sábado, 20 de março de 2010

PASSEATA PELA APROVAÇÃO DA PEC 300 - O DIA ONLINE

24 comentários:

  1. 20 de Março de 2010
    Major Fábio conclama PM's para assembléia geral na terça-feira

    A Frente parlamentar em defesa dos Policiais e Bombeiros Militares realiza na próxima terça-feira (23), Assembléia Geral com as entidades representativas da categoria para discutir a PEC 300. O deputado federal da Paraíba, Major Fábio (DEM) confirmou empenho total na mobilização das entidades da região Nordeste, e adiantou que o encontro será decisivo.

    Segundo ele, os Policiais e Bombeiros estão inconformados com a suspensão da votação dos destaques da PEC que cria o piso salarial, e desejam realizar uma paralisação nacional.

    A pressão em nome da paralisação é muito grande, os PMs e BMs querem parar! Recebo diariamente milhares de mensagens via internet e por telefone. Porém, essa é uma carga que os deputados querem compartilhar com os presidentes das Associações. Serão eles, durante a Assembléia, que decidirão se haverá greve nacional, adiantou o deputado.

    Ainda de acordo com o Major Fábio, "a Câmara Federal virou uma Torre de Babel, ninguém se entende. Em Plenário, os deputados dizem uma coisa, e os líderes dizem outra", revelou.

    O parlamentar lembrou que a PEC foi aprovada por 393 votos a favor, e a decisão dos líderes governistas em suspender a votação dos destaques é um desrespeito ao processo democrático que fere de morte a autonomia do Poder Legislativo, além de contrariar o regimento da Câmara.

    A Assembléia Geral começa as 14h, no Plenário 2, na Câmara Federal. O deputado Major Fábio ficou responsável pela mobilização na região Nordeste e assegurou que todos os representantes das Associações já foram convidados. Os deputados Capitão Assumção (PSDB-ES) e Paes de Lira (PTC-SP) estão mobilizando as regiões Norte, Centro-Oeste, Sul e Sudeste.

    ResponderExcluir
  2. Eu fui. Entre umas 20 pessoas, sendo 10 oficiais, as demais eram esposas, expus minha preocupação com o movimento pela PEC300, já que nossos militares são demasiadamente preguiçosos para lutarem por seus direitos ou pelo interesse de suas famílias. Cada Corpo de Bombeiros tem o salário pelo qual lutou. O nosso faz jus à nossa luta. Lamento pela nossa inércia. Lamento por me sentir como um incapaz, que quer ver uma tropa bem qualificada e bem remunerada, mas nenhuma das duas estou conseguindo. Lamento demais.

    ResponderExcluir
  3. Estive lá......fiz-me presente... Reunimo-nos por volta das 10:00hrs...........conversamos, éramos pouco mais de 35 guerreiros...Um bravo, conseguiu um carro de som, esticamos nossas faixas com REINVIDICAÇÃO DA PEC 300.
    E caminhamos de forma ordenada e pacifica,informando a população via carro de som nossas reividicações e nossos dramas...
    Caminhamos até a Rua Souza Lima 04 quadras...Todos pedestres que lá estavam nos apoiaram...
    Não julgo quem não foi, devem ter tidos compromissos familiares ou mesmo profssionais...
    Acredito que nossa manifestação é JUSTA, DIGNA E ACREDITO NO IDEAL DE SER BOMBEIRO MILITAR...
    ´Temos até o dia 30 de abril, para nos fazer ouvir, pois nesse prazo acaba o prazo para aumento do funcionalismo publico!!!Sr. GOV. que prometeu 50% e pagou 5%, tem até esse periodo para cumprir o prometido com esse aumento!
    NÃO PODEMOS DESANIMAR!!!!!!!
    FICOU ACORDADO NOVA MANIFESTAÇÃO DIA 29 SEGUNDA FEIRA AS 17;00HS NO LARGO DO MACHADO... SE ESTIVERMOS EM BOM NUMERO IREMOS ATÉ O PALACIO!!!! É HORA DE MOSTRARMOS A CARA ,É HORA DE MOSTRARMOS NOSSO VALOR!!!!!


    JUNTOS SOMOS FORTES!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Major Fábio confirma Assembléia Geral “decisiva” para os PMs e BMs

    Fonte: Deputado Major Fábio.
    PDF Imprimir E-mail

    Image
    "Os Policiais e Bombeiros estão inconformados com a suspensão da votação dos destaques da PEC que cria o piso salarial, e desejam realizar uma paralisação nacional"

    A Frente parlamentar em defesa dos Policiais e Bombeiros Militares realiza na próxima terça-feira (23), Assembléia Geral com as entidades representativas da categoria para discutir a PEC 300. O deputado federal da Paraíba, Major Fábio (DEM) confirmou empenho total na mobilização das entidades da região Nordeste, e adiantou que o encontro será decisivo.

    Segundo ele, os Policiais e Bombeiros estão inconformados com a suspensão da votação dos destaques da PEC que cria o piso salarial, e desejam realizar uma paralisação nacional.

