ilimitada

    ResponderExcluir
  24. Comentário no Jornal do Brasil:

    19/03/2010 - 12h 46m

    Se não precisam dos cariocas e fluminenses, também estes não precisam deles! Se o movimento pela independência do Rio já morreu, que pelo menos nos unamos para inviabilizar a vitória da Dilma. Sem os votos do Rio, ela simplesmente não será eleita! É uma questão puramente matemática! Somos 15.000.000. Isso é mais do que suficiente apara fazer a diferença em qualquer eleição. Vamos dar um NÃO bem sonoro a essa mulher que está virando as costas para o nosso estado!

    ResponderExcluir
  25. ATO CÍVICO - 21 MAR 2010 - DOMINGO - COPACABANA - POSTO SEIS - 10:00 HORAS.
    Policial Militar, Bombeiro Militar, ativos, inativos, pensionistas e familiares:
    - Você que sabe que a luta pela PEC 300 é uma luta de todos nós, Soldados e Coronéis;
    - Você que deseja ganhar um salário justo;
    - Você que quer adequadas condições de trabalho;
    - Você que acredita que podemos conquistar a cidadania;
    - Você que deseja a incorporação das gratificações aos nossos salários;
    - Você que almeja a paridade entre ativos e inativos;
    - Você que pretende construir uma Polícia Militar e um Corpo de Bombeiros fortes e respeitados;
    - Você que sabe que JUNTOS SOMOS FOTES! e
    - Você que não é movido pelo MEDO.
    O seu lugar nesse domingo é no Posto 6 da Praia de Copacabana,às 10:00 horas.
    Traga suas faixas, vista a sua camisa da PEC 300 e una-se a nós.
    Temos que escrever uma NOVA HISTÓRIA para a PMERJ e o CBMERJ.
    JUNTOS SOMOS FORTES!
    PAULO RICARDO PAÚL
    CORONEL DE POLÍCIA
    Ex-CORREGEDOR INTERNO

    ResponderExcluir