    -A pressão em nome da paralisação é muito grande, os PMs e BMs querem parar! Recebo diariamente milhares de mensagens via internet e por telefone. Porém, essa é uma carga que os deputados querem compartilhar com os presidentes das Associações. Serão eles, durante a Assembléia, que decidirão se haverá greve nacional, adiantou o deputado.

    Ainda de acordo com o Major Fábio, “a Câmara Federal virou uma Torre de Babel, ninguém se entende. Em Plenário, os deputados dizem uma coisa, e os líderes dizem outra”, revelou.

    O parlamentar lembrou que a PEC foi aprovada por 393 votos a favor, e a decisão dos líderes governistas em suspender a votação dos destaques é um desrespeito ao processo democrático que fere de morte a autonomia do Poder Legislativo, além de contrariar o regimento da Câmara.

    A Assembléia Geral começa as 14h, no Plenário 2, na Câmara Federal. O deputado Major Fábio ficou responsável pela mobilização na região Nordeste e assegurou que todos os representantes das Associações já foram convidados. Os deputados Capitão Assumção (PSDB-ES) e Paes de Lira (PTC-SP) estão mobilizando as regiões Norte, Centro-Oeste, Sul e Sudeste.

    ResponderExcluir
  5. BEM QUE EU TIVE VONTADE DE IR , MAS NÃO FUI PORQUE NÃO TINHA DINHEIRO PARA PASSAGEM, POIS É FACÍL PIMENTA NO OLHO DO OUTRO. SOU 3º SGT E INVISTO EM FACULDADE PARTICULAR DA MINHA ESPOSA , COLÉGIO PARTICULA PARA MINHA FILHA DE 11 ANMOS E PRÉ-VESTIBULAR PARTICULAR PARA MINHA OUTRA FILHA DE 17 ANOS~. NÃO RECEBO NENHUMA GRATIFICAÇÃO TENHO EMPRÉSTIMO QUE FAZ EU RECEBER LÍQUIDO 1.200,00, PAGO ALUGUEL E OUTRAS DISPESAS, FICA DIFÍCIL NO FINAL DO MÊS GASTAR 9,40, CHEGUEI A PERGUNTAR SE TINHA ALGUÉM QUE IRIA DE BANGÚ DE CARRO P/ ME DAR UMA CARONA,MAS PELO JEITO NÃON TEVE, POIS NINGUÉM ME RESPONDEU NO TWITTER.
    ESTOU POSTANDO QUE MUITOS VIVEM NA MINHA MESMA SITUAÇÃO E NÃO POR PRIGUIÇA, TENHO UMA DOENÇA GRÁVE NA COLUNA MESMO ASSIM PARTICIPEI DE VÁRIAS OUTRAS CAMINHADAS . DESABAFEI !

    TEN.LAURO MEU COMPANHEIRO ADMIRÁVEL C/ ESSE RELATO DA MINHA DOENÇA O SR. SABE QUEM ESTÁ POSTANDO.

    UM FORTE ABRAÇO
    JUNTOS,JUNTOS SOMOS FORTES !

    ResponderExcluir
  6. Não vai ser com passeatas que mostraremos nosso valor. Alguém citou aê em cima "Cada corpo de Bombeiro tem o salário que merece..." o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, com suas inúmeras passeatas, tem um salário de fome. Já no Corpo de Bombeiros da Bahia, que se aquartelaram e mostraram, E PROVARAM a sua importância, um soldado ganha 2x mais que aqui.

    Sei que vários companheiros discordam do meu posicionamento quanto á isso... E reconheço que minha opinião realmente é a mais extrema... Entretanto, acho que passeata agora, seria como "ir pra uma Guerra Mundial, munido de tacos de madeira e estilingue....". Ou seja, atéeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee pode ser que talvez, dependendo de, agente consiga alguma coisa.

    Homens tomam atitudes de Homens... Paralisação JÁ ! Nós não somos mesmo importantes pro país, à ponto dos 'governantes' deixarem de lado a nossa reivindicação... Então podemos parar que não muda nada. Essa seria a lógica !

    ResponderExcluir
  7. Não julgo quem não foi, devem ter tidos compromissos familiares ou mesmo profssionais, OU COMO O COMPANHEIRO POSTOU ,DIFICULDADE FINANCEIRA, O QUAL SOU SOLIDÁRIO ENTENDO E NO MOMENTO SÓ TEMOS AO PODER SUPERIOR, PARA NOS CONCEDER FORÇA E CORAGEM PARA SEGUIR......
    Acredito que nossa manifestação é JUSTA, DIGNA E ACREDITO NO IDEAL DE SER BOMBEIRO MILITAR...
    ´

    FICOU ACORDADO NOVA MANIFESTAÇÃO DIA 29 SEGUNDA FEIRA AS 17;00HS NO LARGO DO MACHADO... SE ESTIVERMOS EM BOM NUMERO IREMOS ATÉ O PALACIO!!!! É HORA DE MOSTRARMOS A CARA ,É HORA DE MOSTRARMOS NOSSO VALOR!!!!!
    PODEMOS USAR ESSE ESPAÇO, PARA QUEM INTERESSAR IR DIA 29, POIS PODEREMOS ENFRENTAR NOSSO GOVERNADOR......EM FRENTE AO PALACIO!!!!!! ALÍ SEREMOS OUVIDOS.......
    ESTOU DISPOSTO A AUXILIAR OS COMPANHEIROS NAS PASSAGENS......REALMENTE A AQUELES QUE QUEREM SE POSICIONAR......
    SOU SOLIDÁRIO AO SGT.....QUE LUTA SEM GRATIFICAÇÃO COM ESSE MÍSERO SALARIO......NESSA CORPORAÇÃO CHEIA DE DISTORÇÕES SALARIAIS COM ESSAS MALDITAS GRATIFICAÇÕES.....QUE NÃO ACOLHEM AOS COMPANHEIROS DOENTES, COM DOENÇAS QUE COMPROMETAM SUA SAUDE.....GRATIFICAÇÃO QUE NÃO ATINGE AO APOSENTADO.......
    QUERO UM SALARIO DIGNO, NÃO QUERO SALARIO DE GOVERNADOR E DEPUTADO......QUERO UM SALARIO EM QUE EU POSSA HONRAR MEUS COMPROMISSOS.....QUERO A PEC........
    COMPANHEIROS, PELO QUE VÍ, NA PASSEATA DE HOJE, TEREMOS A OPORTUNIDADE DE ENFRENTAR ESSE GOVERNADOR JÁ NO DIA 29!!!!!PODEMOS FECHAR A RUA EM FRENTE AO PALACIO.......PODEMOS SER VISTOS POR MUITOS!!!!
    SD. NORONHA, VC E MUTOS QUE NÃO QUEREM SABER DE POLITICA E SOMENTE DE PEC 300...TEMOS A PROMESSA DE CAMPANHA DO GOVERNADOR DE AUMENTO DE 55% NO NOSSO SALARIO.
    FOI DADO 5%.....TEMOS QUE COBRA-LO.....E PEDIR SUA POSIÇÃO SOBRE A PEC!!!!
    EU LÁ ESTAREI.........QUERO TER NA MINHA CONCIENCIA O SENTIMENTO DE QUE LUTEI, LUTEI E LUTEI.....POR MIM E POR MUITOS!!!!!!!!!!

    JUNTOS SOMOS FORTES!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Sinceramente pessoal, tenho que concordar com o Capitão Luís Henrique, temos o salário e o tratamento que merecemos. Isto é, um salário de fome e nenhum respeito por parte das autoridades.
    Hoje compareci à passeata e confirmei o que já havia constatado na última que ocorreu no Centro, onde conseguimos juntar gente o suficiente apenas para fazermos uma assembléia, que queremos ganhar um salário justo, que queremos ser repeitados, que queremos ter dignidade, MAS QUE NÃO TEMOS NENHUMA DISPOSIÇÃO PARA LUTARSMO POR ISSO, pelo menos a grande maioria.
    Vejo anônimos postando aos quatro ventos, em diversos blog's que estão fartos de caminhadas, que deveríamos fazer paralisação, operação padrão etc, como?? Se não conseguimos juntar numa passeata, domingo, nem uma centena de pessoas??? Como podemos reclamar de quem quer que seja, se não fazemos nossa parte???
    Eu hoje vi pessoas discursando na passeata, que sinceramente, não tem tantos motivos para participarem como nós temos, presenciei uma advogada, um civil (creio que seja piloto da antiga Varig, se não estou enganado) e um policial militar que ESTÁ vereador de Belford Roxo. De todos esses, o único que tem uma verdadeira ligação conosco, é o PM, que por estar atualmente no cargo de vereador, poderia tranquilamente estar em sua casa, com sua família, sentado no sofá de braços cruzados, esperando que nós fizéssemos todo o barulho e dando certo ou errado, para ele seria vantagem de qualquer jeito, não perderia nada, só ganharia. Porém, ele estava lá, e não depende só do salário de PM não, com certeza ganha bem melhor como vereador.
    Enquanto isso, com toda a certeza, muitos estavam no futebol, tomando cerveja, comendo churrasco e fazendo muitas outras coisas TÃO importantes, que os impediram de perder algumas horinhas para tentar fazer alguma coisa senão por si mesmo, ao menos pela sua família. Mas é besteira, é perda de tempo, mais lucrativo é reclamar que está ganhando pouco, que está sendo humilhado pelo Governador (que dá ordens para fazer prevenção debaixo de chuva no circo dos royaltes), comentar como anônimo reclamando de um monte de coisas, do que mostrar a cara e lutar pelo que é certo, pelo que é direito.
    No dia da passeata histórica onde, debaixo de chuva, lotamos a Rio Branco, nosso incentivo foi a notícia de que iriam nos deixar de fora do bolsa olímpica, o que causou uma grande indignação onde reagimos daquela forma. Porém, se quisermos conseguir alguma coisa, precisamos sempre nos indignar com o papel de palhaço que fazemos diariamente, seja como militares, seja como cidadãos, onde somos achincalhados e surrupiados diuturnamente, basta nos informarmos e olharmos diariamente as notícias nos jornais, que teremos tanta indignação ou mais para participarmos de qualquer manifestação onde tenhamos a chance de tentar dar um BASTA em toda essa sujeira.
    Só um aperitivo noticiado pelos jornais hoje:

    http://extra.globo.com/geral/casodepolicia/posts/2010/03/20/policia-militar-pagou-ate-68-acima-do-preco-de-mercado-por-notebooks-276220.asp

    http://extra.globo.com/geral/casosdecidade/posts/2010/03/21/estado-paga-por-ar-condicionado-desligado-em-salas-de-aula-do-rio-276234.asp

    CB BM SCHIRMER.

    ResponderExcluir
  9. Ten Lauro, sinceramente quero parabenizá-lo pelo seu trabalho...mas, sinceramente eu não acredito mais em PEC300 e nem que o governo do Estado possa melhorar significativamente nosso salário...sabe por quê?...como o Cap disse anteriormente...a maior parte da tropa é covarde...um bando de mariquinhas...acham que esse salário de merda do RJ está bom...se fosse o contrário, já teriam paralizado...ou pelo menos teriam ido em massa às passeatas e concentrações anteriores....desse jeito a situação dos servidores do rj não muda nem tão cedo....

    ResponderExcluir
  10. Quem foi fez parte da História; quem não foi terá de ouví-la de alguém.
    Simples assim.
    Juntos Somos Fortes!

    ResponderExcluir
  11. Concordo, em parte, com o companheiro ai em cima, quanto mais atividades melhor, mas sem duvidas que os "nossos" governantes estao se lixando pra nossas reivindicaçoes. Esses filhos de chocadeira querem votos. Porr&... SO QUERO VER SE QUANDO PARARMOS VAI TER ALGUM OFICIAL PARA PUNIR,na minha unidade mesmo, tenho receio por alguns baba ovos de Cel. que preferem continuar nesta miseria do que por a carranca pra luta. SER BOMBEIRO E PARA QUEM TEM FIBRA, MORAL E NAO PARA ACOMODADOS SEM ALMA.

    SD BM GMAR, 18 GBM CABO FRIO

    ResponderExcluir
  12. concordo com o noronha,passeata não vai resolver,e nem sensibilizar o governador,apoiar a pec 300 é uma coisa(depende de nossa mobilização junto a brasilia),mas temos que nos mobilizar dentro dos quarteis junto com nossas familias,chega de passeata aquartelamento já.

    ResponderExcluir
  13. DENUNCIA GRAVE: NÃO TEM NADA HAVER COM ESSA MATÉRIA, MAS DEVIDO A GRAVIDADE ESTOU POSTANDO !

    OS MATERIAS PARA EXAMES LABORATORIAL COLIDOS NAS POLICLÍNICAS QUE SÃO LEVADOS PARA O LABORATÓRIO CENTRAL DO HCAP, ESTÃO CHEGANDO COM GRANDE ATRASO, ESPECIALMENTE DA POLICLÍNICA DE NITERÓI !

    ISSO É MUITO GRAVE,POIS COMPROMETE OS RESULTADOS DOS EXEMES E ASSIM A SAÚDE DOS PACIENTES BOMBEIROS E SEUS FAMILIARES. DEVERIA ESSE MATERIAL DEPOIS DE COLIDOS SEREM LEVADOS REFRIGERADOS E PRINCIPALMENTE DE MOTOS (COMO SÃO FEITOS NOS PLANOS DE SAÚDE ) PARA O LABORATÓRIO CENTRAL DO HCAP .

    SOUBE QUE MATERIAL COLIDO PELA MANHÃ NAS POLICLÍNICAS ESTÃO CHEGANDO DEPOIS DAS 13 HORAS NO LABORATÓRIO CENTRAL DO HCAP.
    ESTÃO "BRINCANDO" COM A SAÚDE DOS MILITARES E DE SEUS FAMILIARES !

    ResponderExcluir
  14. Deu também no O Globo on line . Veja o Link http://oglobo.globo.com/rio/mat/2010/03/21/policiais-bombeiros-fazem-ato-em-copacabana-pela-aprovacao-da-pec-300-916130323.asp
    Cap BM Vitoriano

    ResponderExcluir
  15. Notícia do Blog do Cel Paul:

    Anônimo disse...
    caiu o grande cacique do cbmerj,o homem que mandava na corporação,desde de sexta-feira todos sabiam que ele cairia,até que enfim teremos paz,adeus cel soares,ainda tem mais gente,as upas foram um fracasso,tá faltando o cel méd reformado(superintendente de saude)luiz mauricio!!!!a porca vai torcer o rabo,acabei de receber esta mensagem.

    22 de março de 2010 11:12

    ResponderExcluir
  16. Matéria do jornal O Globo:


    Policiais e bombeiros fazem ato em Copacabana pela aprovação da PEC 300
    Plantão | Publicada em 21/03/2010 às 13h36m



    RIO - Cerca de 30 manifestantes, entre Policiais militares, bombeiros e pensionistas, se reuniram na manhã deste domingo, dia 21, em frente ao Posto 6 da Praia de Copacabana para um ato a favor da aprovação da PEC 300, que estabelece o salário da polícia militar do Distrito Federal como piso nacional para os servidores militares de todo o país. A manifestação fez parte de uma marcha nacional, com atos em diversas partes do país.
    De acordo com um dos organizadores do movimento, o Coronel da Polícia Militar Paulo Ricardo Paul, apesar do número pequeno de manifestantes no Rio, uma caminhada expressiva está sendo planejada para o próximo dia 29.

    - Hoje estamos fechando os detalhes para o ato do dia 29, quando faremos uma caminhada do Largo do Machado até o Palácio das Laranjeiras. O que queremos é que o governador cumpra uma promessa de campanha dele, o que até agora não foi feito - disse Paul.

    A PEC é de autoria do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), e está tramitando no Congresso Nacional desde o final do ano passado.

    ResponderExcluir
  17. Notícia no site da Câmara dos Deputados:

    22/03/2010 14:27
    Comissão de Segurança quer garantir aprovação de piso para policiais

    Saulo Cruz

    Laerte Bessa: segurança pública é uma prioridade nacional.O novo presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, deputado Laerte Bessa (PSC-DF), afirmou que uma das prioridades neste ano é a defesa da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, que cria um piso salarial nacional para os policiais militares e bombeiros militares. Bessa afirmou que espera ver o assunto aprovado em 2010 pela Câmara – o Plenário ainda precisa concluir a votação da PEC.

    No âmbito da comissão, Bessa informou que serão analisadas propostas que incentivem a redução da violência. Diversos projetos que poderão entrar na pauta alteram o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), a Lei de Execução Penal (7.210/84) e o Código de Processo Penal (Decreto-Lei 3.689/41).

    Laerte Bessa é bacharel em Direito e delegado de Polícia Civil do Distrito Federal. Ele está em seu primeiro mandato como deputado federal.

    Leia entrevista concedida pelo parlamentar à Agência Câmara.

    Agência Câmara – Como o senhor pretende conduzir os trabalhos da comissão neste ano?
    Laerte Bessa – É um ano atípico por causa das eleições. Nós vamos procurar elaborar um plano de trabalho no sentido de reformular os projetos e relatar os principais problemas jurídicos para que, em um prazo bem curto, a gente possa dar uma resposta não só para a sociedade mas também para os colegas que exigem hoje projetos votados pelo Plenário. Hoje não chegam a 10% os projetos de segurança pública dentro do plenário. Nós vamos trabalhar para aumentar essa porcentagem, porque segurança pública é prioridade nacional.

    Agência Câmara – Quais serão os temas prioritários?
    Laerte Bessa – Nós estamos agora com a PEC 300. Vamos solucionar o problema salarial no País. Eu diria que, no Distrito Federal, a situação está resolvida, mas em nível nacional não está. Nós temos que dar estrutura aos estados para que possamos investir em material bélico. E também dar a estrutura básica e os cursos de academia para que o policial possa fazer um bom trabalho. Para fazer um bom trabalho, ele tem que ter salário. Essa situação de salário nós vamos resolver este ano na Câmara.

    Agência Câmara – A PEC 300 já está pronta para análise do Plenário. Na comissão propriamente dita, quais são as prioridades para análise?
    Laerte Bessa – Esse trabalho da PEC 300 saiu da Comissão de Segurança. Os integrantes da comissão formalizaram esse projeto que hoje está se tornando uma realidade. Agora, nós temos também que dar um basta na violência e é legislando que vamos conseguir. Nós temos vários projetos que atacam diretamente a Lei de Execução Penal, o Código de Processo Penal, que tem muita benevolência. Nós vamos dar uma minimizada na violência, que é o nosso objetivo, colocar em plenário alguns projetos que a curto prazo vão dar a sustentação para que a comunidade possa ter uma sensação mínima de segurança.

    Agência Câmara – Alguma proposta poderá causar polêmica e, por isso, demorar a tramitar?
    Laerte Bessa – As grandes propostas são polêmicas. No caso da maioridade penal, por exemplo, 85% do nosso povo são a favor de sua diminuição. É uma situação gritante hoje o cidadão ser considerado menor de idade antes de completar 18 anos. A nossa lei penal é de 70 anos atrás, a realidade era outra. O menor de idade hoje é muito bem informado e sabe muito bem o que é certo e o que é errado.

    Reportagem – Noéli Nobre
    Edição – Pierre Triboli

    ResponderExcluir
  18. Senhores, Boa Tarde ! Realizara no dia 21 de março do corrente, em Copacabana, às 10:00h no Posto 6, uma Marcha nacional da PEC 300, para chamar atenção de todos os cidadãos, do boicote que o parlamento está fazendo em suspender todas as votações das PEC´s por 20 (vinte) dias, porém, a nossa única salvação será aprovação da PEC supracitada. Entretanto, como para mim não é surpresa nenhuma o número de pessoas reduzidas nas últimas Marchas, acabara sendo ridículo ! Portanto, vale salientar que essa é a nossa última esperança, ou seja, se você Bombeiro e Policial não brigarem pelo seu direito, não será qualquer parlamentar que vai brigar por você infelizmente ! nós estamos em "INÉRCIA", isto é, procure a definição de INÉRCIA na disciplina FÍSICA.

    JUNTOS SOMOS FORTES !

    3º Sgt BM De Carvalho.

    ResponderExcluir
  19. Publicada JORNAL O GLOBO em 18 /03 / 2010
    Emenda Ibsen
    'Se é para protestar, protestemos pela má aplicação dos royalties'
    RIO - Lamentavelmente, assistimos a mais um espetáculo de manipulação da opinião pública protagonizado por Sérgio Cabral e companhia. Milhares de pessoas nas ruas do Centro do Rio lutando para que a emenda do Deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) não seja aprovada, protestando em defesa dos royalties do petróleo para nosso estado. A população foi convocada através de ampla divulgação nos meios de comunicação, deu-se ponto facultativo para que as pessoas pudessem participar da "festa", contrataram artistas para fazer shows (sabem que nada é de graça, nem mesmo o apoio popular), tornaram a circulação de ônibus impossível, impedindo que milhares de trabalhadores retornassem a seus lares após um dia de trabalho, decidiram que não haveria discursos políticos (obviamente, pois ficaria "chato" e as pessoas iriam embora, tudo isso após espalharem terror na população, alegando que se diminuíssem os recursos dos royalties o estado estaria "falido".
    Não haveria como investir em saúde, educação, segurança pública. E o pior de tudo: não haveria como investir na realização da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos (mexeu com o futebol, mexeu com o povo!). Até a aposentadoria dos já tão sofridos servidores estaduais inativos foi alvo de "ameaças". O que foi aquele choro do Cabral? Nós é que deveríamos estar chorando! E lá estão milhares de pessoas manipuladas nas ruas protestando... Milhares a mando do Cabral, o mesmo que, há alguns meses, mandou sua polícia jogar bombas em professores da rede estadual de ensino que protestavam pacificamente por melhores condições de salário.
    Protestar só é permitido, só não se sofre retaliação, nem truculência da polícia, quando é para defender os interesses políticos do governador do Estado. Protestar para quê? Pelos royalties? Que royalties? Algum cidadão do Estado do Rio de Janeiro viu algum progresso em saúde, educação, segurança, transporte, meio ambiente, com o dinheiro desses royalties? O que o governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes, a prefeita Rosinha Garotinho e outros fazem com esses recursos? Eles deveriam ser usados em investimentos para o bem da população, e têm sido usados em nosso estado para pagar despesas públicas. O que tem sido feito da arrecadação do Estado, se os royalties pagam até mesmo as aposentadorias dos servidores? Todos sabemos que os hospitais, tanto do Estado, quanto da Cidade do Rio de Janeiro, estão sucateados, que pessoas morrem todos os dias por causa da falência do sistema de saúde. Sabemos que a educação está, há muito, esquecida, que inúmeros professores da rede estadual de ensino pedem exoneração todos os dias devido a baixíssimos salários e péssimas condições de trabalho.
    Assistimos todos os dias o caos na segurança pública; somos bombardeados por notícias de morte, assaltos, somos reféns do tráfico de drogas; sofremos com o transporte público precário, com a falta de segurança nas vias; pagamos taxas de iluminação pública injustas, pois bairros inteiros têm suas ruas escuras, a iluminação pública não é para todos. O que tem sido feito com o dinheiro dos royalties? Se é para sair às ruas para protestar, protestemos pela má aplicação desses recursos. Protestemos para que os royalties sejam realmente investidos em nosso estado. Exijamos que o governador e esses prefeitos sejam responsabilizados pela má aplicação desses recursos. Não sejamos manipulados por eles, que usam a multidão para saírem politicamente fortalecidos, para posarem de "heróis" em defesa do Estado do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  20. Todos nos sabemos o que devemos fazer, para consequirmos atenção para as nossas reivindicações, porem tudo tem seu preço !
    a pergunta quer cabe é estamos dispostos a pagar tal preço, vale apenas ?
    Companheiros (BOMBEIROS, POLICIAIS E GUARDAS) estamos em um momentos diferente, pois nosso Estado receberá vários eventos de grande importância mundial, com isso temos sim uma boa moeda de troca, pois sem NÓS, tais eventos não acontecem, é simples assim .
    Todos lembram dos casos na aviação , pois os SGT CONTROLALORES DE TRAFICO, PARAM O PAIS e o MAIS IMPORTANTE FORAM ATENDIDOS, então COMPANHEIROS nós prestamos serviços ESPECIAIS QUE SO NOS CONSEQUIMOS FAZER, LOGOS SOMOS ESPECIAIS, ENTÃO IRMÃOS vamos fazer faler tal condição.
    Basta um pouco de união, pois unidos podemos parar o RJ ou achamos a atenção do mundo para nossa causa.
    por tudo isso venho implorar aos compnaheiros que pensem nisso, pois temos sim um poder muito grande , imagine um noticia dessa correndo o mundo policiais, Bombeiros e guardas fazem greve no RJ, por melhores salarios.

    COMPANHEIROS VAMOS A LUTA, PASSOU O MOMENTO DE PALAVRAS, CHEGOU O MOMENTO DA AÇÃO.

    ResponderExcluir
  21. Caro Sargento Marcelo, concordo com o que o senhor diz, porém acho que as coisas acontecem aos poucos, um passo de cada vez.
    Antes de termos condições de adotarmos medidas mais drásticas, precisamos fazer muita, mas muita coisa mesmo.
    Em primeiro lugar não existe consenso, greve, opração padrão, passeata, o que fazer??
    Em segundo lugar, é notório que os policiais militares ombreando conosco são bem poucos, civis então, nem se fala, e nossos próprios companheiros do CBMERJ, a grande maioria, de praça a oficial superior, não participa e, ou fica buscando informações de quem participa, não querendo se envolver ou age negativamente jogando conversa fora tentando desmotivar outros companheiros. Pelos fatos expostos, Sargento, é que me custa crer que neste momento estejamos preparados para tomar atitudes drásticas, como muitos pregam, pois, caso isto aconteça, basta que apenas UM roa a corda que todo o esforço cairá por terra e caso isto aconteça, saíremos enfraquecidos, envergonhados, humilhados e desacreditados, tanto pelas autoridades que tentaremos pressionar quanto, e principalmente, por alguns companheiros céticos que têm a incrível capacidade de debochar e fazer pouco caso de qualquer esforço que façamos para tentarmos melhorar nossa situação, que preferem esperar por migalhas do Governador, do Presidente etc. Os mesmos dos quais eu já ouvi que não foram às inúmeras passeatas que aconteceram por já saberem que ficariam vazias.
    Se isso acontecer Sargento, será um golpe tão duro, que levará muito tempo para nos reerguermos, sem contar que, atitudes como estas trazem consequências, será que estamos preparados para elas???
    Ainda temos companheiros sem a coragem de mostrar a cara!!!

    Reflitam sobre isso.

    CB BM Schirmer

    ResponderExcluir
  22. Se as associações fossem procuradas para uma conversa franca abrindo ambos os lados o dialogo para um verdadeiro entendimento de apoio aqui no RJ tudo seria melhor, teríamos assistência, legitimidade e seria legal sairíamos do clandestino e seriamos ouvidos. Tenho plena certeza disso, procure de primeira o Sub Ten Guerreiro, depois Cel Guilherme e os demais representantes . mas tarde todos juntos. Se liguem, lá em Brasilia deu certo por traz do Cb traidor existia a associação, respaldados na legitimidade o certo não o duvidoso. Podem perguntar ao Cel Libanio ao Lauro, ambos do clube dos oficiais. Os clubes das nossas classes PM e BM de praças e oficiais, devem participar e não ficarem legados ao abandono ja que são partes integrante da nossa sociedade, virtuosos companheiros na luta não devem ser esquecidos e sim ouvidos e respeitados. Deixo aqui a minha pequena contribuição esperando que as vaidades, as mágoas que possam haver seja esquecidas em prol de nossos semelhantes. A final na hora do brado somos um só.
    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir
  23. Primeiro eu peço descupas por não ter a coragem de me identificar, mais quero em primeiro lugar aproveitar a oportunidade de Agradecer a Deus pela vida do Deputado que defragou dentro da A.L. este projeto que tinha como objetivo torna a vida dos Militares no minimo digna de se viver. Eu estou no afastamentos e computei 26 anos e seis meses de trabalho sempre na espectativa e perseveransa de cumprir o que prometi no dia da minha formaturaque foi dar a minha propria vida em favor de quem quer que fosse, o que bastaria era só ter a ocasião para tanto. Porém termino a minha carreira certo de que cumpri o meu dever, mais diante do comentarios que li acima e da desfeita que vem sendo feito a muito tempo a classe dos policiais militares, sinto-me discriminado e realmente nos faz sentir-mos um lixo. Se nós que prometemos dar a nossa propria vida em defesa de outrem e sendo ela o primeiro principio requerido pela constituição Brasileira que é o "Direito a vida" e para isso não se é dado valor algum, eu só posso concluir que a vida de cada um desses que estão no poder e que tem a competencia para não só fazer seguir este projeto bem como para aprova-lo, mais no entanto ele é empurrado para o lado mostra que a propria vida dele não vale nada e nem a vida dos seus eleitoreiros, pois somos nós e não eles que estaremos na rua atendendo todo tipo de ocorrencia e correndo os mais inimaginaveis risco pra poder corresponder a confiança daqueles que ainda depositam confinça em nós e dos que não depositam.
    Que independente deste descaso e alheio a esta triste descriminação, possamos com a cabeça erguida prosseguir-mos fazendo a nossa parte para que ao dentar possa-mos colocar a nossa cabeça no travesseiro e dormir-mos em paz certo de que cumprimos o nosso ilustre e emensuravel dever. Agora quanto a ele, que façam o seu proprio juizo.

    ResponderExcluir
  24. Tropa da Elite Paulista29 de janeiro de 2012 20:51

    Agência Estado
    SÃO PAULO - Pesquisa Datafolha publicada hoje coloca o pré-candidato do PRB, Celso Russomanno, na liderança da disputa pela Prefeitura de São Paulo em quatro dos cinco cenários consultados. Russomanno só não venceria a eleição, se ela ocorresse hoje, em caso de disputa contra o ex-governador José Serra (PSDB), que tem dito ao seu partido que não concorrerá à sucessão do prefeito Gilberto Kassab (PSD).
    O maior porcentual de intenção de voto conseguido por Russomanno ocorre quando o deputado federal Ricardo Tripoli é colocado como o candidato tucano na corrida eleitoral (21%), e o menor (17%) é quando Serra aparece como o nome do PSDB. Nesse cenário, o ex-governador recebeu 21% das intenções de voto. Exceto Serra, os demais nomes do PSDB variam entre 2% e 6%.
    Nos cinco cenários pesquisados - cada um com um nome diferente do PSDB - o pré-candidato do PT, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad, vai de 4% a 5%. Gabriel Chalita (PMDB) recebeu entre 6% e 9% das intenções de voto e Netinho de Paula, do PCdoB, aparece com porcentual que vai de 11% a 13%, sendo que em todos os cenários ele apresentou queda em relação à sondagem anterior (ainda que dentro da margem de erro).
    José Serra tem, de acordo com o Datafolha, rejeição de 33% dos eleitores consultados, atrás apenas de Netinho de Paula, com 35%. O deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT), tem rejeição de 20% dos pesquisados, enquanto Russomanno aparece com 12% e Chalita com 11%, o mesmo porcentual verificado para Haddad (11%).
    A pesquisa DataFolha foi realizada nos dias 26 e 27 de janeiro com 1.090 eleitores da capital paulista. A margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. A sondagem está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 00001/2012. Observação os eleitores de SP vão dar uma resposta nas urnas, nas eleições p/ Prefeito, reprovando as ações desastrosas de Gilberto Kassab e Geraldo Alckmin, o emprego do choque da PMESP é para reprimirem criminosos e não ações violentas contra a denominada classe diferenciada e excluída pela burguesia. A PMESP foi privatizada (para a Prefeitura) onde deixou de ser Força Pública – ao alcance de todas as classes sociais, a PM polícia dos milionários, deve cumprir o seu papel sempre respeitando o ser humano conforme reza o artigo 5º dos direitos e garantias da Constituição Federal, o bico delegada exige que policiais sejam truculentos (modelo da ditadura militar) A operação Pinheirinho, foi um ato desastroso sabemos que a PMESP, deve urgentemente voltar para suas atribuições sem a necessidade do bico ofertado pelo atual prefeito com aprovação da PEC 300. Por outro lado, (após o relato de Cacco Barcellos – no livro ROTA 66 - A História da Polícia que Mata) a sociedade não aceita ações que não condiz com a realidade – onde são sempre vitimados negros nordestino e demais excluído da alta sociedade paulista, com agressões exageradas contra estudantes da USP, Cracolândia e a reintegração de posse no (Pinheirinho - são cidadãos pacatos que ali residem há 10 anos e Geraldo Alckmin, não preparou moradias após o despejo) Enquanto Bombeiros são agraciados com medalhas por ter salvo vidas,a tropa do choque é agraciada por ter matado e agredido o cidadão comum (desarmado) é um contraste - enquanto um salva, o outro preoculpa-se em matar.A instrução das academias da PMESP são ultrapassadas não respeitam os direitos humanos por ter Fórum privilegiados (TJM Tribunal de Justiça Militar) Crimes contra o cidadão devem ser julgados pela justiça comum,com apoio da Polícia Cientifica,em busca da verdade (tiroteios forjados não é mais possível na era da tecnologia.A PEC 300 sem dúvida é necessária aos bravos Bombeiros e Policiais que honram a sua tarefa apoiando a sociedade,todos pagam impostos e não apenas a Elite Paulista.Efeitos colaterais do bico delegada,mostram sintomas desastrosos é lamentável.

    ResponderExcluir